PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Em cinco dias, Ceará tem quase 24 mil veículos abordados por descumprimento ao lockdown

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social divulgou os dados referentes ao período entre as 19 horas da quinta-feira, 7, as 8 horas desta segunda-feira, 11; monitoramento de vias e atendimento às denúncias de aglomerações estão entre as ações diante das medidas mais rígidas de isolamento social em Fortaleza

13:42 | 11/05/2020
FORTALEZA-CE, BRASIL, 07-05-2020: Operação da secretaria de segurança do Estado com blitz na Av. Aguanambi para informar cidadãos sobre as restrições mais rígidas que passam a valer a partir da sexta feira em Fortleza. ( Foto: Júlio Caesar / O Povo) REP 08.05.2020
FORTALEZA-CE, BRASIL, 07-05-2020: Operação da secretaria de segurança do Estado com blitz na Av. Aguanambi para informar cidadãos sobre as restrições mais rígidas que passam a valer a partir da sexta feira em Fortleza. ( Foto: Júlio Caesar / O Povo) REP 08.05.2020 (Foto: JÚLIO CAESAR)

Nos cinco primeiros dias de lockdown em Fortaleza, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) registrou abordagens a quase 24 mil motoristas por descumprimento ao decreto de isolamento social. Os dados correspondem das 19 horas da quinta-feira, 7, até as 8 horas de hoje, 11. 

Os condutores que não tiveram seus deslocamentos justificados foram orientados a retornar aos seus domicílios. Doze motoristas foram autuados por descumprir o decreto estadual e por outros crimes identificados nas mesmas ocorrências, como roubo, receptação, porte ilegal de arma de fogo, associação criminosa, perturbação do sossego alheio, embriaguez ao volante e desacato à autoridade policial.

De acordo com informações da AMC, no segundo dia de isolamento social rígido, no sábado, Fortaleza registrou o maior índice de redução de volume de tráfego. De acordo com dados da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), foi constatada uma queda de 64% na circulação de veículos no sábado (10/05). No sábado anterior (02/05), o percentual foi de 52%.

"No último fim de semana, o número de operação foi intensificado e cerca de dois mil veículos abordados pelas ações específicas da AMC distribuídas pela cidade. Só os agentes de segurança do Estado abordaram quase 24 mil veículos durante os primeiros dias de lockdown", finalizou a Autarquia, em nota.

LEIA TAMBÉM | No primeiro fim de semana de lockdown, Agefis realizou 54 ações preventivas e dispersões de aglomerações em Fortaleza

Segundo a pasta, as Áreas Integradas de Segurança (AIS) que mais registraram ocorrências foram as de número 1, 4 e 8. Dentre os bairros que fazem parte dessas áreas, estão o Meireles, Aldeota, Centro, Carlito Pamplona, Grande Pirambu e Vila Velha. Apesar de o índice do cumprimento do lockdown no Ceará ser o maior do País, a Capital Fortaleza ainda tem alguns locais que desrespeitam o isolamento social, dentre eles alguns dos citados e que estão nas AISs, como a Aldeota, o Cristo Redentor e a Barra do Ceará.

LEIA TAMBÉM | Pode ou não pode? Tira dúvidas sobre o decreto de lockdown no Ceará

545 ocorrências também foram registradas no período

O índice ainda traz 545 ocorrências, que foram atendidas em Fortaleza. Do número, 380 correspondem aos locais com aglomerações de pessoas, 132 de comércios não essenciais que permaneciam em funcionamento e 33 acionamentos por pessoas que descumpriam alguma norma do decreto.

A população pode ajudar nas ações de combate ao novo coronavírus ao denunciar aglomerações e outras condutas que desrespeitem as medidas mais rígidas do Estado por meio do número 190. O sigilo é garantido.