Participamos do

Manifestação de 12 de setembro contra Bolsonaro: últimas notícias de hoje, 12

A intenção dos novos atos é fazer uma ampla frente de oposição e pressionar pelo impeachment do chefe do Executivo nacional
16:52 | Set. 12, 2021
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

As manifestações contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) marcadas para o próximo domingo, 12,  se aproximam e deve reunir partidos de espectros políticos diversos em Fortaleza. A intenção é fazer oposição e pressionar pelo impeachment do chefe do Executivo nacional. Confira abaixo o tempo real em torno da mobilização para o ato e as últimas notícias de hoje, domingo, 12 de setembro (12/09). 

O Movimento Brasil Livre (MBL), o Vem Pra Rua e o Juventude Livre organizam o super protesto contra o presidente. O ato começou a ser convocado nas redes sociais nos mês passado com a hashtag “#12SetForaBolsonaro”. Em Fortaleza, manifestantes irão se concentrar na Praça Portugal, às 15h, rumo à Avenida Beira-Mar. Organizadores convocam lideranças locais de partidos que devem aderir aos protestos a nível nacional.

O protesto também será uma resposta aos atos com pautas antidemocráticas e discursos contra o Supremo Tribunal Federal (STF) por parte de Bolsonaro, que ocorreram no feriado da Independência, 7 de setembro, pelo país.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Manifestação de 7 de setembro pró-Bolsonaro: confira tudo que aconteceu

Manifestação de 12 de setembro contra Bolsonaro ao vivo: tempo real de hoje, 12

 

Manifestação de 12 de setembro: Notícias do dia 11 de setembro

Manifestação de 12 de setembro: Notícias do dia 10 de setembro

 

Manifestação contra Bolsonaro em 12 de setembro: entenda movimento

Em Fortaleza, ato é organizado pelo Movimento Brasil Livre (MBL) o Vem Pra Rua e o Juventude Livre. O chamado começou a ser feito nas redes sociais nos mês passado com a hashtag “#12SetForaBolsonaro”. O protesto também será uma resposta aos atos com pautas antidemocráticas e discursos contra o Supremo Tribunal Federal (STF) por parte do presidente Jair Bolsonaro, que ocorreram no feriado da Independência, 7 de setembro, pelo país.

Antes, o grupo havia adotado o slogan “Nem Lula, nem Bolsonaro” para chamar os atos. Em nota oficial na quarta-feira 8, o MBL mudou o tom e convocou “todos os partidos, lideranças civis e agremiações, desde que respeitem a necessidade de deixarem suas pautas particulares e suas preferências eleitorais fora do ato para nos unirmos pelo impeachment”. 

Em Fortaleza, manifestantes irão se concentrar na Praça Portugal, às 15h, rumo à Avenida Beira-Mar. Organizadores convocam lideranças locais de partidos que devem aderir aos protestos a nível nacional.

Manifestação do dia 7 de setembro: divisão entre partidos

O ato unificado marcado para 12 de setembro dividiu a opinião de representantes tanto da esquerda como da direita em Fortaleza. As manifestações, organizadas pelos dois movimentos, têm como objetivo unir forças para pedir o impeachment do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), com a participação de partidos do centro e de esquerda, além das siglas de direita.

Partidos de esquerda como o PCdoB, PDT, PSB e grupos de esquerda se uniram ao MBL para ato na capital. Com a participação de partidos do centro e de esquerda, além das siglas de direita, objetivo é criar uma frente ampla, unindo forças para pedir o impeachment do presidente. Porém, a adesão não fui unânime. PT e Psol não participarão do ato e já articulam a realização de outros atos contra o presidente da República.

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags