Participamos do

Receita Federal apreende 16 kg de maconha "skunk" no aeroporto de Fortaleza

Droga é mais forte que a maconha regular e estava em mala de passageiro que vinha de Manaus. Apreensão foi realizada pela Receita Federal na manhã desta sexta, 25
12:18 | Mar. 25, 2022
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A Receita Federal apreendeu nesta sexta-feira, 25, uma carga com mais de 16 quilos (kg) maconha de alta concentração, conhecida por skunk. A ação aconteceu no Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza.

Segundo a Receita Federal do Brasil na 3ª Região Fiscal, a droga estava escondida na bagagem de um passageiro que chegou à Capital nesta manhã, vindo de Manaus (AM). O suspeito, de 18 anos, não teve a identidade revelada.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

A droga foi encontrada após servidores da Receita Federal desconfiarem do conteúdo de uma bagagem. Eles solicitaram, então, o auxílio de cães farejadores para identificar irregularidades.

Após a confirmação dos agentes caninos, o passageiro foi chamado para testemunhar a abertura da mala, onde estavam 14 pacotes da droga, em formato de tijolo. Ao todo, o carregamento somava 16,095 kg de skunk.

O dono da bagagem foi detido, e a droga apreendida pela Receita. Ele pode responder por tráfico de drogas.

Atualizada às 12h47min

Mais notícias de Segurança

ERRAMOS: A droga foi apreendida pela Receita Federal, e não como informado na primeira versão da matéria. 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Leia Mais.

Aceitar