PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Xuxa diz que acesso de DJ Ivis a defesa criminal é "regalia"

Em publicação no Instagram nesta quinta-feira, 15, ela perguntou se os advogados do DJ têm filhas ou irmãs e se "existe justificativa para tanta covardia", ainda se referindo ao direito de defesa

18:11 | 15/07/2021
Ela acrescentou que "se não cobrarmos algo a mais", além da prisão do DJ, "ficará por isso mesmo" (Foto: Divulgação)
Ela acrescentou que "se não cobrarmos algo a mais", além da prisão do DJ, "ficará por isso mesmo" (Foto: Divulgação)

A apresentadora Xuxa Meneghel, de 58 anos, questionou o direito a defesa criminal e “regalias” de Ivis Araújo, preso por agredir a esposa Pamella Holanda. Em publicação no Instagram nesta quinta-feira, 15, ela perguntou se os advogados do DJ têm filhas ou irmãs e se “existe justificativa para tanta covardia”, ainda se referindo à existência de defesa.

Em sua declaração, Xuxa afirmou que “tem muita gente que não fez nada ou muito pouco e está apodrecendo na cadeia”, enquanto Ivis tem acesso a “regalias”, como a defesa criminal e cuidados. “Se ele tiver regalias nunca vão parar com agressões com mulheres”, escreveu.

A artista tomou conhecimento do encarceramento de pessoas que “fizeram nada ou muito pouco” enquanto pesquisava sobre o assunto após ser repudiada por afirmar seu apoio à ideia de testar vacinas e remédios em pessoas condenadas e cumprindo pena em vez de em animais. Ela se desculpou pela fala em 27 de março último.

Nos comentários da publicação feita hoje, uma pessoa destacou que a defesa criminal é direito de todo ser humano. Xuxa respondeu que “deveriam não aceitar” e questionou se “mesmo um monstro” deve ter esse direito. Outro usuário indagou sobre a permanência de Ivis na prisão “com nossa justiça falha”. A artista acrescentou que “se não cobrarmos algo a mais”, além da prisão do DJ, “ficará por isso mesmo e ele ganhará mais seguidores”.

Xuxa respondeu a comentários na publicação
Xuxa respondeu a comentários na publicação (Foto: Reprodução)

O caso

Ivis Araújo foi preso no fim da tarde dessa quarta-feira, 14, três dias após a divulgação dos vídeos em que aparece agredindo sua ex-esposa, Pamella Holanda. O músico é investigado pelo crime de lesão corporal. Imagens que mostram uma das agressões sofridas pela arquiteta vieram a público no fim de semana anterior. Inicialmente, a Polícia informou que não realizou a prisão em flagrante por que o Boletim de Ocorrência (B.O) do caso foi registrado pela vítima somente dois dias após as agressões.

Apesar das agressões comprovadas, Ivis ganhou seguidores nas redes sociais. Desde a divulgação dos vídeos comprobatórios, ele já ganhou mais de 220 mil seguidores no Instagram. Em apenas uma hora, passou de 729 mil para 780 mil. Agora, já tem 965 mil seguidores, 216 mil a mais que antes da divulgação das imagens em que aparece batendo na esposa.