Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Superando Facebook, TikTok foi aplicativo mais baixado do mundo em 2020

Rede social de vídeos curtos teve explosão de acessos nos últimos dois anos; em 2019, TikTok estava em quarto lugar, atrás de três aplicativos feitos pelo Facebook
Autor - Bemfica de Oliva
Foto do autor
- Bemfica de Oliva Repórter
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O TikTok se tornou o aplicativo mais baixado do mundo em 2020. A rede social de vídeos curtos chegou ao topo do ranking desbancando quatro concorrentes desenvolvidos pelo Facebook. Os dados são da consultoria App Annie, especializada em dados sobre o uso de aplicativos.

No ano anterior, o TikTok havia ficado em quarto lugar. Fechando o top 5 estavam Facebook Messenger (1º), Facebook (2º), WhatsApp (3º) e Instagram (5º). Para 2020, os aplicativos da empresa de Mark Zuckerberg continuam completando o ranking.

O sucesso da rede social não foi ignorado: em 2020 o Instagram lançou o Reels, ferramenta que funciona de modo idêntico ao TikTok. O Youtube também criou sua própria versão, chamada de Shorts.

Durante a pandemia, empresas e organizações recorreram ao TikTok para se aproximar do público, bem como artistas. Shows ao vivo, lançamentos de produtos e até jogos de futebol têm sido transmitidos pela plataforma.

Principal sucesso do TikTok são vídeos dos próprios usuários

Grande parte do sucesso, porém, vem dos próprios usuários: antes anônimos, fãs da plataforma conseguem viralizar conteúdos pelo funcionamento peculiar do TikTok, em que não é preciso seguir alguém para que o vídeo seja exibido. O senegalês Khabane Lame, que começou a criar vídeos para matar o tédio durante a pandemia, viralizou ao ironizar tutoriais de internet e hoje tem quase 100 milhões de seguidores na rede social.

Outro exemplo é a cantora cearense Mari Fernandez. Sua música "Não, Não Vou" teve mais de 1 milhão de versões no TikTok - uma das funções mais usadas no aplicativo é a de gravar vídeos dublando ou dançando ao som de músicas.

A Bytedance, desenvolvedora do TikTok, não dá sinais de que ficará parada, e tem buscado novas formas de garantir o crescimento do aplicativo. Esta semana, a plataforma anunciou que está testando uma função Stories, igual à existente no Instagram.

Mais sobre TikTok

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Usuário usa foto de secretário do Meio Ambiente pra aplicar golpes virtuais

Golpe
18:12 | Ago. 06, 2021
Autor Filipe Pereira
Foto do autor
Filipe Pereira Autor
Ver perfil do autor
Tipo Noticia

O secretário do Meio Ambiente do Ceará, Artur Bruno, usou as redes sociais nesta sexta-feira, 6, para alertar que um usuário ainda não identificado está usando uma foto sua em suposto aplicativo de mensagem para aplicar golpes financeiros. No twitter, o titular da pasta afirmou: "Alguém está pedindo dinheiro em meu nome de um celular que tem a minha foto. Por favor, denunciem que é um golpe".

A prática de crime virtual acontece na mesma semana em que outros representantes políticos do Ceará foram vítimas de hackers. Na última quarta-feira, 4, o governador Camilo Santana (PT) informou que teve o telefone celular invadido. Os criminosos roubaram dados da agenda de contatos e enviaram mensagens em seu nome, também na tentativa de aplicar golpes financeiros.

No mesmo dia, o ex-vice-governador do Ceará e presidente estadual do PSD, Domingos Filho, também relatou ter sido vítima de um ataque de hackers em seu celular pessoal. Conforme Domingos, os envolvidos no roubo de dados tiveram acesso à agenda de contatos para cometer o crime de estelionato em seu nome.

 

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

TikTok testa função stories, similar à do Instagram

Redes sociais
05:45 | Ago. 06, 2021
Autor Bemfica de Oliva
Foto do autor
Bemfica de Oliva Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Com o sucesso do TikTok, que ganhou alcance mundial em 2018, o Instagram trabalhou em lançar uma ferramenta similar. Anunciado em agosto de 2020, os reels funcionam de maneira idêntica ao aplicativo chinês: vídeos curtos, que podem incluir músicas, e passam em sequência aleatória para os usuários, mesmo que não sigam o autor do conteúdo.

Por ironia, o TikTok resolveu revidar: a empresa está trabalhando em uma função chamada "TikTok Stories". Como o nome da novidade implica, ela é idêntica à existente no Instagram, com vídeos ou imagens que somem após 24 horas. O próprio modo stories do Instagram é uma cópia direta do Snapchat, aplicativo lançado em 2011.

A novidade foi percebida primeiro pelo blogueiro Matt Navarra. Em entrevista ao site de tecnologia The Verge, um representante do TikTok confirmou que a funcionalidade está em testes dentro do aplicativo.

Apesar da confirmação, a empresa não deu mais detalhes sobre o TikTok Stories. Ainda não se sabe, por exemplo, a duração máxima, se serão aceitos somente vídeos, como na funcionalidade principal do aplicativo, nem a data em que a novidade será disponibilizada para todos os usuários.

