PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Vacinação em Fortaleza: Município conclui aplicações da 1º dose de Coronavac

A vacinação segue nesta segunda, em rota domiciliar, em residências não alcançadas na última sexta-feira, 19.

Marília Freitas
12:36 | 22/02/2021
Empresários cearenses oferecem ajuda às secretarias municipais de saúde do Estado (Foto: JÚLIO CAESAR)
Empresários cearenses oferecem ajuda às secretarias municipais de saúde do Estado (Foto: JÚLIO CAESAR)

Hoje, 22, Fortaleza encerra as aplicações da primeira dose (D1) da CoronaVac em idosos acima de 70 anos e de profissionais de saúde que ainda não receberam a dose até então. A vacinação seguiu pelo fim de semana e as aplicações da D1 continuam até hoje. As informações são da titular da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Ana Estela Leite, em live diária da pasta nesta segunda-feira.

A vacinação segue em rota domiciliar, em residências não alcançadas na última sexta-feira, 19. A titular pediu para que idosos ficassem atentos em suas casas para o recebimento dos agentes de saúde da Prefeitura. Ao longo da semana, a aplicação da segunda dose (D2) da CoronaVac segue até que todos que receberam a primeira dose sejam contemplados. Já quem recebeu a D1 da AstraZeneca deve esperar o intervalo de 90 dias para receber a segunda dose.

Já são mais de 114.762 pessoas que receberam a D1 das vacinas contra a Covid-19. Até ontem, 29.514 pessoas entre trabalhadores da saúde e idosos institucionalizados receberam a D2 da CoronaVac. O Município segue aguardando novas vacinas para prosseguir concluindo idosos e trabalhadores de saúde, além de outros grupos prioritários.

De acordo com a secretária executiva de Vigilância e Regulação do Estado, Magda Almeida, um novo lote de vacinas contra a Covid-19 deve chegar ao Ceará até o fim de semana, seguindo cronograma do Ministério da Saúde.

Secretária aponta para aumento de casos e de internações por Covid-19 na Capital

 

A titular da pasta municipal, Ana Estela Leite, destacou que os casos de coronavírus em Fortaleza seguem em aumento, o que demanda leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTIs) e de enfermaria. 

A secretária informou que, até amanhã, 23, a implementação dos 170 novos leitos será concluída. As adições foram em hospitais como o Hospital da Mulher e o Frotinha de Messejana - a partir do dia 1º de março, mais 62 leitos para pacientes com Covid-19 serão disponibilizados no local.

LEIA TAMBÉM | Ceará tem 13 unidades de saúde com 100% de ocupação em UTIs 

Em dados divulgados pela SMS na última sexta-feira, 19, a taxa de mortalidade por Covid-19 alcançou a média de 172,3 óbitos. O boletim municipal ainda registrou aglomerados de mortes em bairros das regionais I e II, sugerindo circulação viral.

Serviço

 

Para mudança na modalidade de vacinação, basta ligar para os telefones 156. Ainda, os e-mails enviados para confirmação do agendamento são feitos por dois remetentes oficiais da Secretaria Municipal de Saúde (SMS): [email protected] ou [email protected].

Entenda o novo decreto estadual

 

O novo decreto com novas medidas de combate à Covid-19 no Ceará foi anunciado na noite de quarta e entrou em vigor desde o último dia 18, e segue válido até o dia 28 de fevereiro. O documento determina “toque de recolher”, limita funcionamento de atividades e renova barreiras sanitárias.

Veja os principais pontos:

>> Com novo decreto, saiba o que pode e o que não pode no Ceará

>> Delivery segue funcionando fora de horários restritos com o novo decreto; entenda


>> Veja como fica o transporte intermunicipal com o novo decreto

>> Com novo decreto, saiba o que pode funcionar após as 20 horas

>> Com o novo decreto, entenda como fica o teletrabalho

>> Saiba como denunciar aglomerações, festas e outras medidas de descumprimento do decreto estadual

>> Toque de recolher: praças, areninhas e calçadões e praias são fechados às 17 horas]

>> Parques aquáticos, até de barracas de praia, não poderão funcionar no Ceará