Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Ceará marca mais da metade dos gols na Série A nos finais dos tempos dos jogos

O tempo acrescentado também tem sido aproveitado pelo Vovô, marcando quase um terço dos tentos após o período regulamentar
12:03 | Ago. 04, 2021
Autor - Horácio Neto
Foto do autor
- Horácio Neto Autor
Tipo Notícia

O Ceará tem mostrado resiliência, mantendo a concentração durante toda a partida e se aproveitado das oportunidades cedidas pelos adversários próximo ao intervalo ou do termino do confronto. O Vovô marcou 17 gols nesta edição do Campeonato Brasileiro, nove deles foram realizados nos 10 minutos finais dos primeiro ou segundo tempos – dos 35 aos acréscimos –, sendo 52,9% de todos os tentos que anotou na competição.

Rick é o artilheiro do Vovô na Série A e o atleta que mais marcou nos finais das primeira e segunda etapas. Com dois gols, um contra o Grêmio, aos 42 minutos do primeiro tempo, na primeira partida do Brasileirão, e o segundo no último domingo, 1º, no Clássico-Rei, aos 41 do segundo período, o ponta lidera o quesito. Cléber, Jorginho, Vina, Lima, Wendson, Lacerda e Kelvyn balançaram as redes em uma oportunidade neste recorte de tempo.

|Leia mais| 

Outro ponto que chama a atenção é o número de gols feitos nos acréscimos. O Alvinegro balançou a rede cinco vezes já após o tempo regulamentar, 29,4% dos tentos anotados pela equipe no Brasileirão, quase um terço dos gols do time de Porangabuçu na primeira divisão.

Os gols nos tempos acrescentados pelos árbitros no final das etapas têm garantido pontos para o Vovô. Próximo do intervalo, Lima empatou a partida contra o Internacional, aos 46 minutos, e garantiu o placar igualado. Jorginho (49’), Lacerda (51’) e Wendson (53’) somaram nove pontos para o Ceará contra Grêmio, Atlético-MG e Athletico-PR, respectivamente. Foram 10 pontos dos 22 conquistados pelos cearenses.

A exceção foi o gol de Vina no duelo contra o Santos, na Vila Belmiro, pela segunda rodada da Série A. O meia marcou de pênalti, aos 52 minutos do primeiro tempo, deixando o tudo igual na saída para o intervalo. Ao fim da etapa seguinte, o Alvinegro acabou derrotado por 3 a 1.

O Ceará também já provou do próprio veneno e cedeu pontos após o período regulamentar. Contra Cuiabá, com um homem a menos, aos 48 minutos, Jenilson marcou o gol de empate do Dourado, na Arena Pantanal. Na ocasião, Guto Ferreira lamentou o resultado do confronto. “A gente não sai feliz com esse 2 a 2 aqui. Estamos levando um ponto, mas não saímos felizes, não. A gente queria a vitória, construiu a vitória e, infelizmente, escapou", relatou o treinador.

Confira a lista de jogos que o Ceará marcou gols após 35 minutos das etapas:

Ceará 3 a 2 Grêmio - Cleber 36’; Rick 42’; Jorginho 90’+4’ 
Santos 3 a 1 Ceará – Vina 45’ + 7’
Internacional 1 a 1 Ceará – Lima 45’+1’
Ceará 2 a 1 Atlético-MG – Lacerda 90’+6’
Ceará 1 a 0 Athletico-PR – Wendson 90’+8’
Ceará 3 a 1 Fortaleza – Kelvyn 37’; Rick 86’

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Ceará encaminha acerto com Airton, atacante do Cruzeiro

Reforço Alvinegro
10:12 | Jul. 21, 2021
Autor Horácio Neto
Foto do autor
Horácio Neto Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

De olho nas oportunidades de marcado, o Ceará continua procurando peças para fortalecer o setor ofensivo. De acordo com Superesportes e confirmado por Gerson Barbosa da Rádio O POVO CBN, o Vovô tem encaminhada o empréstimo do atacante Airton, do Cruzeiro, até o fim do ano com opção de compra. A Raposa é dona de 75% dos direitos do atleta de 22 anos e tem contrato válido até dezembro de 2023.

Caso confirme a contratação, o Ceará terá vencido a concorrência de clubes do Brasil e do futebol japonês. Com a necessidade de venda o Cruzeiro não deve dificultar nenhuma procura de seus atletas, tendo alguns já negociados.

