PUBLICIDADE
Brasil
Noticia

Familiares, amigos e população amedrontada: o que dizem sobre Lázaro Barbosa

Suspeito está foragido há 16 dias e deixa rastro de medo por onde passa

18:10 | 24/06/2021
Apesar das buscas intensas da Polícia, Lázaro ainda não foi encontrado; saiba o que se sabe até hoje (Foto: Reprodução/TV Globo)
Apesar das buscas intensas da Polícia, Lázaro ainda não foi encontrado; saiba o que se sabe até hoje (Foto: Reprodução/TV Globo)

Lázaro Barbosa de Souza está há 16 dias foragido da Polícia. Escondendo-se em áreas de mata, sítios e chácaras, ele é procurado como principal suspeito ser autor da chacina de uma família na cidade de Ceilândia do Norte (DF) e de outros crimes cometidos durante a fuga. No período, muito tem sido falado sobre o homem de 33 anos. 

+ Lázaro: carta que pode ter sido escrita por ele é investigada pela Polícia

Em entrevista ao programa Brasil Urgente na segunda-feira, 21, o pai de Lázaro, Edenaldo Barbosa, afirmou que não tem medo do filho, mas sim do que ele fez. “As pessoas quererem se vingar dele”, completou. Edenaldo disse que gostaria de convencer o filho “a se entregar” e que não deseja a morte “nem para ele nem para ninguém”.

O pai de Lázaro Barbosa disse estar disposto a abraçá-lo e apoiá-lo. “Se ele vier chorando, pedindo desculpa, pedindo perdão, o papai está com o mesmo coração para abraçar, para dar todo apoio. Mas desde que haja arrependimento”.

Ao Correio Braziliense, a mãe do fugitivo, Eva Maria Sousa, contou que acredita que a prisão do filho seria a melhor solução neste momento. Devido à perseguição de pessoas que querem fazer justiça com as próprias mãos, segundo ela, a família do fugitivo tem trocado de telefone e endereço com frequência. “Está muito difícil. Não tenho cabeça para nada. Não consigo viver mais. Para mim, a vida acabou”, desabafou.

Para Jorcilei Rosa Sales, amigo de Lázaro e marido de uma de suas tias, o foragido irá se entregar "quando a poeira baixar, quando não tiver tanto policial". "O que manda é o cansaço. No dia que ele estiver exausto, cansado, abatido, ele vai se entregar sem precisar nem de uma pequena força", disse ao Metrópoles. "Ele tem artimanha e sabe se defender no meio do mato, mas isso não quer dizer que tem magia negra, como está movimentando vídeo aí na internet", afirmou o homem que convive com Lázaro desde a adolescência.

Buscas por Lázaro

O filho de um dos policiais envolvidos na busca por Lázaro escreveu uma carta para que o pai se proteja ao ir trabalhar. “Pai, toma cuidado nessa mata. Apesar de ter o Lázaro, também tem bichos, como cobra, aranha... [...] Todos os dias que o senhor vai trabalhar, fico com medo e tristeza”, escreveu o garoto de 9 anos, segundo o portal G1

Segundo o jornal Correio, desde que a Polícia do Distrito Federal começou a busca por Lázaro, a população da cidade baiana de Barra do Mendes vive apavorada. Os pouco mais de 13.800 habitantes temem que o homem regresse à cidade, onde é acusado de um duplo homicídio. “A família dele ainda tem terras aqui, uns sítios e uma certa vez, ele havia dito ao pai que o sonhava em voltar para Melancia e tomar conta do que era dele. É por isso que todos estão com medo”, contou um morador, referindo-se ao distrito onde Lázaro vivia.

Por conta dessa possibilidade, os moradores não estão saindo de suas casas à noite. “Está todo mundo aflito. As pessoas estão se trancando cedo. Ninguém está indo para a zona rural, porque tem que passar pelas serras, região que ele gostava de ficar”, disse uma moradora.

O mesmo acontece com fazendeiros e trabalhadores de chácaras no povoado de Girassol, em Goiás, onde Lázaro estaria escondido. Eles estão deixando as propriedades com medo de que o foragido invada as fazendas. "Hoje, se um animal se acidentar, vai ficar sem socorro. Estão passando fome, porque os funcionários não querem descer para colocar água e ração", contou um empresário ao Correio Braziliense.

Outro homem deixou a chácara que tinha em Cocalzinho. Sem ter onde ficar, hospedou-se na casa da irmã, em Girassol. "Abandonei minha chácara, todo mundo está abandonando. A gente não dorme de noite, o cachorro late já fico assustado", contou ao jornal do Distrito Federal. 

Também em Girassol, segundo o portal Metrópoles, Jorlene Kellben e a família passaram a viver dentro de um carro. A mulher reside em uma chácara na região com os quatro filhos e o marido. Grávida de cinco meses, ela deixou o local em que vive com a família e agora dorme com eles dentro de um Fiat Uno posicionado em frente à base da força-tarefa. “O que me fez sair de casa e dormir aqui é o medo de ver meus filhos mortos na minha frente e ainda perder a vida que está na minha barriga”, desabafou. 

Caso Lázaro: últimas notícias

+ Lázaro Barbosa é morto em Goiás após 20 dias de buscas

+ Caso Lázaro: polícia monta cerco em mata e ex-companheira ajuda em buscas

+ Equipamento da PM do Rio vai auxiliar busca por Lázaro Barbosa

+ Carta que pode ter sido escrita por Lázaro é investigada pela Polícia

+ Caseiro afirma que Lázaro Barbosa dormia há cinco dias em fazenda

+ Com prisão de fazendeiro e caseiro, buscas por Lázaro Barbosa se intensificam

+ Duas pessoas são presas por ajudar Lázaro a fugir, diz secretário

+ Familiares, amigos e população amedrontada: o que dizem sobre Lázaro Barbosa

+ Caso Lázaro: polícia cerca chácara em Girassol

+ Confundido com Lázaro, homem é espancado e fica sem ajuda

+ Lázaro ligou para a mãe e informou que não agiu sozinho em crime, diz tia

+ Policiais são afastados após ação que matou jovem que apoiou Lázaro nas redes sociais

+ Defensoria pede proteção contra violência física após prisão de Lázaro

+ Caso Lázaro Barbosa vira palanque político nas redes sociais de bolsonaristas

+ Vereador de Fortaleza diz que recebeu "informações importantes" sobre Lázaro Barbosa

+ Matas fechadas e grotas: Lázaro Barbosa consegue fugir da Polícia há 13 dias

+ Esposa de Lázaro Barbosa diz que policiais a torturaram por localização do marido

+ Homem é preso por fingir ser PF durante buscas por Lázaro em Goiânia

+ Líder religioso denuncia intolerância de policiais em terreiros no interior de Goiás

+ Notícias falsas prejudicam buscas por Lázaro Barbosa, diz secretário

+ Suspeito de matar família em Brasília fez cursos para aprender a se colocar no lugar das vítimas

+ Para além de Lázaro Barbosa: entenda o que caracteriza o comportamento de um serial killer