PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Governo confirma obstrução intestinal de Bolsonaro e anuncia transferência para São Paulo

O presidente fará exames para detectar a necessidade ou não de um cirurgia de emergência

Filipe Pereira
16:09 | 14/07/2021
Presidente Jair Bolsonaro (Foto: REPRODUÇÃO)
Presidente Jair Bolsonaro (Foto: REPRODUÇÃO)

A Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom) divulgou, nesta quarta-feira, 14, uma nota em que afirma que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), internado no Hospital das Forças Armadas em Brasília, será transferido para São Paulo, onde fará exames para detectar a necessidade ou não de uma cirurgia. Exames mostraram ainda uma obstrução intestinal no chefe do Executivo.

"Após exames realizados no HFA em Brasília, o Dr. Macedo, médico responsável pelas cirurgias no abdômen do Presidente da República, decorrentes do atentado a faca ocorrido em 2018, constatou uma obstrução intestinal e resolveu levá-lo para São Paulo onde fará exames complementares para definição da necessidade, ou não, de uma cirurgia de emergência", afirma órgão.

Na manhã desta quarta-feira, 14, o presidente deu entrada no Hospital das Forças Armadas (HFA) após sentir fortes dores abdominais durante a madrugada. Há dez dias, Bolsonaro apresenta soluços em aparições públicas. As contrações dificultam sua fala e acontecem durante entrevistas e discursos. Elas podem, segundo ele, estar associadas a remédios ingeridos devido a implantes dentários realizados no último dia 3.

Bolsonaro: últimas notícias