PUBLICIDADE
Olimpíadas
NOTÍCIA

No clima de Tóquio, Paracuru homenageia a surfista cearense Silvana Lima

Totens com a imagem da surfista natural de Paracuru, que já está concentrada na capital do Japão para os Jogos, foram espalhados pela cidade

Lucas Mota
17:31 | 20/07/2021
Totens em homenagem a Silvana Lima na praça do Farol, em Paracuru (Foto: DIVULGAÇÃO)
Totens em homenagem a Silvana Lima na praça do Farol, em Paracuru (Foto: DIVULGAÇÃO)

No clima das Olimpíadas de Tóquio, a prefeitura de Paracuru homenageou a surfista cearense Silvana Lima, nascida e criada na cidade localizada no litoral Oeste do Ceará. Totens com a imagem da atleta, que já está concentrada na capital do Japão para os Jogos e é uma das duas competidoras brasileiras na modalidade, foram espalhados na entrada do município e na praça do Farol.

"Paracuru no Japão com Silvana Lima. Juntos em busca da vitória", diz frase estampada em totem imenso na entrada da cidade.

Silvana Lima aprendeu a surfar sozinha nas praias de Paracuru. Ela começou no esporte aos 7 anos mesmo sem saber nadar. Na infância, a cearense também se destacou jogando futsal e era uma das principais atletas da cidade, na época.

Em maio deste ano, a experiente atleta de 26 anos, vice-campeã mundial em 2008 e 2009 e eleita a maior surfista da história do Brasil em votação de jornalistas especializados promovidas pelo O Globo, concedeu entrevista exclusiva para as Páginas Azuis do O POVO. Ela narrou a trajetória vitoriosa na modalidade, deu detalhes sobre os desafios e os momentos de dificuldades e falou sobre as expectativas para os Jogos Olímpicos.

.

Amigos e familiares se mobilizam em Paracuru para assistir à surfista em busca da medalha
Apesar do fuso-horário do Japão, com os horários das disputas entre o fim da noite e a madrugada no Brasil, os amigos e familiares de Silvana já se programaram para acompanhar e torcer juntos em Paracuru pela surfista cearense. A primeira rodada do individual feminino está programada para sábado, 24, às 22h20min.

A casa da mãe de Silvana, Maria da Penha, será transformada em "arquibancada" pela "torcida organizada" da surfista com direito a telão. Blusas já foram confeccionadas em apoio à atleta natural de Paracuru.