Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Olimpíadas: Brasil tem chances de medalha hoje, 2, e terça; confira

Durante o dia 11 das Olimpíadas de Tóquio, de segunda, 2, para terça, 3 de agosto, os brasileiros competem em diferentes modalidades. Confira programação dos Jogos Olímpicos de hoje com chances de medalha, com horário e onde assistir ao vivo
Autor - Redação O POVO
Foto do autor
- Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Brasil tem delegação recorde nos Jogos Olímpicos de Tóquio de 2021. Ao todo, são 301 atletas brasileiros, que disputarão em 35 modalidades. Os principais destaques das Olimpíadas valem para esportes como surfe, boxe, vôlei, skate e canoagem. Além disso, as possibilidades de pódio existem no futebol, na vela, na maratona aquática, na ginástica e na esgrima.

+ Conheça os brasileiros favoritos a medalha nas Olimpíadas de Tóquio

O 11º dia de programação após a abertura oficial começa às 21 horas (horário de Brasília) de hoje, segunda-feira, 2, e segue durante a madrugada e manhã de terça-feira, 3 de agosto. Ao longo da programação, os representantes brasileiros competem em disputas de vela, ginástica, vôlei e boxe. Confira abaixo as partidas da programação com chances de medalha para o Brasil:

Olimpíadas: chances de medalha para Brasil hoje, 2 - madrugada/manhã

  • 00:00 - 02:10 Vela 470 feminino (regatas 9 e 10)
  • 02:30 - 04:40 Vela 470 masculino (regatas 9 e 10)
  • 05:00 - 05:35 Ginástica artística Argolas masculino (final)
  • 05:45 - 06:20 Ginástica artística Solo feminino (final)
  • 06:30 - 07:05 Ginástica artística Salto masculino (final)
  • 09:45 - 11:30 Vôlei BRA-KEN (feminino – 5ª rodada)

Olimpíadas: chances de medalha para Brasil na terça, 3 - manhã

  • 05:00 - 05:30 Boxe Peso leve feminino (quartas de final)
  • 05:45 - 06:20 Ginástica artística Trave feminino (final)
  • 06:50 - 07:05 Boxe Peso pesado masculino (semifinal)

Olimpíadas ao vivo: onde assistir

As disputas das diferentes modalidades das Olimpíadas de Tóquio 2021 terão transmissão e você pode assistir ao vivo às partidas do Brasil e outras seleções pela Rede Globo na TV aberta, com BandSports e SporTV exibindo na televisão paga. 

+ Olimpíadas de Tóquio: confira calendário completo com dia e horário

Pela internet, a programação olímpica também pode ser vista online no Globoplay para assinantes Globoplay + Canais.

OLIMPÍADAS DE TÓQUIO: CONFIRA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Olimpíadas hoje, 2, 11º dia: programação de principais destaques dos Jogos

Jogos Olímpicos
2021-08-02 00:00:00
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Os Jogos Olímpicos de Tóquio seguem para seu 11º dia a partir das 21 horas (horário de Brasília) de hoje, segunda-feira, 2 de agosto (02/08), com a programação seguindo durante a madrugada e a manhã desta terça-feira, 3. Principais destaques do 11º dia das Olimpíadas são finais de atletismo, badminton, boxe, canoagem, vela, ginástica e luta greco-romana.

+ Olimpíadas ao vivo hoje, 11º dia; onde assistir e programação dos Jogos

Ainda hoje, a seleção feminina de handebol enfrenta a Quênia às 09h45min. Amanhã, o País também é representado em disputas por medalhas nas provas de ginástica artística e boxe.

+ Olimpíadas: chances de medalha do Brasil hoje, 11º dia; onde assistir

Olimpíadas: principais destaques dos Jogos hoje, 2 - noite

  • 00:00 - 02:10 Vela 470 feminino (regatas 9 e 10)
  • 01:00 - 03:30 Badminton Duplas femininas (final)
  • 02:30 - 02:53 Vela 49er FX feminino (final)
  • 02:30 - 04:40 Vela 470 masculino (regatas 9 e 10)
  • 03:30 - 03:53 Vela 49er masculino (final)
  • 05:00 - 05:35 Ginástica artística Argolas masculino (final)
  • 05:45 - 06:20 Ginástica artística Solo feminino (final)
  • 06:30 - 07:05 Ginástica artística Salto masculino (final)
  • 07:55 - 08:05 Lutas Greco-romana até 60kg masculino (final)
  • 08:00 - 09:10 Atletismo Lançamento de disco feminino (final)
  • 08:00 - 11:00 Badminton Simples masculino (final)
  • 09:40 - 09:57 Atletismo 5.000m feminino (final)
  • 09:45 - 11:30 Vôlei BRA-KEN (feminino – 5ª rodada)
  • 22:50 - 00:10 Atletismo Salto em distância feminino (final)
  • 23:30 - 23:44 Canoagem velocidade K1 200m feminino (final)
  • 23:46 - 00:02 Canoagem velocidade C2 1.000m masculino (final)

Olimpíadas: principais destaques dos Jogos na terça, 3 - madrugada/manhã

  • 00:13 - 00:29 Canoagem velocidade K1 1.000m masculino (final)
  • 00:20 - 00:21 Atletismo 400m com barreiras masculino (final)
  • 00:40 - 00:54 Canoagem velocidade K2 500m feminino (final)
  • 01:05 - 01:20 Boxe Peso pena feminino (final)
  • 02:30 - 02:58 Vela Finn masculino (final)
  • 03:30 - 03:53 Vela Nacra 17 misto (final)
  • 05:00 - 05:30 Boxe Peso leve feminino (quartas de final)
  • 05:00 - 05:35 Ginástica artística Barras paralelas masculino (final)
  • 05:45 - 06:20 Ginástica artística Trave feminino (final)
  • 06:30 - 07:05 Ginástica artística Barra fixa masculino (final)
  • 06:50 - 07:05 Boxe Peso pesado masculino (semifinal)
  • 07:05 - 07:20 Boxe Peso meio-médio masculino (final)
  • 07:55 - 08:05 Lutas Greco-romana até 77kg masculino (final)
  • 09:25 - 09:27 Atletismo 800m feminino (final)
  • 09:50 - 09:51 Atletismo 200m feminino (final)

Olimpíadas ao vivo: onde assistir

Os jogos das diferentes modalidades das Olimpíadas de Tóquio 2021 terão transmissão e você pode assistir ao vivo às partidas do Brasil e outras seleções pela Rede Globo na TV aberta, com BandSports e SporTV exibindo na televisão paga. 

+ Olimpíadas de Tóquio: confira calendário completo com dia e horário

Pela internet, a programação olímpica também pode ser vista online no Globoplay para assinantes Globoplay + Canais.

OLIMPÍADAS DE TÓQUIO: CONFIRA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Olimpíadas ao vivo hoje, 2, 11º dia; onde assistir e programação dos Jogos

Jogos Olímpicos
2021-08-02 00:00:00
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Programação de segunda, 2 de agosto (02/08) - madrugada/manhã/noite - horário de Brasília

