PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Presidente da Uefa descarta uso do VAR na Liga dos Campeões

Uma parceria entre a Liga dos Campeões e o árbitro de vídeo não deve ser firmada ao menos na próxima temporada. Provável novidade para a Copa do Mundo e recurso utilizado para testes em alguns campeonatos europeus, o VAR foi descartado pelo presidente da Uefa, Aleksander Ceferin, durante o 42º congresso da entidade realizado em [?]

13:15 | 26/02/2018

Uma parceria entre a Liga dos Campeões e o árbitro de vídeo não deve ser firmada ao menos na próxima temporada. Provável novidade para a Copa do Mundo e recurso utilizado para testes em alguns campeonatos europeus, o VAR foi descartado pelo presidente da Uefa, Aleksander Ceferin, durante o 42º congresso da entidade realizado em Bratislava, na Eslováquia.

?Acredito que o VAR seja utilizado na Copa. Porém, garanto que não vamos usá-lo na Liga dos Campeões da próxima temporada?, disse o dirigente. ?Não sou contra, mas temos de formar os árbitros corretamente, não podemos nos precipitar. Ninguém sabe exatamente como funciona. Por isso, vamos ver o que acontece no Mundial e depois decidiremos?, concluiu Ceferin.

Além das decisões sobre o árbitro de vídeo, foi revelada no evento a nova premiação para a Eurocopa de 2020. A Uefa repartirá 371 milhões de euros (cerca de R$ 1,4 bilhão) entre as 24 seleções classificadas. Com os novos valores, o campeão deve embolsar 34 milhões de euros (aproximadamente R$ 135 milhões), quantia superior aos 27 (cerca de R$ 107 milhões) pagos na edição de 2016, na França, que terminou com o título de Portugal.

Outro tema do evento realizado na Eslováquia foi a aprovação do balanço financeiro e administrativo de 2016/2017, assim como o orçamento para o ciclo 2018/2019. Outro objetivo da entidade que toma conta do maior equilíbrio entre as equipes do futebol europeu também foi discutido.

?Temos o desafio de redistribuir receitas. Não podemos prometer a lua e não sou um vendedor de sonhos, nem um político, assim como a Uefa não é um banco, há muitos na Suíça. Somos uma associação de associações cujo primeiro objetivo é promover o desenvolvimento do futebol europeu e vamos lutar com unhas e dentes para introduzir medidas que tragam equilíbrio?, analisou Aleksander Ceferin.

Gazeta Esportiva

TAGS