PUBLICIDADE
Olimpíadas
NOTÍCIA

Resultados do Brasil na Olimpíada dia 3: prata no skate, surfe em alta e emoção no vôlei

O POVO faz o balanço dos resultados dos brasileiros no dia 3 das Olimpíadas de Tóquio, equivalente à noite de domingo, 25, até a manhã desta segunda-feira, 26

Lucas Mota
13:06 | 26/07/2021
Brasil e Argentina se enfrentaram na segunda rodada do vôlei masculino em Tóquio (Foto: Yuri Cortez / AFP)
Brasil e Argentina se enfrentaram na segunda rodada do vôlei masculino em Tóquio (Foto: Yuri Cortez / AFP)

Medalha de prata no skate, domínio no vôlei de praia e de quadra, surfe na briga por pódio com participação de cearense e atuação histórica no badminton. O POVO faz o balanço dos resultados dos brasileiros no dia 3 das Olimpíadas de Tóquio, equivalente à noite de domingo, 25, até a manhã desta segunda-feira, 26.

"Enquanto você dormia dia 2": primeiras medalhas do Brasil, 100% no vôlei e no surfe e recorde

O Brasil também teve resultados negativos no dia 3. A equipe brasileira acumulou eliminações em esportes de luta, como o boxe, taekwondo e judô. Na natação, o time tupiniquim não conseguiu a medalha no revezamento 4x100m, mas garantiu classificação para a final em prova individual.

Veja o quadro de medalhas atualizado: China lidera

Brilha, Fadinha!
Com apenas 13 anos, Rayssa Leal, a Fadinha, conquistou a medalha de prata na modalidade de street no skate feminino. A maranhense se tornou a brasileira mais jovem a subir no pódio em uma edição de Olimpíada. No dia 2, o skate também subiu ao pódio com Kelvin Hoefler.

+ Prata na Olimpíada, Rayssa Leal cita sonho realizado e Leticia Bufoni: "Minha inspiração"

Surfe na briga por medalha com cearense
Forte candidato a medalhas, o Time Brasil segue na briga por pódio no surfe. A cearense Silvana Lima é a única representante brasileira nas quartas de final na modalidade feminina. No masculino, Gabriel Medina e Ítalo Ferreira avançaram.

+ Amigos e familiares se reúnem em Paracuru para torcer por Silvana Lima; veja vídeos

Com jogo emocionante, vôlei segue com 100% de aproveitamento
No dia 3 de Olimpíada, o vôlei venceu os jogos na quadra e na praia. A dupla Ana Patrícia e Rebecca estrearam com vitórias sobre as quenianas Makokha a Khadambi. Na quadra, a seleção masculina bateu a Argentina em jogo emocionante decidido no tie-break. Até agora, o Time Brasil não perdeu nenhuma partida nos Jogos Olímpicos.

Dia histórico no badminton
Ygor Coelho conquistou a primeira vitória do Brasil na história do badminton em Jogos Olímpicos. O carioca, de 24 anos, superou Georges Julien Paul, das Ilhas Maurício, por 2 a 0.

Natação: derrota em final no revezamento e classificação para decisão em prova individual
O Brasil ficou na última colocação na final do revezamento 4x100m livres da natação. A equipe dos Estados Unidos ficou com o ouro. Na prova individual dos 200m livres, Fernando Scheffer se classificou para a decisão.

Cearense no triatlo
Cearense Manoel Messias terminou prova de triatlo em 28º e dá adeus a Tóquio 2020. Manoel Messias tem 24 anos, nasceu em Fortaleza, é campeão do Campeonato Pan-americano de Triathlon 2019, tendo sido o único triatleta homem a representar o Brasil nos Jogos Olímpicos do Japão.

Brasileira perde disputa por bronze no taekwondo
Milena Titoneli ficou em quarto lugar na categoria até 67 kg no taekwondo. Ela perdeu a disputa da medalha de bronze para Ruth Gbagbi, da Costa do Marfim.

Boxeadora eliminada nas oitavas
Jucielen Romeu perdeu para a britânica Karris Artinsgstall nas oitavas de final da categoria até 57 kg do boxe. A adversária venceu por 5 a 0. Na modalidade, não há repescagem e a atleta deu adeus a sua primeira Olimpíada.

Clique na imagem para abrir a galeria

Derrota no judô
Um dia após a conquista de bronze de Daniel Cargnin, o judoca Eduardo Katsuhiro foi eliminado na primeira rodada, na madrugada deste domingo, para o francês Gillaume Chaine.

Sem medalha no ciclismo
O ciclista brasileiro Henrique Avancini ficou em 13º lugar na competição de Mountain Bike nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Ele liderou a corrida no começo, mas não conseguiu manter o ritmo.

Situação complicada do Brasil no handebol masculino
A Seleção Brasileira masculina de handebol sofreu sua segunda derrota nas Olimpíadas nesta noite de domingo. O adversário da vez foi a forte seleção da França, que venceu por 34 a 29.

Robert Scheidt sobe posições
O brasileiro teve um dia de recuperação na disputa da classe laser da vela dos Jogos Olímpicos. O veterano ganhou três posições na classificação geral em relação ao dia anterior, passando de 11° para o oitavo lugar nesta segunda-feira.