Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Delta: Ceará tem primeiro caso de transmissão comunitária da variante; orientação é evitar viagens

Governo do Estado sugere evitar viagens. Caso de variante Delta identificado em Icó acende alerta para reforço de cuidados sanitários, como uso de máscara e álcool 70%
19:34 | Ago. 11, 2021
Autor O Povo
Foto do autor
O Povo Autor
Tipo Noticia

Atualizada às 20h25min

O Ceará tem o primeiro caso de transmissão comunitária da variante Delta do Covid-19 confirmado. A Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) informou que a cepa foi identificada em um profissional de saúde do município de Icó, distante 361,3 km de Fortaleza. A orientação do Governo do Estado é que viagens entre as cidades cearenses ocorram apenas em casos estritamente necessários. Caso também acende alerta para reforço de cuidados sanitários, como uso de máscara e álcool 70%.

Com esse caso, Estado soma 16 diagnósticos positivos da variante Delta, mais transmissível. De acordo com a Sesa, o resultado do sequenciamento genômico da amostra de RT-PCR do paciente saiu na última segunda-feira, 9, quando começou o monitoramento do caso. A pasta também investiga as circunstâncias da infecção. O profissional de saúde afirma que não viajou para fora do Estado e nem teve contatos com viajantes recentemente.

Para conter a alta transmissão da variante, a Sesa reforça e incentiva os municípios a intensificar as barreiras sanitárias. Atualmente, o Centro de Testagem de Viajantes, instalado no Aeroporto Internacional de Fortaleza – Pinto Martins, testa 20% dos passageiros que desembarcam no local. Também estão funcionando centros de testagem no aeroporto de Aracati e na rodoviária de Barbalha.

Além do primeiro caso de transmissão comunitária, outros 15 casos importados já foram identificados (por viajantes de outros estados brasileiros). Esses casos estão espalhados em 11 municípios de quatro das cinco regiões de saúde do Estado. 

Os pacientes positivados no teste rápido, feito ainda no aeroporto, são imediatamente orientados a cumprir autoisolamento de 14 dias. As amostras positivas no antígeno e no RT-PCR são encaminhadas para sequenciamento genômico, capaz de identificar alguma variação do vírus original. Também é recomendada a autoquarentena de duas semanas para passageiros e tripulantes dos voos com pessoas positivadas no desembarque, mesmo que estejam assintomáticas ou apresentem testes negativos.

Na última segunda-feira, 9, a Sesa ampliou a recomendação de autoquarentena para viajantes que chegam ao Ceará vindos de dez estados de origem. Na última sexta-feira, 6, quando Estado somou 15 confirmações, o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), anunciou a prorrogação do decreto estadual de enfrentamento ao coronavírus por mais 15 dias. Interrompendo o processo de reabertura das atividades econômicas e sociais no Ceará.

Nesta quarta, a Justiça Federal decidiu que só será permitido desembarque em aeroportos do Ceará de passageiros que comprovem vacinação completa contra Covid-19, com duas doses ou dose única no caso da Janssen, ou que apresente resultado negativo de exame RT-PCR feito até 72 horas antes do embarque. Decisão atende a pedido do Governo do Ceará. 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Covid-19: Rio mantém suspensa vacinação por falta de imunizante

Saúde
20:54 | Ago. 11, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo

Em nova mensagem nas redes sociais, o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, reafirmou, nesta tarde, que está suspensa a aplicação da primeira dose de vacinas contra a covid-19 para o grupo de moradores com 24 anos de idade, que estava prevista para esta quinta-feira (12). Mais cedo, Paes tinha dito que as doses recebidas na manhã de hoje (37.962) seriam insuficientes para imunizar esse público e que não usaria o lote reservado para a segunda dose a fim de dar continuidade ao calendário de vacinação.

 "Apesar da interrupção do calendário por idade por falta do envio de doses, seguimos vacinando na repescagem dos 50+ e comorbidades, além da 2ª dose. Atingimos 84% dos adultos com a 1ª e quase 38% com a 2ª! Precisamos de vacina pra seguir avançando, conter a Delta e salvar vidas!”, postou o prefeito, no fim da tarde.

Nesta quinta-feira, a imunização com a primeira dose no município do Rio de Janeiro será restrita a adultos com mais de 45 anos, pessoas com deficiência, gestantes, lactantes e puérperas a partir de 18 anos. A segunda dose está mantida nos postos de vacinação normalmente.

A Secretaria Municipal de Saúde do Rio aguarda a distribuição de mais doses pelo Ministério da Saúde para dar continuidade ao calendário de vacinação previsto para a cidade.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Anvisa autoriza uso emergencial de novo medicamento contra a covid-19

Saúde
20:39 | Ago. 11, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou nesta quarta-feira (11), a autorização temporária de uso emergencial, em caráter experimental, do medicamento Regdanvimabe. Esse é o quarto medicamento autorizado no Brasil para tratamento da covid-19, sendo o terceiro em uso emergencial. A aprovação foi concedida por unanimidade entre os diretores do órgão.  

O pedido de autorização foi protocolado em 12 de maio deste ano pela empresa fabricante, a multinacional Celltrion Healthcare. O Regdanvimabe é indicado para o tratamento de covid-19 leve a moderada em pacientes adultos que não necessitem de suplementação de oxigênio, com infecção por Sars-CoV-2 confirmada por laboratório e que apresentem alto risco de progressão para a doença em sua forma mais grave. O medicamento utiliza a tecnologia de anticorpo monoclonal. Trata-se de um produto biológico produzido em laboratórios e que reproduz anticorpos que ajudam o organismo no combate a alguma doença específica. 

Durante a votação, a diretora da Anvisa Meiruze Freitas, que relatou o processo de autorização, ressaltou que a covid-19 ainda é uma grande ameaça à saúde da população mundial, embora as vacinas já estejam disponíveis. Segundo ela, os resultados dos ensaios clínicos com os anticorpos monoclonais, do tipo “mabes” (do inglês monoclonal antibodies – mAbs), mostraram uma redução dos danos pulmonares, diminuição da viremia (presença de vírus no sangue) e do risco de hospitalização, o que levou agências reguladoras como a norte-americana Food and Drug Administration (FDA) e a europeia European Medicines Agency (EMA), além da Anvisa, a aprovarem esse tipo de medicamento para uso emergencial, em casos específicos.  

Recomendações

De acordo com a Anvisa, o produto é injetável e de uso restrito a hospitais, preferencialmente para uso em programas de saúde pública no combate ao coronavírus. Ele não poderá ser vendido por farmácias ou drogarias. A dose recomendada é uma única de 40 miligrama por quilo. O medicamento deve ser administrado após teste viral positivo para Sars-CoV-2 e dentro de sete dias após o início dos sintomas.  

Entre os grupos de risco citados pela agência reguladora, estão pessoas com obesidade, diabetes, doença renal, idosos, indivíduos acima de 55 anos que tenham doença cardiovascular ou pulmonar crônica, diabetes, doença renal ou hepática crônica e imunossupressão.

O medicamento não está indicado para uso em pacientes que estejam hospitalizados devido a complicações da covid-19 e que necessitem de suporte de oxigênio. No caso das grávidas, segundo a Anvisa, os anticorpos gerados pelo Regdanvimabe são conhecidos por cruzar a barreira placentária e, portanto, teria potencial para ser transferido da mãe para o feto. 

"É desconhecido, porém, se essa transferência fornece qualquer benefício ou risco. Tendo em vista o limitado conhecimento sobre o produto, seu uso na gravidez só deve ser considerado se o possível benefício para o paciente for superior a eventuais riscos para o feto", informou a agência. 

Outros medicamentos

O Regdanvimabe é o quarto produto autorizado pela Anvisa para o combate à covid-19 no Brasil. Antes dele, a agência já havia registrado o Rendesivir, fabricado pela empresa Gilead Sciences, em março deste ano. No mês seguinte, foi autorizado o uso de uma associação de outros anticorpos monoclonais, o casirivimabe e imdevimabe, produzida pelas farmacêuticas Regeneron e Roche. Em maio, foi autorizado o uso de uma associação dos anticorpos banlanivimabe e etesevimabe, produzida pela Eli Lilly. 

Ouça na Radioagência Nacional:


Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

CBF altera o dia e horário do confronto entre Ceará e Flamengo pela Série A

MUDANÇA
20:24 | Ago. 11, 2021
Autor Mateus Moura
Foto do autor
Mateus Moura Autor
Ver perfil do autor
Tipo Noticia

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) alterou o dia do confronto entre Ceará e Flamengo-RJ, duelo válido pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. Inicialmente no sábado, 21, às 21 horas, a entidade mudou para o dia seguinte, no domingo, 22, às 16 horas. O local permanece o mesmo, na Arena Castelão, em Fortaleza.

Anteriormente, a CBF havia alterado outro jogo do Alvinegro. O duelo entre América-MG e Ceará, pela 18ª rodada, no estádio Independência, em Belo Horizonte (MG), sofreu a mesma alteração, passando do sábado, 28, para o domingo, 29. O horário, no entanto, permaneceu o mesmo, às 11 horas.

Antes de encarar o Rubro-Negro carioca, o Vovô enfrenta o Corinthians-SP, no domingo, 15, às 16 horas, na Neo Química Arena, em São Paulo (SP), pela 16ª rodada da Série A.

Brasileirão 2021

Ceará x Flamengo - 17ª rodada
De: 21/08, sábado, às 21 horas
Para: 22/08, domingo, às 16 horas
Local: Arena Castelão, em Fortaleza/CE (mantido)
Motivo: Ajuste na grade de programação

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Lacerda cita inspiração em Luiz Otávio e vê disputa sadia por titularidade no Ceará

20:11 | Ago. 11, 2021
Autor Lucas Mota
Foto do autor
Lucas Mota Autor
Ver perfil do autor
Tipo

O zagueiro Gabriel Lacerda participou de entrevista coletiva nesta quarta-feira, 11, e comentou sobre a disputa pela titularidade com o experiente e ídolo do clube, Luiz Otávio. O jovem defensor de 21 anos, cria das categorias de base do Alvinegro, disse se inspirar no companheiro de clube desde a época que estava nos juniores e vê a briga pela vaga na equipe como sadia.

"A disputa tem sido muito saudável. Assisti a coletiva do Luiz ontem (10/8). Ele levantou muito a minha moral. Me deu muitos pontos positivos. Ele me ajudou muito nesse tempo que eu estive jogando. No jogo contra o Atlético-GO, eu torci muito por ele, ainda mais ele voltando de difícil lesão. Ele foi super bem e fiquei muito feliz", comentou Lacerda, que foi ausência na última partida devido à suspensão pelo terceiro cartão amarelo.

"Quando cheguei (para a base do Ceará), ele já era ídolo do time, peça fundamental. Eu ainda estava nas categorias de base, buscava inspiração nele. Hoje, estar disputando posição com ele, fico muito feliz. Quem vai decidir é o professor Guto. Tenho certeza de quem ele escolher vai dar conta do recado", disse o jovem zagueiro.

O próximo duelo do Ceará é contra o Corinthians, neste domingo, 15, pela 16ª rodada do Brasileirão. O Vovô é o sétimo com 23 pontos, enquanto o Timão ocupa a 12ª posição com 18.

"A gente sempre procura estar focado. Série A só tem jogo difícil. Vamos buscar os três pontos. Não importa se é o primeiro ou o último colocado. Temos cinco pontos à frente, mas isso não deixa a gente em zona de conforto", afirmou Lacerda.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Covid-19: casos sobem para 20,2 milhões e mortes, para 565,7 mil

Saúde
20:00 | Ago. 11, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo

A quantidade de pessoas que contraíram covid-19 desde o início da pandemia subiu para 20.245.085. Em 24 horas, desde ontem, foram registrados 32.443 novos casos.

Ainda há 586.505 casos em acompanhamento. O nome é dado para pessoas cuja condição de saúde é observada por equipes de saúde e que ainda podem evoluir para diferentes quadros, inclusive graves.

A quantidade de pessoas que não resistiram à pandemia subiu para 565.748. Entre ontem e hoje, as autoridades de saúde confirmaram 975 novas mortes por covid-19. 

Ainda há 3.504 falecimentos em investigação. O número se deve ao fato de que há casos em que pacientes morrem com suspeita de covid-19 mas ainda há a demanda de testes para confirmar ou não o diagnóstico.

O número de pessoas que se recuperaram da covid-19 chegou a 19.092.832.

As informações estão no balanço diário do Ministério da Saúde, divulgado nesta quarta-feira (11). Os dados dos estados de Goiás e Roraima não foram atualizados, permanecendo aqueles de ontem (10).

Estados

No topo do ranking de mortes por estado estão São Paulo (141.664), Rio de Janeiro (60.266), Minas Gerais (51.502), Paraná (36.065) e Rio Grande do Sul (33.669). Enquanto  Acre (1.805), Roraima (1.902), Amapá (1.931), Tocantins (3.585) e Alagoas (5.923) registraram os menores números de mortes do país.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags