Participamos do

Ator Cuba Gooding Jr admite ter beijado garçonete à força

Mais de 20 outras mulheres acusam ator de condutas impróprias e até mesmo abuso sexual; três das denúncias resultaram em processos judiciais contra Cuba Gooding Jr
22:52 | Abr. 13, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

 

Aviso de gatilho: o texto abaixo contém relatos de assédio, abuso e violência sexual. A leitura não é recomendada a pessoas sensíveis a estes temas.

O ator Cuba Gooding Jr. admitiu ter beijado à força uma garçonete, disse seu advogado nesta quarta-feira, como parte de um acordo em um tribunal de Nova York que fará com que outras acusações criminais contra ele sejam retiradas. O astro de "Jerry Maguire" foi acusado por mais de 20 mulheres de toques indesejados ao longo de décadas, e enfrentou acusações criminais decorrentes de denúncias feitas por três delas.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O advogado de Gooding Jr., Frank Rothman, disse à AFP que seu cliente se declarou culpado de um delito menor. "Ele admitiu ter beijado uma garçonete sem o consentimento dela", disse Rothman, acrescentando que "todas as demais acusações foram desestimadas". "Em seis meses, se tudo correr bem, essa acusação será retirada e ele não terá mais antecedentes criminais."

Gloria Allred, que representa a vítima, disse que os pedidos para que outras mulheres pudessem depor no caso - com base no fato de supostamente terem sido alvo de conduta semelhante por parte do ator - foram negados pelo juiz.

"Meu escritório de advocacia e a advogada de Nova York Casey Wolnowski continuarão a defender nosso processo civil contra Cuba Gooding Jr. no tribunal federal de Nova York em nome de nossa corajosa cliente, a qual alega que Cuba Gooding Jr. cometeu um ato de violência de gênero contra ela", assinalou Gloria. "Esperamos alcançar um resultado justo neste processo."

Gooding Jr., 54 anos, é a mais recente celebridade a enfrentar um ajuste de contas público envolvendo insinuações sexuais indesejadas na esteira do #MeToo, que começou com um processo contra o produtor Harvey Weinstein por décadas de abusos.

Mais notícias de celebridades

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar
1