Participamos do

Windows 11 é lançado oficialmente; veja novas funções e como atualizar

Nova versão do sistema operacional da Microsoft traz mudanças visuais e terá, no futuro, compatibilidade com aplicativos para Android; empresa tem programa para indicar se computador pode receber atualização
04:13 | Out. 07, 2021
Autor Bemfica de Oliva
Foto do autor
Bemfica de Oliva Repórter
Ver perfil do autor
Tipo Notícia


Anunciado em junho pela Microsoft, o Windows 11 começou a ser liberado para download nesta semana. Nos últimos meses, a nova versão do sistema operacional esteve em fase de testes, mas agora a atualização está disponível para todos os usuários.

Ou quase isso: os requisitos mínimos para a instalação do Windows foram elevados pela primeira vez desde 2007. As versões Vista, 7, 8 e 10, lançadas nos últimos 14 anos, haviam mantido as configurações necessárias para receber o sistema.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O POVO listou as novidades do Windows 11, além das configurações necessárias para instalar o sistema e como fazer a atualização. Confira abaixo.

Windows 11: quais as novidades?

Mudanças visuais

A diferença mais notável no Windows 11 vem logo ao abrir o sistema. O menu iniciar mudou de posição, e agora está no centro da barra de tarefas. Ele também perdeu as "live tiles", que exibiam informações de programas como previsão do tempo, e-mails e notícias.

Essas funções foram migradas para uma nova tela de widgets, que pode ser acessada clicando no ícone correspondente na barra de tarefas. Assim como no Android e no iOS, o usuário pode adicionar novos widgets, que garantem funcionalidades a mais para esta ferramenta.

Outra diferença importante, embora mais sutil, é o uso de cantos arredondados. Desde o Windows 8, a Microsoft usava formas quadradas ou retangulares em todo o sistema. Na versão 11, as bordas de janelas, botões, campos de texto, entre outros elementos da interface, ficaram mais suaves. Além disso, as janelas têm novos modos de agrupamento automático, além dos tradicionais tela cheia, meia tela e quarto de tela.

Fechando as novidades visuais, os ícones do sistema inteiro foram redesenhados - quem usa os programas Office mais atuais, ou na versão online, tem uma ideia do tipo de design adotado.

Novidades na loja de aplicativos

A Microsoft Store passou por uma renovação visual. Além de programas e jogos para o sistema, ela agora também mostra opções de serviços de streaming, como Netflix e Disney+, que ficam na seção "Filmes e TV".

Uma funcionalidade prometida pela Microsoft no lançamento do Windows 11, em junho, foi a compatibilidade com aplicativos de Android, que chegariam ao sistema pela Amazon App Store. A novidade, porém, não ficou pronta a tempo, e será lançada como atualização em algum momento no futuro.

Duas novidades importantes podem passar despercebidas por parte dos usuários. Uma delas é que outras lojas de aplicativos e jogos, como a Steam e a Epic Games Store, poderão ser baixadas pela Microsoft Store e se integrarão melhor ao sistema.

A outra é que a empresa permite aos desenvolvedores usarem soluções de pagamento próprias para compras de aplicativos, não ficando presos ao sistema da Microsoft. Disputas sobre essa questão em outros sistemas já renderam processos e multas para Google e Apple, por exemplo.

Melhorias para jogos

Quem curte games também pode se beneficiar da atualização para o Windows 11. São três mudanças principais no sistema, que melhoram a experiência em jogos.

A mais notável é a tecnologia Auto HDR, que melhora automaticamente a qualidade de imagens nos jogos, em monitores compatíveis. O aprimoramento acontece aumentando, por inteligência artificial, o alcance dinâmico das cores dos jogos, resultando em melhor contraste.

A tecnologia DirectStorage, criada para os consoles Xbox Series X e S, da própria Microsoft, também chega ao Windows 11. Ela promete reduzir o tempo de carregamento em jogos.

Por fim, o aplicativo Xbox terá maior integração com o sistema. Além da assinatura do Game Pass e download de games, também será possível usar o Xbox Cloud Gaming, que roda jogos direto da nuvem, sem necessidade de baixar arquivos imensos ou ter um computador potente.

Windows 11: meu computador é compatível?

Até a versão 10, as configurações mínimas para instalação do Windows eram:

  • Processador: 1 GHz ou superior;
  • Armazenamento: 16 GB de espaço em disco (20 GB para a versão 64 bits);
  • Memória RAM: 1 GB (2 GB para a versão 64 bits);
  • Vídeo: placa de vídeo compatível com DirectX 9 e WDDM 1.0, tela com resolução 800x600.

No Windows 11, as especificações são as seguintes:

  • Processador: 1 GHz ou superior, dual core, 64 bits;
  • Armazenamento: 64 GB;
  • Memória RAM: 4 GB
  • Vídeo: placa de vídeo compatível com DirectX 12 e WDDM 2.0, tela com resolução 1280x720 e tamanho de 9" ou mais.

Uma outra mudança, que deve ser a mais significativa para a maioria dos usuários, é a necessidade de um componente chamado Trusted Platform Module (TPM), na versão 2.0. Enquanto os computadores atuais já vêm com o TPM, quem tem equipamentos mais antigos pode precisar comprá-lo separadamente - o que é possível apenas para computadores de mesa, não notebooks.

Com tantos detalhes técnicos, usuários comuns podem acabar sem saber se o computador é compatível com o Windows 11. Para facilitar o processo, a Microsoft lançou o programa PC Health Check, que analisa os componentes do equipamento e informa caso algum deles não esteja de acordo com as especificações mínimas. Ele pode ser baixado clicando aqui.

Ainda assim, é possível que um computador consiga rodar o sistema mesmo sem atender a alguns dos requisitos. O site de tecnologia XDA-Developers elaborou uma lista com todos os modelos que, oficialmente ou não, podem ter o Windows 11 instalado. Confira ao fim do texto como fazer a atualização.

Como atualizar para o Windows 11?

A atualização do Windows 11 foi disponibilizada gratuitamente pela Microsoft. Ela está sendo liberada de forma progressiva pela Microsoft, então pode não ser exibida para todos os usuários do sistema.

Para checar se o Windows 11 já está disponível no seu computador, acesse o aplicativo de configurações e vá em "Atualizações e Segurança" -> "Windows Update". Clique em "Procurar atualizações". Caso haja atualizações do Windows 10 para serem instaladas, faça este processo, e volte ao mesmo menu, clicando novamente no botão. Se o Windows 11 estiver disponível para o seu computador, clique em "Baixar e instalar".

Outra opção é baixar o assistente de instalação do Windows 11 no site da Microsoft, clicando neste link. Ao executar o programa e seguir as instruções na tela, ele fará o download da atualização e começará o processo para atualizar o sistema.

Por fim, a ferramenta de criação de mídia, também da Microsoft, permite usar um pen drive ou DVD para instalar o Windows 11 do zero. Basta fazer o download do programa, clicando neste link, executá-lo e seguir as instruções na tela. Esta ferramenta pode ajudar quem tem um computador que oficialmente não é compatível com a nova versão a instalar o Windows 11. A "gambiarra", porém, não funciona em todos os casos.

Mais notícias de Tecnologia

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags