PUBLICIDADE
Futebol

Estrela Vermelha e CSKA ficam no zero pela segunda rodada da Liga Europa

Recebendo o CSKA Moscou pelo jogo de ida da segunda fase da Liga Europa nesta terça-feira, o Estrela Vermelha não saiu do zero contra os rivais no estádio Rajko Mitic, em Belgrado, capital da Sérvia. O confronto foi bastante equilibrado, com os russos tendo um domínio maior no primeiro tempo, enquanto os anfitriões acabaram superiores […]

16:15 | 13/02/2018

Recebendo o CSKA Moscou pelo jogo de ida da segunda fase da Liga Europa nesta terça-feira, o Estrela Vermelha não saiu do zero contra os rivais no estádio Rajko Mitic, em Belgrado, capital da Sérvia. O confronto foi bastante equilibrado, com os russos tendo um domínio maior no primeiro tempo, enquanto os anfitriões acabaram superiores na etapa complementar, entretanto, faltou a ambos um capricho maior nas conclusões a gol.

Terceiro colocado do Grupo A da Liga dos Campeões, o CSKA Moscou acabou se transferindo à Liga Europa com a não classificação ao mata-mata do principal torneio de clubes do continente. Já o Estrela Vermelha avançou para a segunda fase da competição após terminar em segundo lugar do Grupo H, atrás do Arsenal.

CSKA e Estrela Vermelha voltam a se enfrentar pela segunda fase da Liga Europa no próximo dia 21 de fevereiro, quarta-feira, na Arena CSKA, na capital russa. Quem vencer, se classifica consequentemente às oitavas de final do torneio.

O jogo – O CSKA não demorou para levar perigo à meta dos donos da casa. Logo aos dez minutos o brasileiro Vitinho, ex-Botafogo e Internacional, iludiu a marcação e saiu na cara do gol, porém, ao finalizar, acabou tendo seu chute defendido por Borjan. O Estrela Vermelha só foi responder aos 21, quando Nabouhane soltou um petardo em cobrança de falta, tirando tinta do travessão dos russos.

Passados os primeiros minutos, ambas as equipes se fecharam mais e dificultaram a vida dos rivais na busca por jogadas de perigo. Tentando atacar pelos lados, o CSKA Moscou esbarrava no bom sistema defensivo dos donos da casa, que, por sua vez, tinham dificuldades para fazer jus ao mando de campo e irem para o intervalo com a vantagem no marcador. Em meio ao frio de 2ºC em Belgrado, na Sérvia, Kuchaev, sem querer, quase surpreendeu o goleiro do Estrela Vermelha antes dos acréscimos, porém, o seu cruzamento fechado acabou saindo pela linha de fundo, raspando o travessão.

Por conta da fumaça dos sinalizadores acendidos nas arquibancadas, o segundo tempo começou com os jogadores lutando para enxergar alguma coisa em campo. Aproveitando a falta de visibilidade, o Estrela Vermelha por pouco não abriu o placar aos quatro minutos, quando Le Tallec recebeu cruzamento na medida dentro da área e bateu de primeira, exigindo grande defesa de Akinfeev.

Já aos 16 minutos foi a vez de Nabouhane chegar com perigo à meta do CSKA, novamente através de uma bola alçada na área. Posicionado na marca do pênalti, o jogador acabou cabeceando à direita do goleiro Akinfeev, que apenas acompanhou a bola sair pela linha de fundo. Daí em diante, nenhum dos times conseguiu chegar com consistência à meta adversária, e a partida acabou terminando com o empate em 0 a 0.

 

Gazeta Esportiva