  • 00:00 - 01:45 Hóquei na grama Feminino (quartas de final)
  • 00:00 - 02:10 Vela 470 feminino (regatas 9 e 10)
  • 00:00 - 03:00 Beisebol Masculino (fase eliminatória)
  • 00:06 - 00:22 Canoagem velocidade C2 1.000m masculino (quartas de final)
  • 00:22 - 00:38 Canoagem velocidade K1 1.000m masculino (quartas de final)
  • 00:45 - 00:59 Canoagem velocidade K2 500m feminino (quartas de final)
  • 00:50 - 01:30 Lutas Greco-romana até 77kg masc. (quartas)
  • 00:50 - 01:30 Lutas Greco-romana até 97kg masc. (quartas)
  • 00:50 - 01:30 Lutas Livre até 68kg feminino (quartas de final)
  • 01:00 - 01:50 Vôlei de praia Masculino ou feminino (oitavas de final)
  • 01:00 - 03:30 Badminton Duplas femininas (decisão do bronze)
  • 01:00 - 03:30 Badminton Duplas femininas (final)
  • 01:40 - 03:40 Basquete FRA-USA (feminino – 3ª rodada)
  • 02:00 - 02:50 Vôlei de praia Masculino ou feminino (oitavas de final)
  • 02:00 - 03:20 Polo aquático SRB-MNE (masculino – 5ª rodada)
  • 02:15 - 03:45 Handebol ESP-ROC (feminino – 5ª rodada)
  • 02:20 - 04:05 Vôlei ROC-TUR (feminino – 5ª rodada)
  • 02:30 - 02:53 Vela 49er FX feminino (final)
  • 02:30 - 03:10 Tiro esportivo Pistola 25m tiro rápido masculino (final)
  • 02:30 - 04:40 Vela 470 masculino (regatas 9 e 10)
  • 02:30 - 05:30 Tênis de mesa Equipes femininas (quartas de final)
  • 02:30 - 05:30 Tênis de mesa Equipes masculinas (quartas de final)
  • 03:00 - 05:30 Saltos ornamentais Trampolim indiv. 3m masculino (elim.)
  • 03:30 - 03:53 Vela 49er masculino (final)
  • 03:30 - 03:54 Ciclismo de pista Velocidade por equipes feminino (elim.)
  • 03:30 - 04:50 Polo aquático ESP-CRO (masculino – 5ª rodada)
  • 03:50 - 05:40 Levantamento de peso Até 87kg feminino (grupo A – final)
  • 03:54 - 04:50 Ciclismo de pista Perseguição por equipes feminino (elim.)
  • 04:15 - 05:45 Handebol HUN-SWE (feminino – 5ª rodada)
  • 04:25 - 06:10 Vôlei CHN-ARG (feminino – 5ª rodada)
  • 04:50 - 05:02 Ciclismo de pista Veloc. por equipes fem. (primeira fase)
  • 04:50 - 05:40 Tiro esportivo Carabina três posições masculino (final)
  • 05:00 - 05:35 Ginástica artística Argolas masculino (final)
  • 05:00 - 05:50 Vôlei de praia Masculino ou feminino (oitavas de final)
  • 05:00 - 07:35 Hipismo CCE por equipes (saltos – final)
  • 05:00 - 08:00 Futebol Feminino (semifinal)
  • 05:02 - 05:58 Ciclismo de pista Perseguição por equipes masc. (elim.)
  • 05:20 - 07:20 Basquete CHN-BEL (feminino – 3ª rodada)
  • 05:45 - 06:20 Ginástica artística Solo feminino (final)
  • 06:00 - 06:03 Ciclismo de pista Veloc. por equipes fem. (dec. de 7º lugar)
  • 06:00 - 06:50 Vôlei de praia Masculino ou feminino (oitavas de final)
  • 06:03 - 06:06 Ciclismo de pista Veloc. por equipes fem. (dec. de 5º lugar)
  • 06:06 - 06:09 Ciclismo de pista Veloc. por equipes fem. (dec. do bronze)
  • 06:09 - 06:12 Ciclismo de pista Velocidade por equipes feminino (final)
  • 06:15 - 06:35 Lutas Greco-romana até 77kg masc. (semifinais)
  • 06:20 - 07:40 Polo aquático JPN-RSA (masculino – 5ª rodada)
  • 06:30 - 07:05 Ginástica artística Salto masculino (final)
  • 06:30 - 08:15 Hóquei na grama Feminino (quartas de final)
  • 06:35 - 06:55 Lutas Greco-romana até 97kg masc. (semifinais)
  • 06:55 - 07:15 Lutas Livre até 68kg feminino (semifinais)
  • 07:00 - 10:00 Beisebol Masculino (fase eliminatória)
  • 07:20 - 09:40 Atletismo Salto com vara feminino (eliminatórias)
  • 07:25 - 07:40 Atletismo 200m feminino (semifinais)
  • 07:30 - 07:50 Lutas Greco-romana até 60kg masc. (dec. bronze)
  • 07:30 - 09:00 Handebol NED-MNE (feminino – 5ª rodada)
  • 07:30 - 09:30 Nado artístico Dueto (rotina livre)
  • 07:30 - 10:30 Tênis de mesa Equipes femininas (quartas de final)
  • 07:30 - 10:30 Tênis de mesa Equipes masculinas (quartas de final)
  • 07:40 - 09:25 Vôlei JPN-DOM (feminino – 5ª rodada)
  • 07:50 - 09:10 Polo aquático AUS-KAZ (masculino – 5ª rodada)
  • 07:50 - 09:40 Levantamento de peso Mais de 87kg feminino (grupo A – final)
  • 07:55 - 08:05 Lutas Greco-romana até 60kg masculino (final)
  • 08:00 - 09:10 Atletismo Lançamento de disco feminino (final)
  • 08:00 - 11:00 Badminton Simples masculino (decisão do bronze)
  • 08:00 - 11:00 Badminton Simples masculino (final)
  • 08:00 - 11:00 Futebol Feminino (semifinal)
  • 08:05 - 08:22 Atletismo 400m masculino (semifinais)
  • 08:05 - 08:25 Lutas Greco-romana até 130kg masc. (dec. bronze)
  • 08:30 - 08:40 Lutas Greco-romana até 130kg masculino (final)
  • 08:35 - 08:56 Atletismo 400m com barreiras feminino (semifinais)
  • 08:45 - 09:45 Hipismo CCE individual (saltos – final)
  • 08:55 - 09:15 Lutas Livre até 76kg feminino (dec. do bronze)
  • 09:00 - 09:50 Vôlei de praia Masculino ou feminino (oitavas de final)
  • 09:00 - 10:45 Hóquei na grama Feminino (quartas de final)
  • 09:00 - 11:00 Basquete AUS-PUR (feminino – 3ª rodada)
  • 09:15 - 09:24 Atletismo 3.000m com obstáculos masculino (final)
  • 09:20 - 09:30 Lutas Livre até 76kg feminino (final)
  • 09:30 - 11:00 Handebol NOR-JPN (feminino – 5ª rodada)
  • 09:40 - 09:57 Atletismo 5.000m feminino (final)
  • 09:45 - 11:30 Vôlei BRA-KEN (feminino – 5ª rodada)
  • 10:00 - 10:50 Vôlei de praia Masculino ou feminino (oitavas de final)
  • 21:00 - 21:50 Vôlei de praia Masculino ou feminino (quartas de final)
  • 21:00 - 21:56 Atletismo Salto triplo masculino (eliminatórias)
  • 21:00 - 23:00 Vôlei Masculino (quartas de final)
  • 21:05 - 21:31 Atletismo 1.500m masculino (eliminatórias)
  • 21:20 - 23:46 Atletismo Lançamento de dardo feminino (elim.)
  • 21:30 - 21:44 Canoagem velocidade K1 200m feminino (semifinais)
  • 21:30 - 23:30 Handebol Masculino (quartas de final)
  • 21:44 - 22:00 Canoagem velocidade C2 1.000m masculino (semifinais)
  • 21:45 - 22:26 Atletismo 400m feminino (eliminatórias)
  • 22:00 - 22:16 Canoagem velocidade K1 1.000m masculino (semifinais)
  • 22:00 - 22:50 Vôlei de praia Masculino ou feminino (quartas de final)
  • 22:00 - 23:30 Saltos ornamentais Trampolim individual 3m masc. (semifinal)
  • 22:00 - 00:00 Basquete Masculino (quartas de final)
  • 22:00 - 01:00 Tênis de mesa Equipes femininas (quartas de final)
  • 22:00 - 01:00 Tênis de mesa Equipes masculinas (quartas de final)
  • 22:23 - 22:37 Canoagem velocidade K2 500m feminino (semifinais)
  • 22:30 - 00:15 Hóquei na grama Masculino (semifinal)
  • 22:50 - 00:10 Atletismo Salto em distância feminino (final)
  • 23:00 - 23:20 Lutas Greco-romana até 77kg masc. (repesc.)
  • 23:00 - 23:20 Lutas Greco-romana até 97kg masc. (repesc.)
  • 23:00 - 23:20 Lutas Livre até 68kg feminino (repescagem)
  • 23:00 - 23:30 Boxe Peso mosca masculino (quartas de final)
  • 23:05 - 23:54 Atletismo 200m masculino (eliminatórias)
  • 23:30 - 23:44 Canoagem velocidade K1 200m feminino (final)
  • 23:30 - 23:45 Boxe Peso pena masculino (semifinal)
  • 23:30 - 01:00 Lutas Greco-romana até 67kg masc. (oitavas)
  • 23:30 - 01:00 Lutas Greco-romana até 87kg masc. (oitavas)
  • 23:30 - 01:00 Lutas Livre até 62kg feminino (oitavas de final)
  • 23:46 - 00:02 Canoagem velocidade C2 1.000m masculino (final)
  • 23:48 - 00:18 Boxe Peso leve masculino (quartas de final)

Programação de terça, 3 de agosto (03/08) - madrugada/manhã - horário de Brasília

  • 00:13 - 00:29 Canoagem velocidade K1 1.000m masculino (final)
  • 00:18 - 00:33 Boxe Peso pesado masculino (semifinal)
  • 00:20 - 00:21 Atletismo 400m com barreiras masculino (final)
  • 00:35 - 01:05 Boxe Peso leve feminino (quartas de final)
  • 00:40 - 00:54 Canoagem velocidade K2 500m feminino (final)
  • 00:50 - 01:30 Lutas Greco-romana até 67kg masc. (quartas)
  • 00:50 - 01:30 Lutas Greco-romana até 87kg masc. (quartas)
  • 00:50 - 01:30 Lutas Livre até 62kg feminino (quartas de final)
  • 01:00 - 03:00 Vôlei Masculino (quartas de final)
  • 01:05 - 01:20 Boxe Peso pena feminino (final)
  • 01:15 - 03:15 Handebol Masculino (quartas de final)
  • 01:40 - 03:40 Basquete Masculino (quartas de final)
  • 01:50 - 04:00 Levantamento de peso Até 109kg masculino (grupo B)
  • 02:00 - 03:20 Polo aquático Feminino (quartas de final)
  • 02:30 - 02:58 Vela Finn masculino (final)
  • 02:30 - 05:30 Tênis de mesa Equipes femininas (quartas de final)
  • 02:30 - 05:30 Tênis de mesa Equipes masculinas (quartas de final)
  • 03:00 - 04:15 Saltos ornamentais Trampolim individual 3m masculino (final)
  • 03:30 - 03:53 Vela Nacra 17 misto (final)
  • 03:30 - 03:58 Ciclismo de pista Perseg. por equipes fem. (primeira fase)
  • 03:30 - 04:50 Polo aquático Feminino (quartas de final)
  • 03:58 - 04:22 Ciclismo de pista Velocidade por equipes masculino (elim.)
  • 04:22 - 04:50 Ciclismo de pista Perseg. por equipes masc. (primeira fase)
  • 04:50 - 05:02 Ciclismo de pista Veloc. por equipes masc. (primeira fase)
  • 05:00 - 05:30 Boxe Peso leve feminino (quartas de final)
  • 05:00 - 05:35 Escalada Masculino (qualificatória – velocidade)
  • 05:00 - 05:35 Ginástica artística Barras paralelas masculino (final)
  • 05:00 - 07:00 Handebol Masculino (quartas de final)
  • 05:00 - 07:00 Vôlei Masculino (quartas de final)
  • 05:00 - 08:00 Futebol Masculino (semifinal)
  • 05:05 - 05:12 Ciclismo de pista Perseg. por equipes fem. (dec. 7º lugar)
  • 05:12 - 05:19 Ciclismo de pista Perseg. por equipes fem. (dec. 5º lugar)
  • 05:19 - 05:26 Ciclismo de pista Perseg. por equipes fem. (dec. do bronze)
  • 05:20 - 07:20 Basquete Masculino (quartas de final)
  • 05:26 - 05:33 Ciclismo de pista Perseguição por equipes feminino (final)
  • 05:30 - 06:03 Boxe Peso mosca masculino (quartas de final)
  • 05:35 - 05:38 Ciclismo de pista Veloc. por equipes masc. (dec. 7º lugar)
  • 05:38 - 05:41 Ciclismo de pista Veloc. por equipes masc. (dec. 5º lugar)
  • 05:41 - 05:44 Ciclismo de pista Veloc. por equipes masc. (dec. do bronze)
  • 05:44 - 05:47 Ciclismo de pista Velocidade por equipes masculino (final)
  • 05:45 - 06:20 Ginástica artística Trave feminino (final)
  • 06:00 - 08:15 Escalada Masculino (qualificatória – bouldering)
  • 06:03 - 06:18 Boxe Peso pena masculino (semifinal)
  • 06:15 - 06:35 Lutas Greco-romana até 67kg masc. (semifinais)
  • 06:18 - 06:50 Boxe Peso leve masculino (quartas de final)
  • 06:20 - 07:40 Polo aquático Feminino (quartas de final)
  • 06:30 - 07:05 Ginástica artística Barra fixa masculino (final)
  • 06:35 - 06:55 Lutas Greco-romana até 87kg masc. (semifinais)
  • 06:50 - 07:05 Boxe Peso pesado masculino (semifinal)
  • 06:55 - 07:15 Lutas Livre até 62kg feminino (semifinais)
  • 07:00 - 08:45 Hóquei na grama Masculino (semifinal)
  • 07:00 - 10:00 Beisebol Masculino (fase eliminatória)
  • 07:00 - 10:45 Hipismo Saltos individual (eliminatórias)
  • 07:05 - 07:20 Boxe Peso meio-médio masculino (final)
  • 07:10 - 07:43 Atletismo 110m com barreiras masculino (elim.)
  • 07:15 - 09:28 Atletismo Arremesso de peso masculino (elim.)
  • 07:20 - 09:26 Atletismo Salto com vara masculino (final)
  • 07:30 - 07:50 Lutas Greco-romana até 77kg masc. (dec. bronze)
  • 07:30 - 09:00 Nado artístico Dueto (rotina técnica)
  • 07:30 - 10:30 Tênis de mesa Equipes femininas (semifinal)
  • 07:50 - 09:10 Polo aquático Feminino (quartas de final)
  • 07:50 - 09:40 Levantamento de peso Até 109kg masculino (grupo A – final)
  • 07:55 - 08:05 Lutas Greco-romana até 77kg masculino (final)
  • 08:00 - 08:35 Atletismo 5.000m masculino (eliminatórias)
  • 08:00 - 11:00 Futebol Masculino (semifinal)
  • 08:05 - 08:25 Lutas Greco-romana até 97kg masc. (dec. bronze)
  • 08:30 - 08:40 Lutas Greco-romana até 97kg masculino (final)
  • 08:35 - 09:45 Atletismo Lançamento de martelo feminino (final)
  • 08:45 - 10:45 Handebol Masculino (quartas de final)
  • 08:50 - 09:07 Atletismo 200m masculino (semifinais)
  • 08:55 - 09:15 Lutas Livre até 68kg feminino (dec. do bronze)
  • 09:00 - 09:50 Vôlei de praia Masculino ou feminino (quartas de final)
  • 09:00 - 11:00 Basquete Masculino (quartas de final)
  • 09:10 - 10:40 Escalada Masculino (qualificatória – lead)
  • 09:20 - 09:30 Lutas Livre até 68kg feminino (final)
  • 09:25 - 09:27 Atletismo 800m feminino (final)
  • 09:30 - 11:30 Vôlei Masculino (quartas de final)
  • 09:50 - 09:51 Atletismo 200m feminino (final)
  • 10:00 - 10:50 Vôlei de praia Masculino ou feminino (quartas de final)

Olimpíadas ao vivo: onde assistir

Os jogos das diferentes modalidades das Olimpíadas de Tóquio 2021 terão transmissão e você pode assistir ao vivo às partidas do Brasil e outras seleções pela Rede Globo na TV aberta, com BandSports e SporTV exibindo na televisão paga. 

+ Olimpíadas de Tóquio: confira calendário completo com dia e horário

Pela internet, a programação olímpica também pode ser vista online no Globoplay para assinantes Globoplay + Canais.

OLIMPÍADAS DE TÓQUIO: CONFIRA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Olimpíadas de Tóquio: brasileiras são eliminadas nos 200 metros rasos

Jogos Olímpicos
2021-08-01 23:08:00
Autor Gabriel Lopes
Foto do autor
Gabriel Lopes Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

As brasileiras Ana Carolina Azevedo e Vitória Rosa participaram na noite deste domingo, 1°, das baterias eliminatórias dos 200 metros rasos e não conseguiram avançar de fase na competição. Carolina ficou na quinta colocação de sua prova, com tempo de 23.20, a melhor marca da temporada para a atleta. Vitória, por sua vez, atingiu a marca de 23.59 e terminou na sexta posição.

Somente as três primeiras colocadas das provas avançaram para as semifinais. Marie-Josee Ta Lou (Costa do Marfim), Shaunae Miller-Uibo (Bahamas) e Nzubechi Grace Nwokocha (Nigéria) foram as classificadas da bateria de Ana Carolina.

Christine Mboma (Namíbia), Gabrielle Thomas (Estados Unidos) e Aminatou Seyni (Níger) se qualificaram na chave de Vitória Rosa.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Humanoides cestinhas e aspiradores poliglotas

2021-08-01 22:55:36
Autor
Tipo Crônica

Aconteceu o que tinha de acontecer. E eu venho aqui dar a triste notícia a quem segue estas crônicas, ultimamente um tanto tecnológicas. Wall-E, o nosso querido robô aspirador de estimação, morreu. Deixou o mundo das máquinas dias atrás, vítima da pandemia de falta de peças para o modelo dele, causada pela pandemia que esvaziou de mãos humanas algumas fábricas, por aí.

Devolvi à loja o corpinho chinês dele, todo lata, todo luzes, todo botões, todo fios e chips. Adeus, escravo tecnológico, que o deus da reciclagem te repare e te recondicione. Quem sabe, um dia, não vais limpar outras casas por aí?

Como estava no seguro, recebi de volta um outro, tinindo de novo. Última geração de robôs, pelo que me disse o vendedor. Limpa e lava, memoriza o mapa da casa, fala com você em seis línguas, e, depois do trabalho feito, manda relatório completo pelo telefone. Achou pouco?

A lista, quase infinita, de bondades da máquina derreteu os meus miolos. E o rapaz da loja terminou a explicação suado e com um esquisito brilho nos olhos. Pensei com meus botões: este robô é um monstro. Mas, fui para casa com a preciosidade no colo. E, confesso, com medo dele.

Desde então, já com seus tentáculos devidamente ligados à tomada e ao wi-fi, o bicho, que tem o nome de Roomba, anda a fazer gracinhas. Coisas de robôs estagiários, a ver se ganha de vez o posto, na vida do dono. Por exemplo, vez em quando, o poliglota solta frases inteiras em italiano.

Avisa que a roda está encravada e dá instruções de solução: “premere clean per fare repartire”. Muito bem, chega de luzinhas piscando, barulhinhos de avisos, mensagens ao telefone, pedidos para isso e para aquilo. Prevejo relações difíceis.

Exausta do Roomba, refugiei-me na transmissão das Olimpíadas de Tóquio. Bem poderia ter desconfiado, o programa não é ideal para quem deseja férias de tecnologias inteligentes. Mas, era domingo à tarde, botei os pés na mesa de centro da sala, pronta para o jogo de basquetebol entre França e Estados Unidos.

 

Cartaz do filme Wall-E(Foto: DIVULGAÇÃO)
Foto: DIVULGAÇÃO Cartaz do filme Wall-E

E teria sido uma partida e tanto se, no intervalo, não tivesse surgido na tela mais um primo distante do Roomba: um gigante japonês de dois metros de altura, que me lembrou o “Terminator”. A máquina humanoide e sua cabeça, pernas, pés, braços, mãos e dedos, entrou na arena e encestou, sem hesitar, bolas de basquete.

Se plateia houvesse, teria ido a delírio. Encafifada, fui procurar saber. O nome do bruto japonês é Cue (pronúncia fonética é kyü), o que poderia ser traduzido para o português como “sinal”.

O humanoide cestinha foi criado sob a inspiração do personagem principal de uma conhecida história em quadrinhos japonesa, o popular mangá Slam Dunk. A série conta a história de Hanamichi Sakuragi, um jovem chefe de gangue que, por amor, entra para um time de basquete, de uma escola secundária, no Japão.

O rapaz de cabelos vermelhos não sabe nada sabe do jogo, mas imagina que se treinar e acertar pelo menos 20 mil lances na cesta poderia ser suficiente para se tornar um craque. Coisas que os robôs inteligentes prometem fazer, mas só no futuro.

Um avô de Cue, modelo mais antigo feito pelos funcionários da Toyota, nem chegou perto da marca de Sakuragi, mas entrou para o livro dos recordes mundiais, para humanoides. Fez 2.020 lances livres consecutivos, numa performance de 6 horas e meia. Veja o trabalho que tem de fazer um fiscal do Guiness.

O número de lances recordes era já um piscar de olhos para os jogos que acontecem agora, no Japão. Sem a pandemia, teriam sido em 2.020. Isso tudo me deixa cismada, Roomba. Será que um dia vamos assistir olimpíadas de robôs, hein? Atletas de lata medindo força e inteligência, uns com os outros? E nós aplaudindo?

Este, por exemplo, só não se lança no basquete porque, apesar da habilidade com a cesta, é lento. Fosse jogar com gente de verdade, levava um olé. Mas, cérebros da informática são incansáveis. Este é já uma quinta versão. Razão do número 5, do 95 marcado no uniforme. O 9 tem a ver com o som do número 9, que na língua japonesa coincide com a fonética kyü.

E, assim, outras infinitas versões melhoradas de Cue preparam-se na sopa de reciclagem de robôs. Como o modelo do finado Wall-E, substituído por outro bem mais sabido. De volta ao manual de instruções, quem sabe eu também precise de um chip novo.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Resumo das modalidades já encerradas

Opinião
2021-08-01 22:53:35
Autor Marcelo Romano
Foto do autor
Marcelo Romano Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Chegamos à segunda e última semana da Olimpíada de Tóquio. Porém, algumas modalidades já tiveram suas competições finalizadas. Vamos a um resumo geral do que ocorreu em cada uma delas e avaliar a participação do Brasil.

Natação - Em piscinas foram 35 provas disputadas e 21 países conquistando medalhas. Os Estados Unidos levaram 11 ouros, contra 9 da Austrália e 4 da Grã-Bretanha. Os principais medalhistas foram o americano Caeleb Dressel com 5 ouros e a australiana Emma McKeon, com 4. Antes do início da Olimpíada, a expectativa brasileira era apenas uma medalha de Bruno Fratus nos 50 livres. Essa medalha ocorreu e a surpresa foi outro bronze de Fernando Scheffer nos 200 livres. O Brasil ainda teve Leo de Deus finalista nos 200 borboleta e Guilherme Costa nos 800 livres. Em relação a finais, a participação do Brasil podia ter sido melhor. 

Judô - Competindo em casa, esperava-se um domínio japonês. Mas foi além do esperado. De 15 ouros, os japoneses levaram 9. França e o pequeno Kosovo, dois. A surpresa foi a derrota japonesa para a França na prova por equipes. O Brasil piorou sua campanha em relação as duas últimas Olimpíadas. Em 2012 foram quatro medalhas, três em 2016 e agora apenas duas em 2020. Mayra Aguiar obteve seu terceiro bronze olímpico e Daniel Cargnin foi a boa surpresa com outro bronze.

Tiro com arco - Mais uma vez a grande potência da modalidade, Coreia do Sul, faturou 4 dos 5 ouros possíveis. A desconfiança de antes da Olimpíada de que o jovem time coreano feminino não suportaria a pressão não ocorreu. San An, de 20 anos, foi o grande destaque. Ela venceu o individual feminino, bateu o recorde olímpico na fase de classificação e ainda ajudou nas conquistas de duplas mistas e equipes. O Brasil obteve seu melhor resultado olímpico com Marcus D' Almeida terminando entre os 16.

Canoagem slalom - Nas quatro provas disputadas, quatro países diferentes foram ouro, todos que constavam entre os favoritos antes da competição: Benjamin Savsek, da Eslovênia e Jessica Fox, da Austrália ,no C1; Jiri Prskavec da República Tcheca e Ricarda Funk, da Alemanha, no K1. O Brasil tinha expectativa que Ana Satila brigasse por medalha nas duas provas femininas. Mas isso não ocorreu. Ela pegou final apenas no C1 e terminou em 10º lugar.

Esgrima - Como semprem muito equilíbrio na divisão das medalhas entre as principais potências do esporte. Apenas 13 países faturaram medalhas nas 12 provas disputadas. A Rússia foi o destaque com três ouros, todos no feminino. O Brasil contou com dois atletas e saiu sem nenhuma vitória. A campeã mundial Nathalie Moellhausen deu azar no sorteio e logo na estreia enfrentou e foi eliminada pela italiana Rossela Fiamingo, dona de dois títulos do mundo.

Remo - Nas 14 provas realizadas, a Nova Zelândia levou 3 ouros e a Austrália 2. Dezoito países faturaram medalhas. O Brasil só levou um atleta, mas ele conseguiu um resultado acima do esperado: Lucas Verthien no single skiff terminou entre os 12 melhores. O remo é um dos esportes que menos apresenta evolução no Brasil nos últimos 20 anos.

Rugby Sevens - Fiji, país de 880 mil habitantes, repetiu o histórico ouro de 2016 agora em 2020 no masculino e ainda levou bronze no feminino, vencido pela Nova Zelândia. O Brasil fez uma campanha pior do que o esperado no feminino. Terminou em penúltimo lugar com uma vitória sobre o Japão. O detalhe foi que sofreu 114 pontos em três jogos da fase de classificação, sendo massacrado por Canadá, França e Fiji.

Tiro - As competições terminam nesta segunda-feira; das 13 realizadas, 17 países foram medalhistas. Destaque para EUA e China com três. O Brasil teve um péssimo ciclo olímpico. Só classificou um atleta para Tóquio, Felipe Wu, que ficou longe de repetir o desempenho de 2016, quando foi medalhista de prata.

Surfe - A modalidade estreou em Tóquio e os favoritos foram os vencedores: o brasileiro Ítalo Ferreira e a americana Carissa Moore. A surpresa foi Gabriel Medina, líder do ranking mundial 2021, que terminou sem medalha.

Taekwondo - Um dos esportes mais democráticos do programa olímpico deu medalhas para 21 nações nas oito provas, incluindo Costa do Marfim, Jordânia e Macedônia do Norte. A pátria da modalidade, Coreia do Sul, terminou sem ouros, com uma prata e dois bronzes. A Rússia foi a única a obter dois ouros. O Brasil tinha três atletas que tinham sido medalhistas no mundial 2019, mas apenas Talisca Reis fez boa campanha e chegou a disputar o bronze, sem sucesso.

Tênis - O favorito no masculino Novak Djokovic foi um grande fiasco e terminou sem medalhas. Eliminado no individual, também não contribuiu com a Sérvia nas disputas de duplas, desistindo da decisão do bronze. Em cinco disputas de ouro, cinco países diferentes com campeões: Rússia, Croácia, República Tcheca, Suíça e Alemanha. O Brasil teve sua medalha mais inesperada no tênis. A dupla Laura Pigossi e Luisa Stefani entrou no torneio de duplas femininas com um convite na última semana antes do início, devido a desistências de outros países. E com uma campanha belíssima, com direito a várias viradas, terminaram com a medalha de bronze.

Triatlo - O destaque foi a vencedora do feminino, Flora Dufffy, com a primeira medalha de ouro da história de Bermudas. O Brasil disputou as provas masculina e feminina, mas nenhum atleta obteve posição entre os 20 melhores.

Ciclismo BMX race - Os brasileiros no masculino e feminino não eram cotados para terminar entre os oito melhores e isso ocorreu. No masculino, o campeão foi o holandês Niek Kiemmann, colecionador de medalhas em Copas do Mundo. No feminino, uma surpresa, com o ouro da britânica Beth Shriever. 

Ciclismo MTB - Uma das modalidades em que o Brasil poderia surpreender com a primeira medalha da história. Mas Henrique Avancini sequer terminou entre os 10 melhores. A Suíça levou ouro, prata e bronze no feminino. No masculino o britânico Tom Pidcock superou os favoritos holandeses e suíços.

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags