PUBLICIDADE
Futebol

Junior reverte vantagem e elimina o Olimpia da Copa Libertadores

O Júnior Barranquilla segue vivo na Copa Libertadores da América. No início da madrugada dessa sexta-feira (horário de Brasília), os colombianos bateram o Olimpia por 3 a 1 no estádio Metropolitano Roberto Meléndez e conseguiram a margem de gols suficiente, já que haviam perdido em Assunção por 1 a 0 e também acabaram sendo vazados [?]

01:30 | 09/02/2018

O Júnior Barranquilla segue vivo na Copa Libertadores da América. No início da madrugada dessa sexta-feira (horário de Brasília), os colombianos bateram o Olimpia por 3 a 1 no estádio Metropolitano Roberto Meléndez e conseguiram a margem de gols suficiente, já que haviam perdido em Assunção por 1 a 0 e também acabaram sendo vazados em casa.

A derrota no duelo de ida diante dos paraguaios forçou o Junior a se lançar ao ataque diante de seu torcedor. A estratégia surtiu efeito aos 31 minutos, quando González abriu o placar de cabeça.

O baque veio no último lance do primeiro tempo. Camacho deixou tudo igual a colou o estádio em Barranquilla. Ciente de que a partir disso poderiam até perder por 2 a 1 que assegurariam a vaga, os paraguaios vibraram demais com o gol.

O problema do Olimpia foi suportar a pressão do Junior. Aos 13 minutos da etapa final, Ruiz voltou a colocar a equipe da casa em vantagem. A classificação ainda estava com os visitantes, mas, aos 35, Gutierrez, pouco antes de ser substituído, foi às redes, marcou o terceiro gol do Junior e jogou toda a pressão para cima do Olimpia na parte final do jogo.

A partida ficou tensa e dramática até o apito final. E não teve jeito para a tradicional equipe de Assunção. O Junior conseguiu reverter a vantagem, se segurar e fazer a festa com seu torcedor com a classificação garantida.

Na terceira fase da Copa Libertadores da América, os colombianos vão encarar outro time paraguaio, o Guaraní, que despachou o Carabobo. Quem avançar desse confronto a ser definido novamente em dois jogos vai para o grupo 8 do torneio, que tem Palmeiras, Boca Juniors e Alianza Lima.

Gazeta Esportiva

TAGS