PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
Noticia

Polivalente, Ronald supera "testes de fogo", e Fortaleza prepara compra

Rápida adaptação e boas atuações do volante em jogos importantes agradam ao Tricolor, que tem opção de compra dos direitos econômicos

14:09 | 08/10/2020
Volante Ronald tem agradado Rogério Ceni durante as partidas do Fortaleza (Foto: Aurelio Alves)
Volante Ronald tem agradado Rogério Ceni durante as partidas do Fortaleza (Foto: Aurelio Alves)

Com apenas dois meses de clube e nove partidas disputadas, o volante Ronald já aparece nos planos futuros do Fortaleza. Contratado por empréstimo até o final do Campeonato Brasileiro, previsto para fevereiro de 2021, o meio-campista de 23 anos agradou tanto pela qualidade das atuações, quanto pela polivalência demonstrada em campo. O sucesso deve fazer o Tricolor em breve exercer a opção de compra.

O Esportes O POVO apurou que o vínculo firmado com o Juventus-SC em agosto prevê a possibilidade de o Leão do Pici adquirir os direitos econômicos do camisa 14 por cerca de R$ 1 milhão. O percentual é variável, proporcional ao valor total acordado, e o departamento de futebol considera adquirir ao menos 60%, já que o jogador tem idade propícia para venda futura.

"O Ronald fez uma partidaça hoje (quarta-feira). Deu orgulho. Agradeço até ao Ivan, que jogou comigo no São Paulo, zagueiro, que me mandou o vídeo do Ronald alguns meses atrás. O que eu vi de impressionante no Ronald foi a saída de bola, eu só tinha dúvida se ele tinha capacidade de marcação. Foi uma aposta, nesse caso, muito particular minha, e nós trouxemos o Ronald. Tomara que ele continue sendo esse bom garoto, fácil de lidar todos os dias, que se entrega. É uma grata surpresa o que ele conseguiu desenvolver, não só no jogo de hoje, em outros jogos ele já vinha muito bem também", destacou o técnico Rogério Ceni, após o triunfo sobre o líder Atlético-MG, na última quarta-feira.

No início desta temporada, Ronald defendeu o Juventus no Campeonato Catarinense e atuou 11 vezes — todas como titular. Indicado por Ceni, adaptou-se rapidamente à nova realidade e aos novos companheiros e não demorou a conquistar espaço no elenco tricolor após a chegada. Estreou no decorrer do triunfo por 3 a 1 sobre o Goiás, pela Série A, e ganhou elogios.

"É algo muito especial para mim jogar em um time da Série A. A gente sempre espera surgir uma proposta de grandes clubes e surgiu para mim do Fortaleza. Estou muito grato por essa oportunidade e espero dar sempre o meu melhor", comentou o volante. "Tenho me sentido bem. O grupo tem me passado bastante confiança, me acolheu bem, o Rogério também tem passado bastante confiança. Isso ajuda a me sentir bem dentro de campo. Por isso os resultados têm sido bastante positivos", completou.

Das nove partidas disputadas, o camisa 14 foi titular em quatro e foi aprovado pela comissão técnica nos "testes de fogo": a derrota por 2 a 1 para o Flamengo, no Maracanã; o empate em 1 a 1 com o Grêmio, em Porto Alegre; e as vitórias por 2 a 1 sobre o arquirrival Ceará, pela final do Campeonato Cearense, e sobre o Atlético-MG, na Arena Castelão. Além disso, atuou como volante e também pelas pontas para reforçar o setor defensivo.

"O Ronald é um jogador um pouco mais técnico. Ele é um segundo volante de origem, que gosta muito de jogar em tripé, mas aqui com a gente aprende a fazer essa função, e ele tem técnica para desenvolver o jogo", destacou o comandante tricolor após o empate sem gols com o Atlético-GO, no último domingo.

"O Rogério joga em uma forma tática que nós precisamos observar bastante. O Romarinho faz aquela função que eu fiz, e eu tenho observado ele bastante no treino. Isso tem me ajudado bastante, além das instruções que o Rogério tem me dado, e a confiança de jogar daquele lado", disse Ronald. "Aqui, as funções dos volantes do Rogério são as mesmas. Os dois volantes têm que chegar e marcar também. Em qualquer posição que o Rogério colocar e for boa para o Fortaleza, a gente está à disposição", assegurou.

Clube faz promoção de camisas

Nesta quinta-feira, o marketing do Tricolor aproveitou a empolgação da torcida com Ronald e lançou promoção de uniformes para viabilizar a compra do camisa 14. A meta é vender 8 mil camisas, que custam R$ 139,90 no modelo feminino e R$ 149,90 no padrão masculino.