Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Ceará comunica demissão de Guto Ferreira

Treinador não resistiu à derrota para o América-MG, fora de casa, neste domingo
23:00 | Ago. 29, 2021
Autor Brenno Rebouças
Foto do autor
Brenno Rebouças Repórter
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Guto Ferreira não é mais técnico do Ceará. O clube comunicou a saída do treinador na noite deste domingo, 29, horas depois da derrota do Vovô para o então vice-lanterna da Série A, América-MG, por 2 a 0, em Belo Horizonte.

Apesar da campanha regular do Ceará no Campeonato Brasileiro — time é o 8º colocado, com 24 pontos ganhos —, Guto Ferreira vinha sofrendo críticas da torcida pela performance do time em campo. Além disso, na temporada 2021, o treinador foi bastante cobrado pela perda do tricampeonato da Copa do Nordeste, a eliminação na primeira fase da Copa Sul-Americana e pela queda na terceira fase da Copa do Brasil para o maior rival, o Fortaleza.

Anunciado como novo técnico do clube em 18 de março de 2020, mas tendo assumido o time apenas em 31 de maio, por conta da paralisação do futebol em meio à pandemia do novo coronavírus, Guto ficou no cargo um pouco mais de um ano e cinco meses. Com ele o Ceará conquistou a Copa do Nordeste de 2020, fez a melhor campanha de sua história na Série A do Brasileiro, também em 2020, e, como consequência, tendo conquistado vaga na Copa Sul-Americana, que fez o Alvinegro disputar a primeira partida internacional de sua história.

Ao todo, Guto Ferreira comandou o Ceará por 98 partidas (contando, inclusive, as que ele estava suspenso, mas preparou o time e estava acompanhando da arquibancada), conquistando 41 vitórias, 30 empates e sofrendo 27 derrotas. Essa campanha significa um aproveitamento geral de 52,04%.

A diretoria do Ceará busca, agora, um novo nome no mercado para assumir o comando técnico da equipe. O Vovô terá 14 dias pela frente até o próximo jogo, dia 12 de setembro, contra o Grêmio, abrindo o returno da Série A de 2021. O elenco se reapresentará na quarta-feira, 1º, possivelmente já com um treinador definido.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

José Avelino: cadeia econômica que gera renda para mais de 100 mil pessoas

ECONOMIA
23:50 | Ago. 29, 2021
Autor Samuel Pimentel
Foto do autor
Samuel Pimentel Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Antes os vendedores de produtos da Feira da José Avelino eram apenas "informais sonegadores de impostos". Hoje há desde feirantes itinerantes até empreendedores com cadastro de microempreendedor individual (MEI).

Números conservadores dão conta de mais de 11 mil pontos de venda e cadeia gerando renda para 100 mil pessoas, de acordo com Martinho Batista Neto, o fundador da Associação de Gestores de Empreendimentos do Polo de Negócios da Rua José Avelino e Adjacências (Ajaa) e proprietário do Fontenele Mall (em 2007), primeiro shopping popular do Polo da José Avelino.

De acordo com a própria Associação dos Feirantes e Ambulantes do Estado do Ceará, o perfil dos feirantes veio evoluindo, há até negócios maiores de quem possui lojas em outros locais, oriundos de outros grandes centros comerciais na Cidade, como Monsenhor Tabosa e Centro Fashion Fortaleza.

Quando se fala em Polo da José Avelino, vai da própria rua até o espaço da feira da Sé e adjacências. Martinho diz que naquele corredor comercial há cerca de 40 galpões, dentre grandes e pequenos, que abrigam milhares de boxes.

Esses são os feirantes mais formalizados, pois há ainda os vendedores das calçadas, os "shopchão", em sua maioria informais, que encontram nas vendas um modo emergencial de sobrevivência.

A cadeia produtiva, muito ligada à confecção, movimenta fornecedores donos de facções na periferia da Capital e também municípios da Região Metropolitana, principalmente. A maioria são empresas familiares, com poucos funcionários.

"É um filme repetido", sintetiza Martinho, ao comentar sobre esse novo processo da Prefeitura de Fortaleza de cadastramento para realizar um reordenamento na área.

Ele lembra dos tempos de 2001, quando inaugurou o Galpão do Pequeno Empreendedor e, na gestão Juraci Magalhães, já proibia a ocupação do espaço público pela feira. Ele entende que, neste momento, por conta da pandemia, a situação de vulnerabilidade aumentou e pessoas buscam na feira uma opção de sustento da família.

"Em todas as administrações, desde o Juraci Magalhães, houve esse conflito com os vendedores de rua. Neste momento se assume uma maior gravidade por conta das mazelas e dificuldades que o povo vem enfrentando, principalmente os mais pobres."

O fundador da Ajaa ainda ressalta que a melhor das opções passa longe de tirar a feira dali. Iniciativas como levar aqueles ambulantes e feirantes para bairros na periferia ou mesmo em Maracanaú não têm muito apelo por um simples fato: os feirantes vão aonde as pessoas estão e não o contrário.

"A solução da José Avelino está na José Avelino. Querer tirar aquelas pessoas para bairros afastados não existe. Acho que dá para conversar e negociar as responsabilidades, organizando os horários de início e fim da feira de rua", destaca, pois a quantidade de "shopchão" aumentou demasiadamente.

Martinho, porém, não demoniza os vendedores da rua: "Começa empreendendo na rua, depois evolui para o MEI. Conheço muita gente que passou por esse processo, histórias bonitas, de pessoas que hoje geram emprego, graças a muito esforço".

São Paulo tem a Rua 25 de Março e Belo Horizonte tem a Feira da Afonso Pena. E, no Ceará, hoje sendo uma referência no Nordeste, a Feira da José Avelino. Para o economista Gilberto Barbosa, o efeito multiplicador da feira, transbordando sobre outros setores, forma uma cadeia econômica relevante. "Mesmo sendo informal ele gera receita para outras empresas. Continua girando a economia, comercializando com fornecedores e clientes".

"Quando temos uma feira de relevância em termos de tamanho e demanda, mesmo com a informalidade no começo, ela passa a gerar renda. Essa relevância gera multiplicadores positivos, pois gera renda para os feirantes, para os funcionários, e vai gerar outras demandas, seja dentro da própria Cidade e além", afirma.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

SMS divulgando louvor de Luciano Camargo intriga internautas

23:28 | Ago. 29, 2021
Autor Rede Nordeste
Foto do autor
Rede Nordeste Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Uma mensagem deixou internautas intrigados nesse sábado, 28. Os celulares de milhares de pessoas acusaram notifcação ao mesmo tempo, todas com a mesma mensagem de divulgação da carreira gospel do cantor Luciano Camargo, irmão de Zezé.

"Olá, eu sou Luciano Camargo! Te convido a conhecer meu novo projeto musical, o louvor 'Espirito Santo', junto com Gabi Sampaio. Clique e escute", pedia o SMS.

As mensagens foram enviadas por números diferentes, mas todos com o DDD 31, de Minas Gerais, e intrigou os internautas, que comentaram sobre o 'spam' enviado pelo sertanejo.

"Todo mundo recebeu essa mensagem de Luciano Camargo?", questionou um internauta, logo recebendo várias confirmações. "Devo me sentir privilegiado por não ter recebido spam do Luciano Camargo?", brincou putro.

De acordo com a coluna Splash, do UOL, a assessoria de imprensa de Luciano Camargo informou não ter conhecimento sobre a ação de divulgação feita pelo cantor. Acrescentou ainda que o artista deveria se pronunciar ainda neste domingo, 29, mas isso ainda não ocorreu. (Correio 24 horas para a Rede Nordeste)

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Morre o ator americano Ed Asner, ganhador de sete Emmys

"TV Ed Asner"
23:01 | Ago. 29, 2021
Autor AFP
Tipo Notícia

O ator de TV Ed Asner, ganhador de sete prêmios Emmy, morreu aos 91 anos, informou sua família neste domingo, 29.

"Lamentamos dizer que nosso querido patriarca faleceu esta semana, em paz. As palavras não podem expressar a tristeza que sentimos", escreveu a família na conta do ator no Twitter.

Seu relações públicas disse que Asner morreu de causas naturais.

Asner ficou conhecido inicialmente como o chefe Lou Grant no "Mary Tyler Moore Show", um icônico programa de TV exibido entre 1970 e 1977, e mais tarde em uma sequência baseada em seu personagem.

Ele ganhou três dos seus sete Emmys com este papel, um por um papel cômico e outro dramático.

Asner também conquistou uma geração de seguidores em outro papel de homem rude, mas com coração de ouro: o viúvo Carl Fredericksen no filme de animação "Up - Altas Aventuras", de 2009.

Nascido em 15 de novembro de 1929 em Kansas City, o ator foi também um ativista liberal e participou de protestos a favor dos sindicatos e contra a pena de morte.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Líder de movimento 'antimáscara' nos EUA morre aos 30 anos de Covid-19

22:51 | Ago. 29, 2021
Autor Alice Sousa
Foto do autor
Alice Sousa Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Caleb Wallace, 30, líder de um movimento 'antimáscara' chamado "San Angelo Freedom Defenders", que organizou uma espécie de 'motocada' em novembro do ano passado para protestar contra a "tirania do governo pela Covid-19", morreu em vitude de infecção. A morte foi registrada no último sábado, 28, mas desde o dia 8 de agosto ele já estava utilizando ventilação mecânica. 

A esposa do homem, Jessica Wallace, criou uma conta em uma plataforma para arrecadar fundos para pagar as despesas médicas. Ele já vinha internado desde o começo do mês. Foi nesse rede social que ela anunciou o falecimento de Caleb. 

De acordo com a viúva, os sintomas surgiram ainda em julho, quando ele se recusou a fazer o teste e começou a se automedicar com ivermectina, vitamina C, zinco e ácido acetilsalicílico, todos ineficazes contra a Covid-19. 

Quatro dias depois, Caleb foi internado em um hospital de San Angelo, no Texas. Na semana seguinte, ainda dependendo de respiradores, teve uma piora acentuada no quadro e ficou inconsciente.

Em vídeos publicados na internet, o americano criticava a realização do RT-PCR, por causa "do alto número de falsos positivos", conforme noticiou o Huffpost. Ele deixa três filhas e uma esposa grávida, com previsão de o bebê nascer em setembro. 

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Atriz Paolla Oliveira vence o 'Super Dança dos Famosos' neste domingo, 29

Vencedora do reality
22:26 | Ago. 29, 2021
Autor Marília Serpa
Foto do autor
Marília Serpa Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A atriz Paolla Oliveira foi a vencedora do Super Dança dos Famosos, edição especial que reuniu os melhores de todas as temporadas do reality. Ao lado do coreógrafo Leandro Azevedo, a campeã dançou neste domingo, 29, samba e valsa. A final do quadro teve danças nos mesmos ritmos das duplas: Dandara Mariana e Diego Maia; Rodrigo Simas e Nathália Ramos.

Os participantes foram avaliados por Ana Maria Braga, Rebeca Andrade e Alexanfre Pires no júri artístico, enquanto as notas no júri técnico ficaram por conta de Carlinhos de Jesus e Claudia Motta. Após dançarem valsa e sambas, Paolla e Rodrigo chegaram empatados à final do programa. Dandara ficou em terceiro lugar.

Com as duas duplas empatadas, a decisão final ficou por conta do público, que deu nota 9,9 para a atriz de A Força do Querer (2017) e 9,9 para o ator. Paolla conquistou espaço na final após vencer Sophia Abrahão e Tiago Abravanel.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags