PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

"O que eu mais quero é que ele seja preso", diz mãe de Lázaro Barbosa, suspeito de crimes em série

Uma força-tarefa policial procura Lázaro há 10 dias. Ele é suspeito de crimes em série na Bahia, Goiás e Distrito Federal

09:29 | 18/06/2021
Lázaro Barbosa, suspeito de chacina contra família, continua foragido e cometendo crimes pela região  (Foto: Reprodução/Polícia Civil DF e GO)
Lázaro Barbosa, suspeito de chacina contra família, continua foragido e cometendo crimes pela região (Foto: Reprodução/Polícia Civil DF e GO)

Eva Maria de Souza, mãe de Lázaro Barbosa, 32, apelou pela prisão do filho. "O que eu mais quero é que ele seja preso, para ele esclarecer todas as verdades", disse em entrevista feita ao BATV, programa da TV Bahia, nessa quinta-feira, 17.

Uma força-tarefa policial procura Lázaro há 10 dias. Após tiroteio nessa quinta-feira, 17, ele conseguiu fugir novamente da Polícia e pode estar ferido. O homem é suspeito de crimes em série na Bahia, Goiás e Distrito Federal. Para a mãe, o filho de fato cometeu os crimes já confirmados pela Polícia.

"Eu acredito naquilo que tem certeza, que teve digital, como lá na casa, que pegaram a digital dele, aí sim tenho certeza", contou.

No entanto, Eva acredita que Lázaro possa estar sendo "perturbado" e que "o que está acontecendo não foi coisa que veio da mente dele". Ela não vê o filho há dois anos.

"Isso é uma coisa que perturba ele, depois da perturbação sai, aí é a hora do arrependimento. Eu acho assim, que é um demônio, um demônio que perturba ele. Tem mais de dois anos que eu não o vejo", relatou.

Lázaro é procurado desde 9 de junho, após invadir a casa de uma família e matar um casal e seus dois filhos a tiros e facadas. 

Nos últimos dias, ele deixou um rastro de violência por onde passou. Em um dos crimes, deixou três pessoas baleadas e, na terça-feira, 15, um policial que atuava nas buscas foi atingido com um tiro de raspão no rosto.