PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Time de Hernanes na China sonda Messi, revela jornal espanhol

O Hebei Fortune teve uma atuação de impacto no mercado da última temporada, tanto no europeu quanto no brasileiro, contratando Mascherano junto ao Barcelona e solicitando o retorno de Hernanes para a disputa da temporada. O sonho do clube chinês, porém, é a aquisição de Lionel Messi e para isso pode desembolsar uma quantia um [?]

11:15 | 06/02/2018

O Hebei Fortune teve uma atuação de impacto no mercado da última temporada, tanto no europeu quanto no brasileiro, contratando Mascherano junto ao Barcelona e solicitando o retorno de Hernanes para a disputa da temporada. O sonho do clube chinês, porém, é a aquisição de Lionel Messi e para isso pode desembolsar uma quantia um tanto quanto considerável, mesmo com a renovação recente do argentino até 2021.

Segundo o jornal espanhol Mundo Deportivo divulgou nesta terça-feira, Messi recusou uma proposta salarial que se especula ser de 100 milhões de euros (aproximadamente R$ 404 milhões) por temporada, livres de impostos. Mesmo assim, os chineses ainda sonham com o camisa 10 do Barcelona e da seleção argentina, que possui no contrato uma multa rescisória estipulada em 700 milhões de euros (cerca de R$ 2,8 bilhões).

A quantia para contar com Messi não é um dos problemas para o Hebei Fortune. Alguns especialistas do mercado financeiro local revelaram que existem clubes chineses com o poderio financeiro suficiente para realizar negociações desse porte e o time de Mascherano e Lavezzi é um desses.

Os dois companheiros argentinos, aliás, ainda são tratados como os ?trunfos? para atrair Messi ao time chinês. De acordo com o grupo de comunicação chinês Tencent, o Hebei acredita que os dois amigos pessoais do craque do Barcelona podem se tornar motivações que se completem ao dinheiro.

Além de Lavezzi e Mascherano, o Hebei Fortune possui Hernanes e Gervinho com ampla experiência no futebol europeu como pilares do elenco. O brasileiro foi um pedido para a temporada depois de uma passagem expressiva pelo São Paulo no segundo semestre de 2017, emprestado pelo clube chinês.

 

Gazeta Esportiva

TAGS