PUBLICIDADE
Olimpíadas
NOTÍCIA

"Enquanto você dormia dia 2": primeiras medalhas do Brasil, 100% no vôlei e no surfe e recorde

As competições aconteceram entre a noite de sexta-feira, 22, e a madrugada de sábado, 24. Ponto alto: Brasil dominou nos jogos de vôlei de praia e de quadra

Lucas Mota
07:26 | 25/07/2021
Daniel Cargnin conquistou a medalha de bronze (Foto: Franck FIFE / AFP)
Daniel Cargnin conquistou a medalha de bronze (Foto: Franck FIFE / AFP)

As Olimpíadas de Tóquio 2021 estão no dia 2. O Brasil conquistou as duas primeiras medalhas no torneio, na modalidade de street do skate e no judô, alcançou 100% de aproveitamento no surfe, com participação da cearense Silvana Lima, e mais uma vitória de brasileiros no vôlei de praia. O POVO traz um resumo do que aconteceu entre a noite de sábado, 23, e a madrugada de domingo, 24, enquanto você dormia.

+ Quadro de medalhas das Olimpíadas de Tóquio 2021; veja como está

O dia 2 ainda teve a estreia da estrela Simones Biles na ginástica artística, recorde na natação, empate da seleção brasileira de futebol e outros destaques da participação do Time Brasil.

Primeira medalha do Brasil
O skatista Kelvin Hoefler conquistou a medalha de prata na modalidade street, ficando atrás apenas do japonês japonês Yuto Horigome. Hexacampeão mundial, o brasileiro fez história no esporte estreante nos Jogos Olímpicos ao carimbar o primeiro pódio do país.

Segunda medalha do Brasil
O judoca Daniel Cargnin conquistou a medalha de bronze na categoria até 68 kg. Na disputa pela medalha, ele venceu o israelense Baruch Shmailov.

Com cearense Silvana Lima, surfe do Brasil tem 100% de aproveitamento
O Time Brasil, formado por Gabriel Medina, Ítalo Ferreira, Tatiana Weston-Webb e a cearense Silvana Lima, avançou para as oitavas de final no surfe, no masculino e no feminino.

Empate sem brilho no futebol
Com expulsão de Douglas Luiz ainda no primeiro tempo, o Brasil não saiu do 0 a 0 diante da Costa do Marfim. Com o resultado, a seleção brasileira chegou aos quatro pontos e lidera o grupo D. 

Mais uma vitória do vôlei
A dupla Evandro e Bruno venceu os chilenos Esteban e Marco Grimalt no vôlei de praia. A modalidade mantém 100% de aproveitamento. No dia 1, Alison e Álvaro no masculino e Agatha e Duda no feminino também triunfaram na estreia. Na quadra, a seleção brasileira masculino bateu a Tunísia.

Simones Biles em ação
A estrela da ginástica artística, Simones Biles, participou do dia 2 dos Jogos Olímpicos, quando a equipe dos Estados Unidos se apresentou no Centro de Ginástica Ariake. Apesar de algumas falhas, a norte-americana deve ter notas suficientes para ir a todas as finais da modalidade.

Clique na imagem para abrir a galeria

Semifinal na canoagem
A brasileira Ana Sátila garantiu vaga nas semifinais da canoagem slalom k1. De 24 atletas que avançaram, ela ficou com a sétima colocação, com pontuação de 108.22.

Brasil fica fora de final na natação
Felipe Lima não alcançou sua meta de disputar a final dos 100m peito dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Neste domingo, o nadador disputou as semifinais da prova e ficou fora do grupo dos oito melhores que vão brigar pelas medalhas.

Recorde na natação
A Austrália conquistou o ouro na prova de revezamento feminino 4x100 na natação e quebrou recorde mundial e olímpico. O quarteto formado por Bronte Campbell, Meg Harris, Emma McKeon e Cate Campbell fez o tempo de 3:29.69.

Primeiro ouro dos EUA
Os Estados Unidos conquistaram sua primeira medalha de ouro na natação nas Olimpíadas de Tóquio 2020. O responsável pelo feito foi Chase Kalisz, que ganhou nos 400m medley na noite deste sábado, 24 (horário de Fortaleza).

Empate no handebol
O Brasil estreou com um empate no handebol feminino nas Olimpíadas de Tóquio 2020. As brasileiras jogaram contra as atuais campeãs olímpicas, as atletas do Comitê Olímpico Russo.

Como foi a abertura das Olimpíadas de Tóquio

A Cerimônia de Abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio aconteceu na sexta-feira, 23 de julho. O evento começou às 8 horas da manhã (horário de Brasília).

A abertura, realizada um ano depois do planejado em um Estádio Olímpico praticamente vazio devido à pandemia de Covid-19, focou do início ao fim em uma mensagem de união, à imagem e semelhança do lema olímpico em tempos difíceis: "Mais rápido, mais alto, mais forte... juntos".

Quando o mundo enfrenta uma pandemia que deixou mais de quatro milhões de mortos e que colocou os Jogos Olímpicos em xeque, a organização apresentou uma abertura cheia de originalidade, unindo a tradição do Japão - com evocações de sua rica história e cultura - e a tecnologia e suas inovações com a nuvem de drones sobre o local e a música dos videogames que acompanharam o tradicional desfile de atletas.

Onde e como assistir aos jogos das Olimpíadas de Tóquio

Assim como a Cerimônia de Abertura, os jogos das diferentes modalidades das Olimpíadas serão transmitidos pela Rede Globo na TV aberta, com BandSports e SporTV exibindo na televisão paga. Pela internet, os jogos também podem ser vistos no Globoplay para assinantes Globoplay + Canais.

Mais sobre as Olimpíadas de Tóquio