PUBLICIDADE
Olimpíadas
NOTÍCIA

Douglas Luiz é expulso no início, e Brasil empata com a Costa do Marfim em Tóquio

Pouco inspirado, o time brasileiro teve o volante Douglas Luiz expulso aos 13 minutos do primeiro tempo, dificultando a tarefa contra os africanos

07:43 | 25/07/2021
Richarlison disputa bola com Amad Diallo, da Costa do Marfim (Foto: Yoshikazu TSUNO / AFP)
Richarlison disputa bola com Amad Diallo, da Costa do Marfim (Foto: Yoshikazu TSUNO / AFP)

Na manhã deste domingo, o Brasil ficou no empate por 0 a 0 com a Costa do Marfim, em Yokohama, em partida válida pela segunda rodada do grupo D do futebol masculino nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Pouco inspirado, o time brasileiro teve o volante Douglas Luiz expulso aos 13 minutos do primeiro tempo, dificultando a tarefa contra os africanos.

+ "Enquanto você dormia dia 2": primeiras medalhas do Brasil, 100% no vôlei e no surfe e recorde

O primeiro tempo foi ruim para a Seleção, que, além de perder Douglas Luiz logo no início, não conseguiu criar no ataque, sofrendo com a inferioridade numérica. Na segunda etapa, mesmo com um homem a menos, o time brasileiro teve um maior volume ofensivo, porém não conseguiu movimentar o placar.

Com o resultado, o Brasil chegou aos quatro pontos, na liderança do grupo D. O próximo compromisso do time é contra a Arábia Saudita, na quarta-feira da semana que vem, às 5h.

O jogo - A partida começou truncada em Yokohama, com a Seleção encontrando dificuldade para superar o sistema defensivo adversário. Aos 13 minutos, o Brasil se complicou no jogo, com Douglas Luiz sendo expulso. O volante recebeu o cartão vermelho por interromper uma situação clara e manifesta de gol, sendo excluído após o árbitro consultar o VAR.

Com um a menos, o Brasil foi para o intervalo sem ter levado perigo ao gol. Do lado da Costa do Marfim, a principal chance veio com Kessié, que recebeu passe dentro da área e finalizou para defesa de Santos. O goleiro também trabalhou em chute de fora da área de Diallo.

De volta do intervalo, a Seleção mostrou uma postura mais ofensiva, rondando a área marfinense com maior frequência. Na primeira chance da etapa final, Bruno Guimarães apareceu pela direita e cruzou na medida para Matheus Cunha, que testou para defesa do goleiro.

Claudinho arriscou finalização de longe e exigiu defesa de Tape no meio do gol. Aos 34 minutos, Eboue Kouassi recebeu o segundo cartão amarelo por falta em Martinelli e foi expulso, trazendo igualdade numérica para a partida. Depois, Claudinho chutou de novo a gol após receber de Malcom, mandando para fora. Por fim, Malcom cabeceou na rede pela rede fora, na última chance do jogo.

FICHA TÉCNICA
BRASIL 0 X 0 COSTA DO MARFIM

Local: estádio Yokohama, em Yokohama (Japão)
Data: 25 de julho de 2021, sábado
Hora: 5h30 (de Brasília)
Árbitro: Ivan Barton (ESA)
Assistentes: David Moran (ESA) e Zachari Zeegelaar (SUR)
Cartões amarelos: Diallo, Kouassi (Costa do Marfim)
Cartões vermelhos: Douglas Luiz (Brasil); Kouassi (Costa do Marfim)

Gols:
Brasil:

Brasil: Santos; Daniel Alves, Nino, Diego Carlos, Arana; Douglas Luiz, Bruno Guimarães, Claudinho; Antony (Malcom), Matheus Cunha (Gabriel Martinelli) e Richarlison (Paulinho).
Técnico: André Jardine

Costa do Marfim: Tape; Ouattara (Kouao), Singo, Bailly, Dabila, Ismael Diallo; Eboue Kouassi, Kessié (Kader Keita), Diallo Traoré (Kouamé), Gradel (Idrissa Doumbia) e Dao (Timite).
Técnico: Soualiho Haidara