Participamos do

Fortaleza estreia na Libertadores diante do Colo-Colo com o Castelão cheio

Leão deve contar com o retorno de Tinga e o apoio de mais de 50 mil torcedores na arquibancada. Duelo é considerado confronto direto por uma das duas vagas do Grupo F para as oitavas de final do torneio.
22:05 | Abr. 06, 2022
Autor Brenno Rebouças
Foto do autor
Brenno Rebouças Repórter
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Chegou o dia da estreia do Fortaleza na Copa Libertadores da América. Na noite desta quinta-feira, 7, a partir das 19 horas, o Tricolor encara o Colo-Colo, pela primeira rodada do Grupo F. Para o debut será no contará com mais de 50 mil tricolores na arquibancada, fazendo um mosaico permanente gigante.

Para alguns, o Colo-Colo é o principal concorrente do Fortaleza por uma das duas vagas para as oitavas de final da competição — considerando que o River Plate-ARG deve ficar com a outra —, portanto, trata-se de um confronto direto e a importância da vitória é redobrada.

As duas equipes vivem um momento muito positivo. Se o Tricolor acaba de faturar a Copa do Nordeste e está invicto há 16 jogos, o Cacique também só perdeu uma partida em 2022, até aqui e vem de quatro triunfos consecutivos, sendo três deles por goleadas. A última foi aplicada sobre o La Calera, time que Juan Pablo Vojvoda treinou no Chile e com o qual foi vice-campeão nacional.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Dos dois lados, o discurso é de muito respeito. No Leão, o lateral-direito, que atua como zagueiro, Tinga, disse que o grupo sabe que vai enfrentar um adversário difícil e demonstrou conhecimento do que vai enfrentar.

“É um adversário muito qualificado, que joga com a linha alta, pressionando, então a gente tem que estar mais equilibrado. Infelizmente nosso campo não tem as melhores condições para fazermos nosso jogo e a gente vai ter que se reinventar para fazer o melhor. É uma grande equipe, tem jogadores muito interessantes, então temos que ficar muito atentos. Precisa atacar marcando, principalmente no começo do jogo", analisa.

O técnico do Cacique, Gustavo Quinteros, também sabe que terá um time forte do outro lado e não se deixa levar pelos resultados recentes da equipe que comanda. “Enfrentaremos os melhores times da América e todos eles têm um poder enorme. Então agora saberemos em que nível estamos [...] o primeiro passo que devemos dar é competir com um dos rivais fortes que temos e para avançar temos que somar pontos e aspirar a classificação para a próxima fase”, disse à imprensa chilena.

Para a partida histórica, o Fortaleza deve contar com força máxima. Tinga, que deu coletiva antes da estreia, e treinou normalmente nos últimos dois dias, deve recuperar titularidade no trio de zaga. E Lucas Crispim, que já esteve no banco na final do Nordestão, também deve retornar à ala esquerda. A formação do ataque é sempre uma incógnita, mas por ser muito experiente em Libertadores, o atacante argentino Silvio Romero poderá começar o jogo.

Ficha Técnica:

Fortaleza (3-5-2): Max Walef; Tinga, benevenuto, Titi; Pikachu, Hércles, Zé Welison, Lucas LIma, Crispim (Capixaba); Moisés, Kayzer (Romero). Téc: Vojvoda 

Colo-Colo (4-3-3): Brayan Cortés; Óscar Opazo, Maximiliano Falcón, Emiliano Amor, Gabriel Suazo; César Fuentes, Esteban Pavez, Leonardo Gil; Pablo Solari, Gabriel Costa y Juan Martín Lucero. Téc: Gustavo Quinteros

Local: Castelão, em Fortaleza-CE

Data: 7/4/2022

Horário: 19 horas

Árbitro: Andrés Cunha-URU

Assistentes: Pablo Llarena-URU e Richard Trinidad-URU

Transmissão: ESPN, Strar+, Facebook (Copa Libertadores), Rádio O POVO CBN FM 95.5 e AM 1010, YouTube do O POVO (áudio)

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar