PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Clássico-Rei na Copa do Brasil: desfalques, dúvidas e prováveis escalações para segundo jogo

Vovô e Leão têm 90 minutos para decidir na noite desta quinta-feira, 10, no Castelão, quem avançará na competição milionária e ficará com a cota de R$ 2,7 milhões

Lucas Mota
14:59 | 09/06/2021
Vina e David, dois dos principais jogadores de Ceará e Fortaleza, disputam bola na partida de ida na Copa do Brasil (Foto: Aurelio Alves)
Vina e David, dois dos principais jogadores de Ceará e Fortaleza, disputam bola na partida de ida na Copa do Brasil (Foto: Aurelio Alves)

Noventa minutos separam a glória e a frustração, a vaga nas oitavas de final e a eliminação e R$ 2,7 milhões nos cofres de cota da classificação. Ceará e Fortaleza decidem nesta quinta-feira, 10, às 21h30min, no Castelão, quem cruzará a linha para a próxima fase da Copa do Brasil e quem ficará pelo caminho com derrota dura para o maior rival no inédito e histórico duelo.

A principal rivalidade do futebol cearense definirá mais um capítulo - o mais valioso - da história centenária do Clássico-Rei. No primeiro encontro na semana passada, Fortaleza e Ceará ficaram no empate em 1 a 1, com gols dos centroavantes Wellington Paulista e Cléber, deixando totalmente em aberto a classificação para o segundo jogo. Nesta quinta, quem vencer a partida carimba a vaga para as oitavas de final. Nova igualdade no placar obriga as penalidades.

Vovô e Leão chegam para o confronto decisivo em momentos distintos na temporada. O Tricolor do Pici está embalado desde a chegada do técnico Juan Pablo Vojvoda, invicto após oito jogos, incluindo vitória sobre o maior rival no Estadual, triunfo de virada sobre o Atlético-MG fora de casa e goleada por 5 a 1 diante do Internacional.

O Alvinegro do Porangabuçu vive período de irregularidade, marcado por tropeços nos momentos decisivos, como as perdas dos títulos da Copa do Nordeste e do Campeonato Cearense e a eliminação na Sul-Americana. Vina e companhia chegam para o Clássico-Rei após perder na Série A para o Santos, na Vila Belmiro, e engasgado com o maior rival. Depois de quatro embates, o Vovô não venceu o Leão - são uma derrota e três empates.

Em meio ao momento de instabilidade, aumentam as críticas da torcida sobre o técnico Guto Ferreira pela queda de produtividade do time e Vina pelas atuações abaixo da expectativa. Apesar disso, Gordiola ostenta 57% de aproveitamento na temporada de 2021, enquanto o meia é o jogador com mais participações diretas em gols do elenco ao lado de Saulo Mineiro.

Já o Fortaleza passa por fase de confiança após o início turbulento na temporada com Enderson Moreira. Vojvoda conseguiu recuperar a intensidade da equipe e acrescentou novos conceitos. No 3-5-2, o Leão tem mostrado uma versão competitiva até agora no curto período do trabalho do argentino, que completa um mês no cargo justamente nesta quinta.

Os dois times têm dúvidas importantes na escalação. No Tricolor, Vojvoda não poderá contar com Marcelo Benevenuto, que já disputou a Copa do Brasil pelo Botafogo. Três candidatos entram forte pela disputa da vaga aberta: Bruno Melo, Matheus Jussa e Juan Pablo Quintero. Na ala esquerda, o treinador precisará decidir entre Lucas Crispim e Luiz Henrique. No ataque, serão escolhidos dois de três nomes disponíveis: David, Robson e Wellington Paulista.

+ Wellington Paulista é o maior artilheiro do Clássico-Rei dos elencos atuais de Ceará e Fortaleza

Após a liberação parcial de efeito suspensivo ao Ceará por parte do STJD, Mendoza se tornou opção para Guto Ferreira. O meia era desfalque junto com Gabriel Dias e Jael, apenados na justiça desportiva devido à briga na final da Copa do Nordeste. Lateral-direito e atacantes só estarão liberados pela liminar após cumprirem o segundo jogo da pena.

Ainda desfalca o Alvinegro o zagueiro Messias, pois disputou a Copa do Brasil pelo América-MG. Em recuperação de lesões, Pedro Naressi e Luiz Otávio devem ficar de fora.

Desta forma, Guto terá a defesa formada por pelo menos três reservas. No meio, Gordiola pode usar dois ou três volantes na equipe titular. Lima deve voltar ao time titular em uma das pontas. O outro extremo está entre Sobral, Saulo Mineiro, Rick e Mendoza.

Ficha técnica

Ceará
4-2-3-1: Richard; Buiú, Klaus, Jordan e Bruno Pacheco; Oliveira (Saulo Mineiro) e Charles; Fernando Sobral (Lima), Vina e Mendoza (Saulo Mineiro); Cléber. Téc: Guto Ferreira

Fortaleza
3-5-2: Felipe Alves; Tinga, Quintero (Bruno Melo) e Titi; Pikachu, Éderson, Matheus Jussa (Felipe), Lucas Crispim e Matheus Vargas; David e Wellington Paulista (Robson). Téc: Juan Pablo Vojvoda

Data: 10/6/2021
Horário: 21h30min
Local: Castelão-CE
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo-RJ (Fifa)
Assistentes: Michael Correia-RJ e Carlos Henrique Alves de Lima Filho-RJ
Transmissão: Premiere, SporTV e Rádio O POVO CBN