PUBLICIDADE
No Limite
NOTÍCIA

No Limite: Ariadna é terceira eliminada e tribo Calango ganha imunidade

Pela primeira vez, a equipe Carcará indicou alguém do próprio grupo para deixar o programa. Ariadna foi a mais votada pelos colegas e deixou a competição

07:52 | 26/05/2021
Ariadna deixou a competição do "No Limite" após ser a mais votada da equipe Carcará (Foto: Reprodução/Gshow)
Ariadna deixou a competição do "No Limite" após ser a mais votada da equipe Carcará (Foto: Reprodução/Gshow)

Ariadna foi eliminada do "No Limite" durante episódio transmitido na noite desta terça-feira, 26. A tribo Calango venceu a Prova de Privilégios, conquistando insumos e a Prova da Imunidade. Por isso, os competidores da Carcará precisaram, pela primeira vez, votar em alguém do próprio grupo para deixar o programa. Na votação no portal, Iris ainda recebeu um voto. Ariadna deixa a competição após receber 7 votos. 

Relembre a formação das tribos:

• Calango: André, Bil, Carol, Gleici, Jéssica e Kaysar
• Carcará: Ariadna, Elana, Gui, Íris, Lucas, Zulu, Paula e Viegas

No quinto dia de competição, após a eliminação de Angélica, a tribo Calango não perdeu os ânimos. Kaysar, percebendo que o grupo estava com o estoque de comida cada vez mais reduzido, decidiu cortar cactos para ele e sua equipe. A ideia foi bem aceita pela tribo Calango, que aproveitou o café da manhã com quatro latas de sardinha. Ainda, o grupo utilizou a água da chuva acumulada no teto de sua tenda para tomar banho, sendo suficiente para todos se lavarem. Apesar de terem passado por duas eliminações, a equipe estava harmônica.

Já na tribo Carcará, o dia começou conturbado. Ariadna relatou aos integrantes do time que, após a prova do dia anterior, se irritou com a formação de fofocas e piadas dentro da tribo. Ela entrou em conflito com Chumbo, que indicou que a participante deveria se expressar no momento em que a ação acontece. 

Prova de Privilégios

 

Seis integrantes de cada tribo tiveram que atravessar dois jarros em um percurso de obstáculos, totalizando 12 jarros por equipe. Os baldes de barro deveriam ser colocados dentro de uma base, que permitia levar dois dos objetos de uma vez. Após todos os participantes completarem o circuito, um arremessador de cada tribo deveria acertar os vasos com uma bola de peso e quebrá-lo. 

Com um déficit na equipe, os Calangos começaram com desvantagem de tempo. No entanto, a equipe Carcará perdeu o ritmo ao longo da prova, principalmente por conta de Ariadna. No final, mesmo com dificuldades para quebrar os vasos, os Calangos venceram a prova

O prêmio da tribo vencedora foi alimentos como lentilha, carne seca, cenoura, abacaxi, arroz, feijão, leite em pó, camarão, além de um fogareiro automático.

Prova da Imunidade 

 


Durante uma prova de resistência em grupo, as tribos deveriam segurar sacos de areia, com 5 kgs em cada, em uma altura superior ao ombro. Os sacos estavam presos a um tanque cheio de água. Se um competidor soltasse o peso, a água do tanque molharia a tribo que, consequentemente, perderia a prova.

Seis integrantes de cada equipe foram escolhidos, sendo que dois participantes começaram já com dois pesos devido à reorganização dos competidores. Em casos de desistência, o saco de areia deveria ser passado para os participantes restantes na prova.

Nenhum participante da equipe Calango desistiu. Já na tribo Carcará, Zulu e Guilherme desistiram. Lucas Chumbo segurou dois sacos a mais, ficando 15 kg. Em um deslize, o competidor deixou um dos pesos cair, eliminando sua equipe. Pela primeira vez, a tribo Calango ganhou a imunidade e se livrou de um Portal.

Como vencedora, a equipe Calango ganhou mais alimentos como carne, macarrão, sardinha, leite em pó, açúcar, além de itens como desodorante e um mosquiteiro.