Participamos do

"Foco é ser melhor que o ano passado", diz Naressi sobre campanha do Ceará na Série A

O camisa 31 do Vovô revelou que o clube deseja superar a campanha anterior e terminar em posições acima na tabela
11:24 | Ago. 18, 2021
Autor Horácio Neto
Foto do autor
Horácio Neto Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Na oitava posição do Campeonato Brasileiro, com 23 pontos conquistados, o Ceará está tendo um primeiro turno melhor do que o da boa campanha realizada na edição passada, em que o Vovô ao fim da 16ª rodada estava na 13ª colocação, com 19. O volante Pedro Naressi, em entrevista coletiva divulgada nesta quarta-feira, 18, falou que o grande objetivo do elenco é superar a temporada 2020.

“Nosso foco é ser melhor que o ano passado (Brasileirão 2020). A gente atingiu a Sul-Americana no ano passado, então, temos que fazer história de novo e melhorar a campanha do Ceará. A Sul-Americana é uma boa, na primeira parte da tabela, mas vamos lutar por mais”, disse Naressi.

 

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Apesar de se manter na parte de cima da tabela, no último domingo, 15, o Ceará acabou derrotado para o Corinthians por 3 a 1, dando fim a invencibilidade de 11 jogos do Vovô no Campeonato Brasileiro. Naressi reconheceu os feitos que o clube alcançou neste período sem derrotas e destacou a boa consistência defensiva alvinegra como elemento motivador.

“A gente fez história, porque o Ceará tinha conseguido esse feito, os 11 jogos invictos, e a gente leva muito em consideração o número de jogos que a gente ficou sem tomar gol. Isso ajuda muito, porque todo mundo fala que ‘ataque ganha jogo e defesa campeonato’. Então, a gente fica se mantendo em cima na tabela por conta disso, muitos desses jogos sem tomar gol e pontuando sempre”, relatou o volante.

Buscando recuperação no próximo confronto da equipe na Série A, o Vovô terá o difícil embate contra o Flamengo, quinto colocado da competição. O Rubro-negro se recuperou na última rodada, com a vitória sobre o Sport por 2 a 0, da goleada sofrida pelo Internacional (4 a 0), em casa. Perguntado sobre usar o duelo contra o Colorado como referência, o meio-campista analisou que não deve utilizar somente esse confronto, principalmente por considerar um resultado atípico.

“Eu acho que a gente tem que ver sim, mas não só o jogo do Inter. Ali foi algo atípico, ultimamente eles têm ganhado muito. Então a gente tem que ver os pontos positivos e negativos, tentar neutralizar os pontos positivos deles e explorar os erros, para que possamos ficar mais perto da vitória”, projetou o alvinegro de 23 anos.

Com a semana livre para trabalhar antes de enfrentar os cariocas no domingo, 22, às 16 horas, na Arena Castelão, pela 17ª rodada do Brasileirão, o camisa 31 falou sobre corrigir os erros durante esse período e que os atletas terão que estar bem taticamente para conseguir os três pontos.

“A gente tem mais uma semana cheia para trabalhar, corrigir nossos erros. A gente sabe que o Flamengo é um time a ser batido, em dois anos foi campeão. Então, é um jogo muito difícil, que a gente vai ter que ir muito bem taticamente e praticamente não errar, não dar brecha para eles chegarem ao nosso gol”, revelou Pedro.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags