PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Guia Mundial 2019: Flamengo volta ao torneio depois de 38 anos buscando o bi

Rubro-Negro vai ao Catar tentando encerrar jejum de sete anos sem uma equipe sul-americana levantar a taça

19:08 | 16/12/2019
38 anos depois, Flamengo voltou a ser campeão da Libertadores
38 anos depois, Flamengo voltou a ser campeão da Libertadores (Foto: Luka Gonzales/AFP)

O Flamengo chega ao Catar em busca do seu quarto título em 2019 - tendo vencido o Carioca, Brasileirão e Libertadores - e do bicampeonato mundial. Este ano foi mágico para a equipe carioca, sendo a primeira equipe desde o Santos a ser campeão brasileiro e continental em uma mesma temporada. Após a demissão de Abel Braga do comando técnico da equipe, Jorge Jesus assumiu em junho e teve um desempenho espetacular de 26 vitórias, oito empates e apenas três derrotas.

O retrospecto da equipe brasileira também é justificado pelas excelentes atuações da dupla de ataque Bruno Henrique e Gabigol, juntos eles foram responsáveis por 77 gols. A força ofensiva é uma das principais armas do time em busca do título mundial e deve causar problemas para a defesa do Al Hilal. Tanto na conquista da Libertadores, quanto do Brasileirão, os cariocas tiveram melhor ataque da competição, foram 86 marcados na competição nacional e 24 no torneio continental.

Apesar do ataque do Flamengo ser temido pelos seus adversários, o sistema defensivo composto por Diego Alves, Rafinha, Pablo Marí, Rodrigo Caio e Filipe Luís também se destacou nas campanhas de sucesso desta temporada. No mata-mata da Libertadores foram cinco gols sofridos em sete jogos. Os números do Brasileirão também mostram uma linha defensiva regular, foram 37 tentos em 38 jogos.

A equipe de Jorge Jesus tem como principal característica a imposição de sua filosofia de jogo dentro das partidas, sempre buscando atacar o adversário e manter uma marcação forte para dar poucas oportunidades. A questão tática é um dos trunfos do clube carioca na competição.

Depois de 38 anos, o Flamengo quer chegar ao seu segundo título mundial. A última conquista aconteceu em 1981 contra o Liverpool, em vitória por 3 a 0 com dois gols de Nunes e um de Adílio. A equipe inglesa também está presente no Mundial deste e, caso as equipes avancem em suas respectivas semifinais, a final deste ano será a reedição de 81.

O Rubro-Negro faz sua estreia no Mundial de Clubes nesta terça-feira, 17, às 14h30min, contra o Al Hilal - que eliminou o Espérance nas quartas-de-final. A equipe saudita já foi treinada por Jorge Jesus. Quem levar a melhor na semifinal, enfrenta Liverpool ou Monterrey na decisão.

Guia Mundial 2019: Liverpool busca seu primeiro título mundial no Catar

Guia Mundial 2019: campeão da África nos tribunais, Espérance joga competição pela terceira vez

Guia Mundial 2019: ex-equipe de Jorge Jesus, Al Hilal busca surpreender os favoritos

Guia Mundial 2019: Monterrey tentará representar o México na final pela primeira vez

Guia Mundial 2019: comandado por Xavi, Al-Sadd quer utilizar o fator casa a seu favor

Guia Mundial 2019: Hienghène Sport, o primeiro francês na disputa do título mundial

Veja vídeo: