PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Lázaro: carta que pode ter sido escrita por ele é investigada pela Polícia

As primeiras informações da Polícia, no entanto, indicam que a caligrafia da carta não seria a mesma de Lázaro Barbosa, que ainda não foi encontrado e preso, apesar do efetivo de cerca de 270 agentes

00:30 | 26/06/2021
Carta que teria sido escrita por Lázaro Barbosa; Polícia investiga documento (Foto: Reprodução)
Carta que teria sido escrita por Lázaro Barbosa; Polícia investiga documento (Foto: Reprodução)

Carta que teria sido escrita por Lázaro Barbosa, suspeito de chacina de uma família em Ceilândia, em Brasília (DF), está sendo investigada por uma força-tarefa da Polícia. De acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP), o documento foi encaminhado para perícia, mas informações iniciais apontam que a caligrafia não corresponde a do foragido. As informações foram divulgadas pelo portal G1. Confira as últimas notícias do caso Lázaro ao final do texto.

No texto da carta, Lázaro, que ficou conhecido como Serial Killer de Brasília, se desculparia pelos crimes cometidos e explica a sua motivação. O documento chegou ao conhecimento dos investigadores nesta sexta-feira, 25. Nesta quinta-feira, duas pessoas foram presas suspeitas de ajudar Lázaro na fuga. Eles foram autuados em flagrante por porte ilegal de arma e facilitação de fuga de foragido.

Lázaro ainda não foi encontrado e preso

Apesar dos esforços da Polícia, Lázaro ainda não foi encontrado e preso. A 'caçada' acontece com um efetivo de cerca de 270 agentes de segurança, assim como helicópteros e drones com sensores de infravermelho. Lázaro é acusado de assassinar quatro pessoas da mesma família numa chácara do DF e uma quinta vítima teria sido feita em Goiás. Ele ainda é investigado por balear três pessoas no no município de Cocalzinho de Goiás, onde se concentram as buscas.

Quais os crimes de Lázaro Barbosa? 

Lázaro é procurado pela suspeita de ter cometido uma chacina em Ceilândia (DF) em 9 de junho deste ano. Ele também é investigado pela morte de um caseiro em Cocalzinho de Goiás alguns dias antes.

Além destes assassinatos, Lázaro já foi preso por outros crimes. Em julho de 2018, ele escapou de uma penitenciária em Águas Lindas de Goiás (GO). À época, ele estava preso por homicídio qualificado, porte ilegal de arma de fogo, roubo e estupro.

Em caso de captura, ele pode ser indiciado, além dos assassinatos, por lesão corporal, invasão de propriedade, ameaça, cárcere privado e sequestro, segundo as ações que vítimas de Lázaro relatam que ele cometeu nos últimos dias, durante sua fuga.

Caso Lázaro: últimas notícias

+ Lázaro Barbosa é morto em Goiás após 20 dias de buscas

+ Caso Lázaro: polícia monta cerco em mata e ex-companheira ajuda em buscas

+ Equipamento da PM do Rio vai auxiliar busca por Lázaro Barbosa

+ Carta que pode ter sido escrita por Lázaro é investigada pela Polícia

+ Caseiro afirma que Lázaro Barbosa dormia há cinco dias em fazenda

+ Com prisão de fazendeiro e caseiro, buscas por Lázaro Barbosa se intensificam

+ Duas pessoas são presas por ajudar Lázaro a fugir, diz secretário

+ Familiares, amigos e população amedrontada: o que dizem sobre Lázaro Barbosa

+ Caso Lázaro: polícia cerca chácara em Girassol

+ Confundido com Lázaro, homem é espancado e fica sem ajuda

+ Lázaro ligou para a mãe e informou que não agiu sozinho em crime, diz tia

+ Policiais são afastados após ação que matou jovem que apoiou Lázaro nas redes sociais

+ Defensoria pede proteção contra violência física após prisão de Lázaro

+ Caso Lázaro Barbosa vira palanque político nas redes sociais de bolsonaristas

+ Vereador de Fortaleza diz que recebeu "informações importantes" sobre Lázaro Barbosa

+ Matas fechadas e grotas: Lázaro Barbosa consegue fugir da Polícia há 13 dias

+ Esposa de Lázaro Barbosa diz que policiais a torturaram por localização do marido

+ Homem é preso por fingir ser PF durante buscas por Lázaro em Goiânia

+ Líder religioso denuncia intolerância de policiais em terreiros no interior de Goiás

+ Notícias falsas prejudicam buscas por Lázaro Barbosa, diz secretário

+ Suspeito de matar família em Brasília fez cursos para aprender a se colocar no lugar das vítimas

+ Para além de Lázaro Barbosa: entenda o que caracteriza o comportamento de um serial killer