Airton é um jogador de velocidade e habilidade que atua pelos lados do campo. Esteve presente em nove partidas pela Série B das 13 disputadas pelo Cruzeiro, marcado um gol. Ainda segundo o Superesportes, o atacante não teria entrado em campo contra o Remo por estar em meio as negociações com o Ceará.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Ceará cria oportunidades, mas erra 61% dos arremates que tenta na Série A

Fora do Alvo
13:50 | Jul. 12, 2021
Autor Horácio Neto
Foto do autor
Horácio Neto Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

No empate entre Cuiabá e Ceará em 2 a 2, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Alvinegro criou muitas oportunidades, mas deixou a vitória escapar nos minutos finais. Foram 19 finalizações do Vovô, nove delas dentro da área do Dourado, marcando dois tentos. Segundo o Footstats (site estatístico de futebol), em toda a Série A, a equipe de Porangabuçu tem perdido as chances e errou o alvo em 61,83% dos arremates que tentou na competição.

Dentre todos os clubes da primeira divisão, o Vovô acerta mais o alvo, percentualmente, do que Sport (69,07%), Grêmio (67,77%), Cuiabá (67,06%), Bragantino (65,41%), Juventude (62,89%), América-MG (62,88%), Atlético-MG (62,26%) e Chapecoense (62.26%). Deste clubes, com 131 finalizações, o Ceará só não arrematou mais que Coelho (132) e o Massa Bruta (159).

|Leia mais|

Outro dado importante foram os empates do Alvinegro na Série A. Com exceção dos jogos contra o Bragabull e Fluminense, nos outros duelos enfrentando Chapecoense, Internacional, São Paulo e Cuiabá, o clube da capital cearense criou mais chances que o oponente. Nestes seis confrontos, foram quatro gols marcados.

Indo para os atletas alvinegros, Mendoza é o jogador que mais errou o gol. Foram 13 arremates sem direção em 18 oportunidades. Apesar da marca, o colombiano não é o jogador de frente que retém a pior pontaria em porcentagem. Vina, meia do Vovô, acertou o alvo somente uma vez no Brasileirão, em 12 tentativas, somando 91,67% de imprecisão. De todo elenco, o camisa 29 só supera Bruno Pacheco e João Victor, ambos com um chute e um erro, e Buiú, com duas tentativas e todas para fora.

Com a semana livre para trabalhar, Guto Ferreira precisará ajustar a pontaria da equipe para o próximo confronto do Alvinegro. O Ceará enfrenta o Athletico-PR, no sábado, 17, no Castelão, às 17 horas, pela 12ª rodada da Série A.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Guto reconhece jogo truncado, mas elogia segundo tempo do Ceará contra o Fluminense

Técnico Alvinegro
10:38 | Jul. 08, 2021
Autor Horácio Neto
Foto do autor
Horácio Neto Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Em jogo trucando e de poucas oportunidades, o Ceará ficou no 0 a 0 com o Fluminense e conseguiu somar mais um ponto no Campeonato Brasileiro. Em entrevista coletiva pós-jogo, Guto Ferreira, comandante alvinegro, reconheceu as dificuldades da partida, mas acredita que no segundo tempo o Vovô melhorou e, com a entrada de Joel, conseguiu ocupar mais o campo de ataque.


“No segundo tempo nossa equipe cresceu. O Jael entrou descansado e encontrou uma zaga que o Cléber cansou, já conseguiu um pouco mais de sucesso e a nossa equipe conseguiu agredir o último terço do campo, a última linha e aí já começou criar situações melhores. Não exatamente tudo que a gente queria, mas conseguiu ganhar mais o campo, se manter mais no ataque, até porque aquela pegada do Fluminense, que foi muito forte no primeiro tempo, não se manteve no segundo e o Ceará conseguiu se soltar um pouco mais”, relatou Guto.

Leia mais| Ceará completa terceiro jogo seguido sem sofrer gol na Série A

                 + Com negociação em andamento, Ceará retira Saulo Mineiro da partida contra o Fluminense

Apesar da melhora no segundo tempo, o treinador reconheceu os méritos e a intensidade do Tricolor das Laranjeiras na etapa inicial. Guto assentiu a dificuldade que o Ceará teve de quebrar as linhas adversárias e falou ironicamente que quando conseguia o árbitro Ramon Abatti paralisava a partida.

“O Fluminense fez uma partida defensivamente muito agressiva. O meio-campo e a linha de zaga deles trabalharam muito, principalmente no primeiro tempo. No primeiro tempo a gente saiu do jogo com um chute de fora. A nossa linha de ataque não conseguiu quebrar a última linha de marcação deles. Nós até conseguimos um ou outro escanteio, mas assim, lance da gente romper a marcação, quando a gente rompeu o juiz paralisou a partida de alguma maneira (risos)”, disse o técnico alvinegro.

