PUBLICIDADE
Brasil
Noticia

Lázaro Barbosa é baleado e morto pela Polícia

Ele foi capturado em Águas Lindas de Goiás, no Entorno do DF.

10:02 | 28/06/2021
ázaro Barbosa foi capturado na manhã desta segunda-feira, 28. (Foto: Reprodução)
ázaro Barbosa foi capturado na manhã desta segunda-feira, 28. (Foto: Reprodução)

Agentes que trabalhavam em busca de Lázaro Barbosa afirmam que houve troca de tiros e ele acabou sendo atingido e estaria morto. Informação sobre sua prisão foi divulgada nesta manhã, 28, pelo governador Ronaldo Caiado. Após 20 dias de procura pelo suspeito da chacina da Ceilândia, no Distrito Federal, e com mais de 270 policiais a procura, Lázaro Barbosa, de 32 anos, foi preso após ser baleado, em Goiás.

Conforme as informações divulgadas, ele se recusou a se entregar para os agentes policiais. Ele havia sido capturado em Águas Lindas de Goiás, no entorno do Distrito Federal, e em seguida levado por policiais até uma ambulância. Em imagens divulgadas nas redes sociais, policiais militares de Goiás comemoram o fim da caçada e outras também mostram a chegada de Lázaro a uma unidade hospitalar da região.

Inicialmente, a prisão de Lázaro foi divulgado pelo governador Ronaldo Caiado no Twitter. "Tá aí, minha gente, como eu disse, era questão de tempo até que a nossa polícia, a mais preparada do País, capturasse o assassino Lázaro Barbosa", informou o governador. "Goiás não é Disneylândia de bandido".

Uma força-tarefa com mais de 200 policiais de Goiás e do Distrito Federal (DF) foi montada para prender o suspeito. Cães farejadores, drones e helicópteros ajudaram na busca. Na madrugada de hoje, 28, a polícia montou um cerco instalado a cerca de 20km de onde foi montada a base da operação policial. Segundo moradores da região, a ex-companheira de Lázaro chegou a ajudar nas buscas com a equipe.

Na última quinta-feira, 24, duas pessoas, um fazendeiro e um caseiro, foram presas suspeitas de ajudar Lázaro na fuga e se esconder da ação policial. Habilidoso em matas fechadas e grotas, Lázaro esteve desaparecido por 20 dias. Nas últimas semanas, o homem deixou um rastro de violência por onde passava e as equipes policiais chegaram a obter ajuda com equipamentos de outros estados para a busca, como o Rio de Janeiro. 

O suspeito chegou a ligar para a mãe e informar que não agiu sozinho em um dos crimes. Em depoimento, o caseiro afirmou que o criminoso vinha dormindo há cinco dias na fazenda onde ele trabalhava, no distrito de Cocalzinho de Goiás. Ele ainda contou que o dono da propriedade ajudava Lázaro, dando alimentos e deixando que ele dormisse na casa.

De acordo com a Polícia Militar, além de matar uma família em Ceilândia (DF) no último dia 9, ele invadiu chácaras, atirou em três pessoas, furtou um carro e o abandonou na BR-070 quando avistou a Polícia.

Caso Lázaro: preso por outros crimes


Preso pela primeira vez em 2007 acusado de duplo homicídio, o homem chegou a fugir três vezes da prisão, de acordo com informações divulgadas pelas Secretarias de Segurança Pública de Goiás (SSP-GO), da Bahia e do DF.

Em 2013, um laudo psicológico feito no Complexo Penitenciário da Papuda (CPP), em Brasília, descreveu Lázaro como “psicopata imprevisível”, com comportamento agressivo, impulsivo, instabilidade emocional e falta de controle e equilíbrio.

Lázaro Barbosa Sousa é suspeito de cometer um quádruplo latrocínio em Ceilândia (DF), além dos crimes em Goiás. Durante a fuga, o indivíduo invadiu propriedades rurais da região do entorno, fez três pessoas reféns e baleou outras quatro, entre elas, um policial militar.

O PM, que foi atingido de raspão, chegou a ser levado ao Hospital de Urgências de Anápolis (Huana), mas foi liberado. Lázaro já possui uma condenação por homicídio, no Estado da Bahia e era também procurado no DF e em Goiás por crimes de roubo, estupro e porte ilegal de arma de fogo.

 

Caso Lázaro: últimas notícias

+ Lázaro Barbosa é morto em Goiás após 20 dias de buscas

+ Caso Lázaro: polícia monta cerco em mata e ex-companheira ajuda em buscas

+ Equipamento da PM do Rio vai auxiliar busca por Lázaro Barbosa

+ Carta que pode ter sido escrita por Lázaro é investigada pela Polícia

+ Caseiro afirma que Lázaro Barbosa dormia há cinco dias em fazenda

+ Com prisão de fazendeiro e caseiro, buscas por Lázaro Barbosa se intensificam

+ Duas pessoas são presas por ajudar Lázaro a fugir, diz secretário

+ Familiares, amigos e população amedrontada: o que dizem sobre Lázaro Barbosa

+ Caso Lázaro: polícia cerca chácara em Girassol

+ Confundido com Lázaro, homem é espancado e fica sem ajuda

+ Lázaro ligou para a mãe e informou que não agiu sozinho em crime, diz tia

+ Policiais são afastados após ação que matou jovem que apoiou Lázaro nas redes sociais

+ Defensoria pede proteção contra violência física após prisão de Lázaro

+ Caso Lázaro Barbosa vira palanque político nas redes sociais de bolsonaristas

+ Vereador de Fortaleza diz que recebeu "informações importantes" sobre Lázaro Barbosa

+ Matas fechadas e grotas: Lázaro Barbosa consegue fugir da Polícia há 13 dias

+ Esposa de Lázaro Barbosa diz que policiais a torturaram por localização do marido

+ Homem é preso por fingir ser PF durante buscas por Lázaro em Goiânia

+ Líder religioso denuncia intolerância de policiais em terreiros no interior de Goiás

+ Notícias falsas prejudicam buscas por Lázaro Barbosa, diz secretário

+ Suspeito de matar família em Brasília fez cursos para aprender a se colocar no lugar das vítimas

+ Para além de Lázaro Barbosa: entenda o que caracteriza o comportamento de um serial killer