PUBLICIDADE
Coronavírus
Noticia

Maranguape entra em lockdown a partir de sábado

O anúncio foi realizado pelo prefeito da cidade, Átila Câmara (Solidariedade), ainda nessa quinta-feira, 4

Gabriela Almeida
20:41 | 05/03/2021
Hospital Municipal Doutor Argeu Braga Herbster: limite máximo de ocupação (Foto: Thais MesquisTa/OPOVO)
Hospital Municipal Doutor Argeu Braga Herbster: limite máximo de ocupação (Foto: Thais MesquisTa/OPOVO)

O município de Maranguape, localizado a 26,6 quilômetros de Fortaleza, vai adotar medidas mais rígidas de isolamento social, o chamado lockdown, entre sábado, 6, até o dia 19 deste mês. O anúncio foi realizado pelo prefeito da cidade, Átila Câmara (Solidariedade), ainda nessa quinta-feira, 4, por meio de vídeo transmitido em suas redes sociais.

O pronunciamento ocorreu um dia após o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), ter decretado lockdown em Fortaleza, recomendando que todos os demais municípios que se encontrassem em nível de alerta altíssimo de casos de Covid-19 adotassem a medida. De acordo com o prefeito, esse é o caso de Maranguape, cujo atendimento em unidades médicas se encontra no "limite".

Por esse motivo, o gestor se reuniu com especialistas e comerciantes para analisar números da pandemia e decidiu seguir com recomendação feita pelo governador. "Nós sabemos que é uma medida dura, mas ao meu ver, é a única medida que pode ser tomada. (...) Nós estamos vendo que a circulação de pessoas tem aumentado os casos (da doença)", destacou o gestor.

| LEIA MAIS |

No bairro José Walter, lojas esportivas e de material eletrônico descumprem decreto de lockdown

Agricultor de 89 anos dança "hino da vacina" após receber imunizante contra Covid-19

MP recomenda garantia de abastecimento de oxigênio nas unidades de saúde de Caucaia e Orós

Átila afirma ainda que a determinação segue as mesmas regras que foram impostas para Fortaleza. Dessa maneira, fica proibido na cidade o funcionamento de serviços considerados não essenciais, como bares, restaurantes e cinemas, assim como fica desautorizado a circulação de pessoas- desde que elas tenham e justifiquem a necessidade de locomoção. 

Em paralelo ao anúncio da adoção de medidas mais rígidas, o gestor também informou ações que seriam tomadas para auxiliar quem teve renda prejudicada. Uma delas é a antecipação da entrega do chamado "Cartão Amor", que vale 100 reais e será destinado para famílias mais vulneráveis consumirem no comércio local. Além disso, artistas que estão sem trabalhar vão receber um auxílio da prefeitura no valor de 150 R$.

No monitoramento realizado pela Secretaria de Saúde (Sesa) e publicado na plataforma IntegraSUS, até às 15h03min desta sexta-feira, 5, Maranguape se encontrava com 100% dos seus leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) ocupados por pacientes com Covid-19.

Confira pronunciamento:

Lockdown em Fortaleza

Fortaleza entrou em 14 dias de lockdown a partir de sexta-feira, 5 de março (05/03). Na quinta, 4, o decreto com as regras sobre o que funciona na Cidade foi divulgado. O isolamento social rígido vale a partir de sexta-feira, 5 de março (05/03) até 18 de março (18/03).

Veja as regras para as várias atividades:

Entenda o novo lockdown decretado em Fortaleza

O lockdown em Fortaleza começa a partir da meia-noite (0 hora) de sexta-feira, 5. É a segunda vez que o confinamento é adotado na capital cearense. A medida foi anunciada na noite de quarta-feira, 4, em pronunciamento nas redes sociais, pelo governador Camilo Santana (PT) ao lado de José Sarto (PDT), prefeito da cidade, e do secretário da Saúde do Estado, Dr. Cabeto.

No novo decreto, os setores da indústria e da construção civil foram considerados essenciais pelo Governo do Estado e, portanto, não devem ter as atividades interrompidas. Durante o período, a serem mantidas as regras anteriores, academias e igrejas não podem abrir ao público. Serviços e estabelecimentos poderão funcionar desde que exclusivamente por serviço de entrega, inclusive por aplicativo.

A medida ocorre após a imposição de dois toques de recolher. O primeiro limitou a circulação entre 22h e 5 h em todo o Estado. Depois, as autoridades estaduais ampliaram a restrição para o período de 20h às 5h, durante a semana. Aos fins de semana, a proibição começava mais cedo.

Apesar do lockdown em Fortaleza, também adotado por outros municípios, todo o Estado segue sob o decreto que impõe toque de recolher, reduz o horário de funcionamento de estabelecimentos e limita a circulação nos espaços públicos.

Vídeos sobre o lockdown em Fortaleza

Mais sobre lockdown