Mais sobre TikTok

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Artistas alertam sobre ódio na internet após morte de filho de Walkyria Santos

conscientização
11:45 | Ago. 04, 2021
Autor
Tipo Noticia

A cantora Walkyria Santos perdeu o filho de 16 anos, Lucas Santos, na noite da terça, 3 de agosto. No instagram, a artista fez apelo contra comentários maldosos na web. Artistas como Luisa Sonza, Carlinhos Maia, Solange Almeida, Rebecca e Juliette se pronunciaram sobre o caso.

"Hoje, dia 3 de agosto de 2021, eu perdi meu filho, uma dor que só quem sente vai entender. E isso é sobre o último post que eu havia feito, os comentários. Ele postou um vídeo no TikTok, uma brincadeira de adolescente com os amigos, e achou que as pessoas fossem achar engraçado, mas não acharam, como sempre as pessoas destilando ódio na internet. Como sempre as pessoas deixando comentários maldosos. Meu filho acabou tirando a vida. Eu estou desolada, eu estou acabada, eu estou sem chão", desabafou.

"Preciso deixar esse sinal de alerta aqui. Tenham cuidado com o que vocês falam, com o que vocês comentam. Vocês podem acabar com a vida de alguém. Hoje sou eu e a minha família que choram. Eu te amo pra sempre meu filho Lucas Santos, eu te amo", escreveu na legenda.

"Estou aqui como uma mãe pedindo para que vocês vigiem e fiquem alerta. Eu fiz o que pude. Ele já tinha mostrado sinais, eu já tinha levado a psicólogo, mas foi isso, foram só os comentários na internet, nesse TikTok nojento que fez (sic) que ele chegasse a esse ponto", afirmou. "Eu estou desolada. Que Deus conforte o coração da minha família e que vocês vigiem que a internet está doente", disse a mãe enquanto abraçava um casaco do filho.

A cantora Luisa Sonza, que recentemente se afastou das redes sociais para cuidar da saúde mental após receber ataques por conta da morte do filho do ex-marido Whindersson Nunes, se pronunciou sobre o assunto. "Pelo amor de Deus. Pelo amor de Deus, parem! Vocês são doentes. A todos que já destilaram ódio na internet, vão se tratar. O problema são vocês. Assassinos. Meu Deus do céu, Senhor. Olha a dor dessa mãe, meu Deus como isso dói. O ódio mata. Vocês matam as pessoas de tanto ódio", afirmou.

Carlinhos Maia comentou a publicação e pediu que as autoridades pudessem criar leis mais severas sobre o uso da internet para fazer comentários maldosos. "Vocês tem noção como haters são destrutivos literalmente? Tá indo longe demais meu Deus, as autoridades precisam usar todas os exemplos que temos, de vidas que se vão, para de uma vez por todas fazerem uma lei mais dura, algo severo de verdade. Olha essa mãe, senhor! Olha o sofrimento dessa mãe. E sim a culpa é de um bando de mal amados, doentes, desprezíveis que se disfarçam de 'opinião'", afirmou.

Solange Almeida prestou apoio à amiga e disse: "que essas malditas pessoas tenham consciência que não podem sair por aí falando tudo que elas pensam e acham que é certo. Cada dia mais pessoas morrem vítimas da pressão que sofrem nas redes sociais". A cantora Rebecca escreveu: "até quando vamos ter que perder vidas por conta da parte tóxica da internet? Parem! Estamos perdendo vidas importantes. Força Walkyria Santos!".

A vencedora do BBB 21, Juliette, usou o twitter para alertar os seguidores. "As pessoas precisam parar de usar a internet para machucar! Não é só um comentário, não é só uma opinião, é sobre a vida de alguém... Hoje o filho da Walkyria Santos suicidou-se por não suportar comentários maldosos na Internet. Vocês imaginam a dor de perder um filho pela irresponsabilidade/maldade de alguém? Isso é desumano! Não é machucando alguém que as suas dores vão diminuir, não é humilhando alguém que você vai ser maior, não é ganhando uma briga que você terá paz. PAREM!!! Com quem quer que seja... por favor parem!", pediu.

Podcast Vida&Arte
O podcast Vida&Arte é destinado a falar sobre temas de cultura. O conteúdo está disponível nas plataformas Spotify, Deezer, iTunes, Google Podcasts e Spreaker.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Goleira da seleção brasileira de futebol feminino discute com atleta paralímpica e gera polêmica

Nas redes sociais
23:36 | Jul. 28, 2021
Autor Gazeta Esportiva
Foto do autor
Gazeta Esportiva Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A goleira Bárbara, da Seleção Brasileira, se envolveu em uma confusão nesta quarta-feira em seu Instagram. A jogadora foi ironizada em um comentário pela atleta paralímpica da canoagem Andrea Pontes e respondeu, no que virou uma discussão entre as duas, exposta pela própria Andrea.

Captura de tela de comentários feitos pela atleta de canoagem paralímpica Andrea Pontes sobre Bárbara
Captura de tela de comentários feitos pela atleta de canoagem paralímpica Andrea Pontes sobre Bárbara (Foto: Instagram / Reprodução)

"Galera, uma sugestão: põe a Babi - goleira do handebol - no lugar da Bárbara e está tudo resolvido. Brasil campeão!", publicou inicialmente Andrea, com emojis de risadas.

"Por que não vem você no meu lugar? Já, já começa sua competição. Será que você tem a competência para chegar ao menos a conhecer? Tem a competência de ir a quatro Paralimpíadas? Por que cada um com suas limitações, né. Vai treinando aí que assim como eu treino você vai precisar para tentar estar ao menos em uma Paralimpíadas”, rebateu Bárbara.

Andrea, então, retrucou e desafiou a goleira. "Quer fazer um tiro 200m de velocidade comigo? Você aguenta? ‘Cheinha’ como você está, o arrasto do caiaque vai ser grande! E antes que eu esqueça, vai treinar para não tomar outro frango e afundar o Brasil de novo!", escreveu.

Captura de tela da discussão entre goleira da seleção brasileira de futebol feminino Bárbara e atleta paralímpica da canoagem Andrea Pontes
Captura de tela da discussão entre goleira da seleção brasileira de futebol feminino Bárbara e atleta paralímpica da canoagem Andrea Pontes (Foto: Reprodução / Instagram)

A discussão prosseguiu para o chat privado do Instagram, exposto por Andrea. Na conversa, Bárbara se exaltou e ofendeu a atleta paraolímpica. "Você acha que vou repostar e te dar ibope? Vai procurar algum esporte para competir e deixa a vida das pessoas", escreveu a goleira, que também chamou Andrea de "idiota".

"Acha que só porque é deficiente pode falar o que quer? Dá teu jeito aí e tenta pegar uma vaguinha aqui, já que em algum dia na vida você chegou aí, nesse 6º lugar em um esporte que ninguém nem sabe. Quem é você? O que você faz no mundo?", indagou Bárbara.

Bárbara é titular da Seleção Brasileira e estará em campo nesta sexta-feira, contra o Canadá, às 5 horas (de Brasília), em jogo válido pelas quartas de final das Olimpíadas de Tóquio.

Atleta de canoagem paralímpica Andrea Pontes
Atleta de canoagem paralímpica Andrea Pontes (Foto: Instagram / Reprodução)

 

+ Onde e como surgiram as Olimpíadas

+ O que representa a Tocha Olímpica

+ Quanto custou as Olimpíadas de Tóquio

+ Quais as modalidades terão nos Jogos Olímpicos

+ Quais países participarão dos Jogos Olímpicos

+ Olimpíadas de Tóquio: quem são os favoritos

+ Conheça cinco modalidades curiosas

Olimpíadas de Tóquio: últimas notícias

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

"Não passo pano para criminoso", diz jornalista Daniela Lima após sofrer ameaças

brasil
07:59 | Jul. 27, 2021
Autor Isabela Queiroz Especial para O POVO
Foto do autor
Isabela Queiroz Especial para O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A jornalista Daniela Lima, âncora da CNN Brasil, falou ao vivo nesta segunda-feira, 26, sobre os ataques sofridos por ela nas redes sociais. Após uma página veicular montagem envolvendo o nome da apresentadora, ela recebeu mensagens com ameaças de morte e ofensas.


Uma publicação feita em perfil do Twitter que compartilha montagens utilizando a marca do portal G1, da Rede Globo, afirmou que Daniela Lima havia comentado que o incêndio no monumento do Borba Gato “foi pacífico e que todos estavam de máscara”, sobre o fato ocorrido em São Paulo, no último sábado, 23.

LEIA MAIS | Polícia prende suspeito de participar de incêndio da estátua de Borba Gato


No entanto, a informação é falsa. A jornalista não participava da cobertura do CNN no sábado e não fez nenhum comentário na CNN nem no seu perfil nas redes sociais. Mesmo sendo falsa, a publicação foi compartilhada mais de mil vezes no Twitter e reproduzida em grupos de WhatsApp.


Durante o CNN 360° a jornalista afirmou que tem sido vítima de uma série de distorções e edições maldosas em que são dadas as piores interpretações a trechos de suas falas. E que no último final de semana ela foi vítima de algo que não disse.


Ela conta que estava em casa e foi surpreendida com uma série de ataques resultantes de uma “mentira travestida de piada”. "Eu não passo pano para criminoso e quem vai nas redes sociais, covarde, atacar a mim e minha família com base em mentiras, vai ter de ser responsabilizado. Internet não é terra de ninguém!”, afirmou.

 


Por meio de suas redes sociais, a jornalista publicou mensagens de usuários que receberam a notícia falsa e foram atacá-la no privado. As mensagens têm conteúdo de ameaças e ofensas contra a apresentadora, que buscou o suporte da rede social. Segundo informações do CNN, o Twitter, porém, ainda não agiu contra a disseminação da montagem.


A CNN afirmou que procurou o Twitter e questionou a empresa sobre as políticas de remoção de conteúdos e perfis falsos, mas até o fechamento desta matéria ainda não obteve resposta.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags