PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Lázaro Barbosa é investigado por matar caseiro em Goiás quatro dias antes de chacina em Ceilândia

De acordo com o delegado Rapahel Barboza, o suspeito entrou na propriedade atirando e não levou nenhum pertence da vítima

07:46 | 17/06/2021
Lázaro Barbosa, suspeito de chacina contra família, continua foragido e cometendo crimes pela região  (Foto: Reprodução/Polícia Civil DF e GO)
Lázaro Barbosa, suspeito de chacina contra família, continua foragido e cometendo crimes pela região (Foto: Reprodução/Polícia Civil DF e GO)

Foragido há nove dias, Lázaro Barbosa, 32, é também suspeito de matar o caseiro de uma fazenda no distrito de Girassol, em Cocalzinho de Goiás, quatro dias antes da chacina em Ceilândia (DF). De acordo com o delegado Rapahel Barboza, o suspeito entrou na propriedade atirando e não levou nenhum pertence da vítima. Segundo informações do G1, o caso aconteceu no dia 5 de junho.

“Já chegou atirando. O rapaz foi alvejado e, nisso, o pessoal que estava em outra casa foi em direção ao local do ocorrido e ele empreendeu fuga. A princípio, não levou nada, mas houve o homicídio”, disse. Ele estava com roupas pretas, encapuzado e usava colete a prova de balas. 

A Polícia Civil aponta que o suspeito invadiu a residência pela cozinha. A vítima se assustou ao vê-lo e questionou o que estava acontecendo, momento em que os disparos foram efetuados.

Um inquérito está em aberto para apurar o crime. A identidade da vítima não foi divulgada. Lázaro é suspeito de matar uma família em Ceilândia, no Entorno do Distrito Federal, e fugir para a região de Cocalzinho de Goiás, tem uma extensa ficha criminal com passagens na Bahia, Distrito Federal e Goiás.

Força-tarefa procura suspeito

 

Uma força-tarefa com mais de 200 policiais de Goiás e do Distrito Federal (DF) foi montada em busca de Lázaro. A operação tenta capturar o fugitivo há oito dias. 

Cães, drones e helicópteros são usados na busca. Trinta e quatro propriedades rurais em Goiás estão ocupadas pelas forças de segurança para evitar ação do homem.

De acordo com a Polícia Militar, além de matar a família em Ceilândia, ele invadiu chácaras, atirou em três pessoas, das quais duas estão em estado grave, furtou um carro e o abandonou na BR-070.

Os policiais procuram o suspeito dentro de rios e em matas. Lázaro conhece bem a região e, por ser caçador, se esconde com facilidade.

Imagens de uma câmera de vigilância, divulgadas nesta terça-feira, 15, mostraram o suspeito se escondendo da polícia em um galpão de uma chácara em Cocalzinho de Goiás. Testemunhas relataram que ele dormiu no local e não ameaçou ninguém.