Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Projeto em Sobral é finalista de prêmio nacional de arquitetura

Criado pelo estúdio Rede Arquitetos, condomínio tem casas e um edifício de uso misto; vencedores da premiação, promovida pelo Instituto Tomie Ohtake e pela AkzoNobel, serão anunciados em 2022

Um projeto cearense está entre os finalistas do prêmio nacional de arquitetura do Instituto Tomie Ohtake. A obra fica em Sobral, na região Norte do Estado.

Chamado MBV2, o projeto é um condomínio com casas e um edifício de uso misto. A concepção é do estúdio Rede Arquitetos, de Fortaleza.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Visualmente, o destaque está nas linhas retas e nos espelhamentos. O projeto abriga uma série de casas com planta baixa idêntica, agrupadas em pares espelhados, e, em um dos lados, há um prédio com apartamentos.

A premiação é organizada anualmente pelo Instituto Tomie Ohtake, em parceria com a fabricante de materiais de construção AkzoNobel. São selecionados projetos criados por estúdios e arquitetos brasileiros, e a implementação das obras pode ser em qualquer lugar do país ou no exterior. Entre os mais de 178 inscritos, só 13 foram selecionados, com um único representante cearense.

Os finalistas, incluindo o projeto da Rede Arquitetos em Sobral, foram divulgados nessa quinta-feira, 4. Para o primeiro semestre de 2022 está programada a cerimônia de premiação, que contará também com exposição dos projetos selecionados, na sede do Instituto, em São Paulo (SP).

Mais notícias do Ceará

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar