Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Ceará será o primeiro estado a receber doses da CoronaVac por contrato estadual

Em entrevista nesta quinta-feira, Doria afirmou que serão enviadas as 3 milhões de doses encomendadas pelo Estado
15:31 | Ago. 11, 2021
Autor - Marília Serpa
Foto do autor
- Marília Serpa Autor
Tipo Notícia

Sendo o primeiro estado a assinar contrato com o Instituto Butantan, o Ceará deve começar a receber doses da CoronaVac após conclusão das entregas do imunizante para o Ministério da Saúde, de acordo com o diretor do Instituto, Dimas Covas. O centro de pesquisa deve entregar, ainda neste mês, as primeiras doses da vacina fora do acordo com o Governo Federal.

“Nós vamos cumprir o contrato [com o Governo Federal] e, a partir do dia seguinte, os estados que solicitaram, especificamente o estado do Ceará, com três milhões de doses, o Butantan vai atender assim que concluir a entrega das 100 milhões de doses. Como estamos antecipando o prazo, 48 horas após a entrega de todas as vacinas para o Ministério da Saúde, o Butantan fará a entrega de vacinas para estados e municípios que queiram adquirir as vacinas para completar seus programas de imunização”, explicou João Doria, governador de São Paulo.

O acordo firmado entre o Butantan e o Governo Federal prevê a entrega de 100 milhões de doses da CoronaVac até dia 30 de setembro. No entanto, o Governo de São Paulo busca cumprir a liberação das vacinas até 31 de agosto. Também nesta quarta-feira, 11, o Instituto liberou mais dois milhões de imunizantes ao PNI, totalizando cerca de 69 milhões de doses.

De acordo com o portal O Globo, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), e o diretor do Butantan participaram de uma coletiva de imprensa na manhã desta quarta-feira, 11, para liberação de doses ao Programa Nacional de Imunizações (PNI). A coordenadora do programa no estado paulista, Regiane de Paula, e o secretário estadual de saúde, Jean Gorinchteyn, também estiveram presentes.

 

LEIA MAIS: Doses extras da CoronaVac têm previsão de envio para o dia 25 de agosto

“O contrato [com o Governo do Ceará] está na fase de finalização, já foi assinado. E uma das cláusulas é que nós vamos entregar, mas assim que cumprirmos o contrato com o Ministério. Está previsto até o fim deste mês, sim, a entrega das primeiras doses para o Ceará”, informou Dimas.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Siderúrgica do Pecém afirma que produção não foi interrompida após explosão

ECONOMIA
14:31 | Ago. 11, 2021
Autor Alan Magno
Foto do autor
Alan Magno Autor
Ver perfil do autor
Tipo Noticia

Os danos da explosão registrada na Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP) na tarde de ontem, terça-feira, não afetaram a produção da indústria, conforme informações repassadas em primeira mão ao O POVO pela empresa. Os prejuízos materiais do ocorrido ainda estão sendo calculados. 

Questionada pelo O POVO, a Siderúrgica afirmou que o ocorrido não gerou a interrupção da produção na unidade em nenhum momento e que não há qualquer previsão de atraso nas entregas ou redução nas atividades na indústria em virtude do ocorrido. 

LEIA TAMBÉM | Incidente no Pecém segue em apuração; Bombeiros ressaltam importância da prevenção

Em nota, a CSP pontuou que a explosão ocorreu por volta das 17 horas da terça-feira, 10 de agosto, após uma reação química ser desencadeada pela presença de água no "dry pit" (reservatório de descarte de gusa).

Sem feridos ou vítimas fatais, o incidente gerou um forte estrondo e uma grande cortina de fumaça, assustando funcionários e pessoas que transitavam no perímetro ao redor da unidade, fazendo com que muitos deixassem o prédio. Houve também focos de incêndio em alguns locais do Pecém. 

Veja vídeo da cortina de fumaça que surgiu na Siderúrgica do Pecém após explosão:

O caso foi contido pelas equipes de segurança e prevenção de acidentes da própria Siderúrgica, sem o acionamento do Corpo de Bombeiros Militares do Ceará. A CSP frisa que acionou a equipe responsável, bem como unidades de atendimento médico alocadas dentro da companhia e que "a segurança dos empregados, terceirizados e comunidade" é o principal valor da empresa. 

As causas do acidente estão sendo investigadas, mas a Siderúrgica disse ao O POVO que o ocorrido foi registrado em ala próxima ao alto-forno, em anexo lateral ao aparelho, sem ocasionar danos ao equipamento. Assim, este segue em operação normal, não havendo necessidade de reparos ou substituição. 


Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Parceria vai criar Câmara de Comércio Brasil Argentina no Ceará

ECONOMIA
14:25 | Ago. 11, 2021
Autor Beatriz Cavalcante
Foto do autor
Beatriz Cavalcante Autor
Ver perfil do autor
Tipo Noticia

Terceiro mais importante parceiro comercial do Estado, a Argentina terá Câmara de Comércio Brasil instalada no Ceará. 

Os planos são liderados pelos Sistemas Fecomércio e Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), com apoio do Consulado da Argentina no Nordeste.

A Assembleia Geral de constituição da Câmara de Comércio Brasil Argentina (CBACE) está programada para amanhã, quinta-feira, 12 de agosto, na Fecomércio Ceará.

Na terça-feira, 10, e hoje, quarta-feira, 11, estão sendo organizados os últimos detalhes protocolares e jurídicos na criação da entidade.

Esta organização de documentos é realizada por Marcos Pompeu, que já presidiu a Câmara Setorial de Comércio e Investimento da Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece), Hermes Monteiro, que coordena o Fórum de Camaras de Comércio Exterior e Rômulo Alexandre Soares, que é vice-presidente da Federação das Câmaras de Comércio Exterior, e somam as suas experiências a Juliana Tosato Espeche, secretária-executiva da CBACE, e Igor Maia Gonçalves, consultor jurídico corporativo da APSV Advogados.

"Com essa nova Câmara, o Ceará fortalece sua diplomacia econômica empresarial, seguindo os mesmos passos que foram dados desde 2001 quando foi fundada a Câmara Brasil Portugal no Ceará (CBPCE) e, na sequência, Angola, China, Cabo Verde, EUA, Itália, Alemanha, Espanha, França e Holanda, além do escritório comercial de Israel", frisa Rômulo, da Federação das Câmara de Comércio Exterior.

Comércio com argentinos

Atrás dos Estados Unidos e China, a Argentina é o terceiro em parceria com o Ceará em termos de corrente de comércio (soma das importações e exportações). De janeiro a julho deste ano, 2,9% das exportações cearenses (cerca de US$ 40,6 milhões) foram para o país.

No sentido inverso, 7,6% (cerca de US$ 132 milhões) das compras internacionais do Ceará foram provenientes da Argentina.

Destacam-se dentre os produtos os calçados, em que o Estado é um dos maiores fornecedores para a Argentina, o segundo para o mundo.

Já do país argentino compramos, sobretudo, cereais, devido ao expressivo polo industrial de panificação, confeitaria e massas. Esse produto é o segundo principal item adquirido pelo Ceará ao mundo.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

PF cumpre mandado de busca no Ceará em investigação sobre ataque hacker ao STF

CEARÁ
14:19 | Ago. 11, 2021
Autor Mirla Nobre
Foto do autor
Mirla Nobre Autor
Ver perfil do autor
Tipo

A Polícia Federal cumpriu, no Ceará, nesta quinta-feira, 11, mandado de busca em operação que investiga ataque hacker contra o Supremo Tribunal Federal (STF). A ação faz parte da segunda fase da Operação Leet, dedicada a apurar o caso. Além do Estado, os policiais fizeram buscas no estado do Rio de Janeiro. Ainda não há detalhes sobre o envolvimento, o perfil e a cidade do hacker.

Nas duas regiões, foram apreendidos dispositivos eletrônicos de interesse e relevância para as investigações, os quais serão submetidos a perícia e análise. As investigações tiveram início após a identificação, por parte da equipe de tecnologia da informação do STF, de uma série de condutas suspeitas que indicavam que o sítio eletrônico da Suprema Corte estaria sob um ataque hacker no último dia 3 de maio de 2021.

LEIA MAIS | Senado aprova texto-base que revoga Lei de Segurança Nacional

Conforme a Polícia Federal, os investigados responderão, na medida de suas participações, pelos crimes previstos nos artigos 154-A, §3º e 288, ambos do Código Penal, com penas que, somadas, podem chegar a cinco anos de reclusão.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Assembleia Legislativa terá duas sessões plenárias por semana

Retorno
14:12 | Ago. 11, 2021
Autor Filipe Pereira
Foto do autor
Filipe Pereira Autor
Ver perfil do autor
Tipo Noticia

A partir da próxima semana, as sessões plenárias da Assembleia Legislativa do Ceará (AL-CE) serão realizadas duas vezes por semana, às quartas e quintas-feiras, de forma híbrida. A decisão foi tomada após reunião entre os membros da Mesa Diretora na manhã desta quarta-feira, 22. Além do presidente Evandro Leitão, estiveram presentes os deputados Antônio Granja, Audic Mota e Fernanda Pessoa. Érika Amorim e o Apóstolo Luiz Henrique participaram online.

Com a mudança, as Comissões Técnicas também serão realizadas de forma híbrida às terças-feiras, no Plenário 13 de Maio. Segunfo Evandro Leitão, a AL está se adequando à reabertura gradual que vem sendo feita no Estado, de acordo com as orientações das autoridades sanitárias. O epdetista destaca que as medidas preventivas como o uso de máscara e a disponibilização de álcool em gel seguem como obrigatórias.

LEIA MAIS l Assembleia articula CPI para investigar associações de PMs, após reportagem do O POVO

“Além das sessões plenárias e das comissões técnicas, vamos retomar as sessões solenes e audiências públicas com número reduzido de pessoas, conforme as determinações do decreto do governador Camilo Santana. Esses momentos são importantes para que possamos voltar a nos aproximar e a dialogar com a sociedade”, afirma o presidente.

Na última quarta-feira, 5, a Casa iniciou as atividades do segundo semestre letivo de 2021 após o recesso parlamentar. O momento foi marcado por um minuto de silêncio aos deputados para prestar homenagem as 560 mil pessoas mortas pela Covid-19 no Brasil.

LEIA MAIS l Evandro Leitão critica Bolsonaro e defende urnas eletrônicas

Como uma das atividades para agosto, os deputados devem promover reuniões regionalizadas, de forma virtual, a fim de ouvir as demandas do setor produtivo dos municípios cearenses "O setor produtivo foi um dos mais impactados durante a pandemia, e o Estado já tomou alguma iniciativas no sentido de diminuir esse impacto, como a liberação de crédito para os micro e pequenos empreendedores, mas ainda há outras demandas, e precisamos ouvir cada região e suas especificidades”, disse Evandro. 

O semestre também será amrcado pela realização da prova do concurso público da AL, que recebeu 33 mil inscritos, será ministrada em 7 de novembro. Anunciado ainda em 2019, o concurso da AL prevê o preenchimento de 100 vagas, sendo 70 de nível superior e 30 de nível médio.

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Assembleia Legislativa terá duas sessões plenárias por semana

Retorno
14:12 | Ago. 11, 2021
Autor Vítor Magalhães
Foto do autor
Vítor Magalhães Autor
Ver perfil do autor
Tipo Noticia

A partir da próxima semana, as sessões plenárias da Assembleia Legislativa do Ceará (AL-CE) serão realizadas duas vezes por semana, às quartas e quintas-feiras, de forma híbrida. A decisão foi tomada após reunião entre os membros da Mesa Diretora na manhã desta quarta-feira, 22. Além do presidente Evandro Leitão, estiveram presentes os deputados Antônio Granja, Audic Mota e Fernanda Pessoa. Érika Amorim e o Apóstolo Luiz Henrique participaram online.

Com a mudança, as Comissões Técnicas também serão realizadas de forma híbrida às terças-feiras, no Plenário 13 de Maio. Segunfo Evandro Leitão, a AL está se adequando à reabertura gradual que vem sendo feita no Estado, de acordo com as orientações das autoridades sanitárias. O epdetista destaca que as medidas preventivas como o uso de máscara e a disponibilização de álcool em gel seguem como obrigatórias.

LEIA MAIS l Assembleia articula CPI para investigar associações de PMs, após reportagem do O POVO

“Além das sessões plenárias e das comissões técnicas, vamos retomar as sessões solenes e audiências públicas com número reduzido de pessoas, conforme as determinações do decreto do governador Camilo Santana. Esses momentos são importantes para que possamos voltar a nos aproximar e a dialogar com a sociedade”, afirma o presidente.

Na última quarta-feira, 5, a Casa iniciou as atividades do segundo semestre letivo de 2021 após o recesso parlamentar. O momento foi marcado por um minuto de silêncio aos deputados para prestar homenagem as 560 mil pessoas mortas pela Covid-19 no Brasil.

LEIA MAIS l Evandro Leitão critica Bolsonaro e defende urnas eletrônicas

Como uma das atividades para agosto, os deputados devem promover reuniões regionalizadas, de forma virtual, a fim de ouvir as demandas do setor produtivo dos municípios cearenses "O setor produtivo foi um dos mais impactados durante a pandemia, e o Estado já tomou alguma iniciativas no sentido de diminuir esse impacto, como a liberação de crédito para os micro e pequenos empreendedores, mas ainda há outras demandas, e precisamos ouvir cada região e suas especificidades”, disse Evandro. 

O semestre também será amrcado pela realização da prova do concurso público da AL, que recebeu 33 mil inscritos, será ministrada em 7 de novembro. Anunciado ainda em 2019, o concurso da AL prevê o preenchimento de 100 vagas, sendo 70 de nível superior e 30 de nível médio.

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags