Participamos do

Fortaleza terá 80 mil doses de vacina no 1º lote; veja quem será vacinado

Os primeiros vacinados serão profissionais da linha de frente do combate à pandemia
15:51 | Jan. 18, 2021
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Fortaleza receberá 80 mil doses de vacina contra Covid-19 no Ceará, das 229.200 doses que serão destinadas ao Ceará. Serão 40 mil pessoas vacinadas no primeiro momento. As doses deveriam ter chegado às 13h15min, mas houve atraso. A previsão agora é para 17 horas desta segunda-feira, 18 de janeiro (18/01). O transporte é feito em voo da Força Aérea Brasileira (FAB). Os primeiros vacinados serão profissionais da linha de frente do combate à pandemia. Quando a vacina chegar, a comitiva seguirá diretamente para o Hospital Leonardo da Vinci, onde ocorrerá a primeira vacinação no Ceará.

FIQUE POR DENTRO | Confira aqui o que se sabe até agora sobre a vacinação no Estado

A vacinação em Fortaleza começará pelos profissionais de saúde que trabalham nas UTIs, em seguida os trabalhadores que fazem o transporte desses pacientes. A seguir, profissionais das UPAs, emergências, os vacinadores e, na sequência, trabalhadores dos laboratórios, centros de coleta e testagem, profissionais de Saúde da Família, e depois médicos, enfermeiros e dentistas em geral.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Em um segundo momento, quando houver mais doses, vão vacinar idosos em casa. Essas vacinas serão agendadas.

Semana que vem vão lançar uma opção no app Mais Saúde Fortaleza. O agendamento também poderá ser feito pelo site Vacine Já.

Esse primeiro lote de vacina cobre 34% da meta da primeira fase no Ceará. Serão priorizados trabalhadores de UTI. Na sequência, trabalhadores de emergências, outros trabalhadores da saúde, idosos de instituições de longa permanência (antigamente chamadas de asilos) e aqueles com mais de 87 anos.

As vacinas que chegarem a Fortaleza serão enviadas para 20 municípios, de onde serão distribuídos nas regiões. Veja lista dos primeiros a receber vacinas.

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, realizou solenidade na manhã desta segunda-feira, 18, em São Paulo para encaminhar as vacinas contra Covid-19 aos estados brasileiros. As 6 milhões de doses serão distribuídas entre os estados. Pazuello informou que hoje, a partir das 17 horas, começa a vacinação nas capitais. Em princípio, a vacinação estava prevista para quarta-feira, às 10 horas.

Segundo o Ministério da Saúde, são 186.720 doses no Ceará para público geral e mais 42.480 separadas para população indígena. A soma dá 229.200 doses. A Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) estimou 218 mil doses. A chegada das vacinas ao Ceará está prevista para 13h15min.

As doses no Ceará, segundo o Ministério, serão divididas assim:

Pessoas com 60 anos ou mais vivendo em instituições de longa permanência: 2.393

Pessoas com deficiência vivendo em instituições de longa permanência: 132

População indígena vivendo em terras indígenas: 20.250

Trabalhadores de saúde: 86.360

Cada pessoa receberá duas doses.

Veja a ordem de vacinação contra a Covid-19 no Ceará, que deve começar na quarta

O Ministério da Saúde enviará ao Ceará 2,88 toneladas de material, em 96 volumes, de 2,88 toneladas, segundo a Sesa. É o oitavo maior carregamento do País, proporcional à população do Estado. O material chega ao Ceará em avião da Força Aérea Brasileira (FAB). O material será enviado aos municípios em rotas aéreas, de avião e helicóptero, e terrestre.

Em Fortaleza, a vacinação começará por profissionais de saúde da linha de frente.

Locais de vacinação

De acordo com o Plano Municipal de Imunização, primeiramente os locais de vacinação na Capital serão "Estádios Presidente Vargas, Bom Jardim e Castelão, Ginásios Paulo Sarasate, Aécio de Borba e Parangaba, CUCA Jangurussu, CUCA Mondubim, CUCA José Walter, CUCA Barra do Ceará, Campus Universitários (UNIFOR, UECE, UFC, UNICHRISTUS e UNIFAMETRO), Centro de Eventos, Policlínicas (finais de semana), Cambeba, Academia de Professores".

Vacinas aprovadas

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou, por unanimidade, nesse domingo, 17, o uso emergencial das duas primeiras vacinas no Brasil contra Covid-19. Tiveram aprovação a CoronaVac, desenvolvida pela empresa chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, e da vacina de Oxford, desenvolvida pela AstraZeneca e pela Universidade de Oxford, com acordo para ser fabricada pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Instantes após a aprovação, a primeira pessoa foi vacinada no Brasil. Mônica Calazans, 54 anos, recebeu a vacina em São Paulo. Ela trabalha na UTI do Instituto de Infectologia Emílio Ribas, em São Paulo, e foi escolhida pelo Butantan para ser imunizada neste domingo, 17, a dose da Coronavac.

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, informou que a previsão é de a vacinação começar nacionalmente na quarta-feira, 20, às 10 horas, dentro do Plano Nacional de Imunização. O País tem até o momento 6 milhões de doses.

Veja a ordem de vacinação contra a Covid-19 no Ceará, que deve começar na quarta

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags