Participamos do

Dois professores são denunciados por assédio sexual em Juazeiro do Norte

As denúncias surgiram há duas semanas e apontam atos cometidos contra alunas e alunos do colégio, que faz parte da rede estadual de educação. Seduc afirma que as medidas cabíveis estão sendo adotadas
12:00 | Mar. 24, 2022
Autor Marcela Tosi
Foto do autor
Marcela Tosi Repórter de Cotidiano
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Nessa quarta-feira, 23, estudantes da EEMTI Presidente Geisel, em Juazeiro do Norte, realizaram uma manifestação para denunciar casos de assédio sexual ocorridos dentro da escola. O ato aconteceu dentro da instituição, também conhecida como colégio Polivalente, e seguiu até a sede da Coordenadoria Regional de Desenvolvimento da Educação (Crede) 19, no bairro Santa Tereza.

Uma fonte ouvida pela rádio CBN Cariri informou que as denúncias surgiram há duas semanas. Dois professores são apontados como os autores dos assédios, cometidos contra alunas e alunos do colégio.

Em nota, a Secretaria da Educação (Seduc) informa que a diretoria da escola recebeu a denúncia. Além disso, a pasta garante que a Crede 19, responsável pelas escolas da região, está adotando as providências cabíveis. A orientação é para que os fatos sejam apurados dentro da legalidade, assegurando a proteção ao sigilo individual dos estudantes, que são menores de idade.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

A Secretaria afirma também que "as políticas de combate ao assédio e outras formas de violência estão sendo fortalecidas na escola". A gestão escolar foi orientada a conversar com as famílias e com os estudantes, que também são acompanhados por profissionais da área da Psicologia. 

Outros casos

Nos últimos dias, seis professores da rede estadual de ensino do Ceará foram afastados de suas funções pela Seduc. Os docentes são suspeitos de assediar alunas em escolas profissionalizantes localizadas em Fortaleza e no munícipio de Pedra Branca. Os supostos abusos foram denunciados pelos próprios estudantes em protestos realizados dentro das unidades de ensino.

Como denunciar

Casos de assédio em escolas da rede estadual podem ser registrados por meio da Ouvidoria da Seduc, pela Central 155, e através da autoridades legais.

Ministério Público do Ceará
E-mail: dignidadesexual@mpce.mp.br

Delegacia Eletrônica do Ceará (Deletron) - serviço 24h
Site: www.delegaciaeletronica.ce.gov.br

Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Ceará (SSPDS)
Disque-Denúncia: 181

Delegacia de Combate à Exploração da Criança e Adolescente (Dececa - Ceará)
Telefone: (85) 3101 2044

Defensoria Pública do Ceará (DPCE)
Telefone: (85) 3108 2986

Com informações do repórter Guilherme Carvalho/CBN Cariri

 

OUÇA O PODCAST VOO 168 BASTIDORES

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Leia Mais.

Aceitar