O comandante do Vovô também se mostrou muito irritado com os gandulas que atuaram na partida. Guto chegou a falar que os responsáveis pela reposição da bola interferiram efetivamente no andamento do jogo e que mostra a falta de respeito da equipe adversário.

“Eu acho de uma falta de respeito muito grande (a atitude dos gandulas). Na maioria dos estádios nós não estamos tendo esse problema e aqui nós tivemos um muito sério com os gandulas que jogam para o Fluminense. ‘Ah, mas eles não entram em campo’, mas a reposição na maneira que eles fazem interfere diretamente no jogo. Repondo bolas de maneiras muito rápidas e na mão de jogadores do Fluminense e não devolvendo de maneira igual para o oponente, inclusive atrasando a reposição”.

O treinador ainda alegou ter reclamado com o quarto árbitro, Alex Gomes Stefano, mas afirmou que o auxiliar “estava muito mais preocupado em indagar de uma maneira que ele pudesse penalizar do que tomar partido”.

O Ceará volta a jogar neste domingo, 11, contra o Cuiabá, em mais duelo fora de casa, na Arena Pantanal, às 18h15min, em busca da primeira vitória como visitante. O Vovô chegou aos 14 pontos e ocupa a nona colocação.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Em boa fase no Ceará, Gabriel Lacerda afirma ter ganhado mais confiança

Zagueiro Alvinegro
12:38 | Jul. 06, 2021
Autor Horácio Neto
Foto do autor
Horácio Neto Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Autor do segundo gol do Ceará na vitória sobre o Juventude por 2 a 0, em partida válida pela nona rodada do Campeonato Brasileiro, Gabriel Lacerda falou em coletiva divulgada nesta terça, 6, sobre o aumento da confiança que conseguiu com a sequência de jogos. O zagueiro da base alvinegra afirmou que o ganho de experiência e o trabalho fora de campo contribuíram com a boa fase.

“Desde o ano passado vinha trabalhando muito, o Guto me deu a confiança de jogar. Ele sempre me deu essa confiança. Acho que também é a questão de quanto mais joga, vai ganhando mais bagagem, pegando mais ritmo e mais experiência. Desde a época que eu joguei pelo sub-23, pelo Cearense, isso foi me ajudando a pegar maturidade, a melhorar a cada dia. Meu trabalho dentro e fora de campo tem me ajudado muito para que eu possa continuar me destacando não só na parte ofensiva, que é uma consequência, mas na parte defensiva.

Leia mais| Com 17 pontos na boca, Jorginho será reavaliado na terça e é dúvida para jogo entre Ceará e Fluminense

                 CBF define data de jogos do Ceará pelas quartas de final do Brasileirão Feminino A2

Ainda sobre o desempenho individual do zagueiro, Lacerda destaca as dificuldades que teve no início com a camisa alvinegra, mas acredita que vem aproveitando as oportunidades. O defensor diz que procura manter o foco independentemente das críticas ou elogios.

“Eu posso dizer que fui lançado em um dos melhores campeonatos do mundo (a Série A), jogadores de seleção importantíssimos, campeonato super difícil. Então, para mim, foi um desafio muito grande e eu pude aproveitar da melhor forma, e venho aproveitando. Em questão da confiança externa, já veio o lado das críticas e o dos elogios também. Isso é normal, mas eu busco focar no meu trabalho, no que eu tenho que fazer. Manter o foco e concentração, não deixar cair e nem me acomodar. Colocando Deus à frente de tudo, eu creio que isso é a consequência”, relatou Gabriel.

Leia mais| Jornalista afirma que Saulo Mineiro foi sondado e Ceará deve receber proposta de time japonês 

                  Saulo volta a marcar e vibra com vitória do Ceará sobre o Juventude: "A gente precisava"

Voltando as atenções para as próximas partidas, duas fora de casa, o Ceará enfrenta o Fluminense, em São Januário, na quarta, 7, e o Cuiabá, na Arena Pantanal, no domingo, 11. O atleta alvinegro projetou os dois embates e falou que o Vovô tentar trazer os seis pontos para Fortaleza.

“A questão dos dois jogos fora (Fluminense e Cuiabá), a gente vai buscar os seis pontos. Queremos voltar para a casa com os seis pontos na bagagem e estamos trabalho isso. A gente não ganhou fora de casa ainda, mas eu creio que vamos voltar com esses seis pontos fora de casa”, acredita Lacerda.

Com 13 pontos, ocupando a oitava posição, o Ceará encara o Fluminense, o nono e com a mesma pontuação, em São Januário, nesta quarta, 7, às 21h30min, fazendo um confronto direto na decima rodada do Campeonato Brasileiro.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags