PUBLICIDADE
Olimpíadas
NOTÍCIA

Olimpíadas: onde e como surgiram os Jogos Olímpicos

A era moderna dos Jogos Olímpicos surgiu em 1896, em Atenas. Contudo, a tradição do evento é mais antiga e existe desde o século VIII a.C. Confira onde e como surgiram as Olimpíadas

21:33 | 19/07/2021
Ruínas do Templo de Zeus, em Olímpia, sede das Olimpíadas da Antiguidade; veja como e onde surgiram os Jogos Olímpicos (Foto: Gwendolen Tee / Creative Commons)
Ruínas do Templo de Zeus, em Olímpia, sede das Olimpíadas da Antiguidade; veja como e onde surgiram os Jogos Olímpicos (Foto: Gwendolen Tee / Creative Commons)

Os Jogos Olímpicos, no formato como conhecemos hoje, acontecem desde 1896, ano em que barão Pierre de Coubertin (1863–1937) organizou a primeira edição das Olimpíadas da era moderna em Atenas, na Grécia. No entanto, a origem do principal evento esportivo na atualidade vem do século VIII a.C., época em que as competições representavam um período de celebração da paz entre as cidades-Estados gregas, constantemente envolvidas em guerras e conflitos.

+ O que representa a Tocha Olímpica

+ Quanto custou as Olimpíadas de Tóquio

+ Olimpíadas de Tóquio: quais países participarão

+ Quais as modalidades terão nos Jogos Olímpicos

+ Quais as principais novidades destas Olimpíadas

+ Olimpíadas de Tóquio: quem são os favoritos

As Olimpíadas, na Antiguidade, tinham importância político-econômica e exaltavam o espírito de competição, como ocorre atualmente, mas diferem dos Jogos Olímpicos modernos pelo cunho religioso durante a realização dos eventos na Grécia. As competições eram celebradas no Templo de Zeus, em Olímpia, onde eram prestadas homenagens ao deus grego.

Apesar de não haver consenso sobre o ano de início das Olimpíadas, os registros mais antigos indicam que começaram em 776 a.C. e eram realizadas a cada quatro anos, assim como ocorre na atualidade. As celebrações duravam apenas cinco dias e contavam com diversas competições atléticas.

+ Como eram os Jogos Olímpicos da Antiguidade, que deram origem às Olimpíadas

+ Atenas-1896: a história da primeira edição das Olimpíadas da era moderna

Foram realizadas, pelo menos, 293 edições dos Jogos na Antiguidade. As competições entraram em declínio com o conflito cultural provocado após a região da Grécia Antiga ser dominada pelo Império Romano. As Olimpíadas foram abolidas em 393 d.C. pelo imperador romano Teodósio I, que extinguiu todas as festividades e cultos pagãos após se converter ao Cristianismo.

As Olimpíadas na Era moderna

No dia 6 de abril de 1896 começava em Atenas, na Grécia, a primeira edição dos Jogos Olímpicos da era moderna. Diante de um estádio com mais de 100 mil pessoas, o rei grego George I deu início à cerimônia de abertura da competição que se tornaria o principal evento poliesportivo do mundo.

Diferentemente do que ocorre na atualidade, em que milhares de atletas e mais de 200 países participam do evento, a Olimpíada de Atenas em 1896 contou com a participação de 241 atletas amadores e apenas 14 países. Mesmo com ideais em prol da educação, Coubertin era contra a participação feminina e também não apoiava a competição em esportes coletivos, o que motivou a proibição de mulheres e a escolha por modalidades individuais.

Considerada um marco na história dos Jogos Olímpicos modernos, a Olimpíada de Atenas-1896 durou apenas dez dias e contou com a realização de nove modalidades esportivas — atletismo, ciclismo, esgrima, ginástica, levantamento de peso, luta, natação, tênis e tiro esportivo — e 43 provas.

Olimpíadas de Tóquio: últimas notícias