PUBLICIDADE
Olimpíadas
NOTÍCIA

Ciclista alemão testa positivo para Covid-19 e perderá prova das Olimpíadas

Simon Geschke desitirá da prova de ciclismo na estrada, que tem 234 quilômetros de distância

19:55 | 23/07/2021
O ciclista alemão Simon Geschke testou positivo para Covid-19 e não disputará a prova de estrada nas Olimpíadas de Tóquio (Thomas SAMSON / AFP) (Foto: Thomas SAMSON / AFP)
O ciclista alemão Simon Geschke testou positivo para Covid-19 e não disputará a prova de estrada nas Olimpíadas de Tóquio (Thomas SAMSON / AFP) (Foto: Thomas SAMSON / AFP)

O ciclista alemão Simon Geschke testou positivo para a Covid-19, nesta sexta-feira, 23, e terá que desistir da prova de estrada dos Jogos Olímpicos no sábado, 24, anunciou o Comitê Olímpico Alemão (DOSB).

+ Massagista da equipe espanhola de ciclismo testa positivo, mas atletas poderão competir

+ "Imagine", drones e mensagem de união: confira como foi a abertura da Olimpíada de Tóquio

O DOSB indicou que Geschke testou positivo em um teste de antígeno, posteriormente confirmado por um PCR. Assim, ele não poderá competir na prova de 234 quilômetros nas encostas do Monte Fuji.

“É muito difícil, tão perto da competição ter de sair... Respeitei todas as regras de higiene ao máximo. Eu me sinto bem fisicamente, mas emocionalmente é um dia sombrio para mim. Só posso desejar uma boa corrida para os caras amanhã por mim”, reagiu Geschke em um comunicado.

“Os outros doze atletas e membros da equipe técnica da equipe alemã de ciclismo de estrada, que ficaram no mesmo hotel, testaram negativo”, disse o Comitê Olímpico Alemão, “confirmado com PCR negativo”.

Desta forma, Maximilian Schachmann e Nikias Arndt poderão competir no sábado, mas Emmanuel Buchmann, que dividiu o quarto com Geschke, terá de apresentar um segundo PCR negativo para estar na prova.