Participamos do

Sonda da Nasa "encosta" no Sol

Sonda solar Parker fez vôo pela coroa solar em abril deste ano, mas dados recebidos na Terra só terminaram de ser processados recentemente; missão segue até 2025
05:15 | Dez. 15, 2021
Autor Bemfica de Oliva
Foto do autor
Bemfica de Oliva Repórter
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Uma nave da Agência Espacial Norte-Americana (Nasa) "encostou" no Sol, anunciaram cientistas do órgão nessa terça-feira, 14. A sonda solar Parker, que decolou da Terra em 2018, entrou na coroa solar, equivalente à atmosfera da estrela, em abril deste ano.

A demora na divulgação ocorreu porque os dados levaram alguns meses para serem enviados de volta à Terra, e ainda mais tempo para serem totalmente processados. Existe ainda a possibilidade que a sonda tenha feito outra entrada na coroa em agosto, mas os cientistas ainda estão analisando as informações obtidas neste segundo voo.

Embora tecnicamente possa ser considerado que a nave encostou no Sol, ela passou a cerca de 8 milhões de quilômetros do centro da estrela. Embora pareça uma distância muito grande, ela equivale a apenas 5% do espaço entre o Sol e a Terra.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

A essa distância, a sonda está sujeita a uma temperatura de aproximadamente 1.400 °C. Não é o único extremo a que a nave se submete, porém: ela viaja a uma velocidade de mais de 700.000 quilômetros por hora.

Há dois objetivos principais da sonda. Um deles é compreender a movimentação de energia pela atmosfera do Sol - que é muito mais quente que a superfície da estrela. O outro envolve entender melhor a formação dos ventos solares.

Os dados obtidos pela entrada da nave na coroa solar ajudarão os cientistas a definir os próximos passos da missão: outro voo próximo ao astro está programado para janeiro de 2022, e o último acontecerá em 2025, quando a sonda chegará no ponto mais próximo ao Sol.

Mais sobre astronomia

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags