PUBLICIDADE
Futebol


Guarani vence o Batatais e segue na cola dos líderes da Série A2

O Guarani entrou em campo na noite dessa sexta-feira pela primeira vez após a morte de Wallace, ex-goleiro reserva do Bugre que acabou sendo vítima de um acidente automobilístico. A emoção tomou conta de todos no Brinco de Ouro da Princesa desde a entrada das equipes em campo, com direito a faixa em homenagem ao [?]

22:45 | 02/02/2018

O Guarani entrou em campo na noite dessa sexta-feira pela primeira vez após a morte de Wallace, ex-goleiro reserva do Bugre que acabou sendo vítima de um acidente automobilístico. A emoção tomou conta de todos no Brinco de Ouro da Princesa desde a entrada das equipes em campo, com direito a faixa em homenagem ao ex-atleta. Com a bola rolando, a emoção só aumentou, mas dessa vez não no sentido de tristeza, e sim de adrenalina. Em um jogaço, o Guarani venceu o Batatais por 3 a 2 e se manteve na caça aos líderes do Campeonato Paulista da Série A2.

Uma paralisação da partida válida pela quinta rodada do torneio estava prevista para acontecer aos 12 minutos, em alusão ao número da camisa que era utilizada por Wallace. E quis o destino que justamente aos 12 minutos Rondinelly abrisse o placar para o Guarani.

Mesmo assim, após toda a comemoração, o Brinco de Ouro voltou a homenagear Wallace com um minuto de palmas e um show de luzes dos torcedores com seus celulares.

O Batatais, no entanto, precisava correr atrás do prejuízo. E depois de uma série de escanteios, Felipe Hereda deixou tudo igual, de cabeça, com direito a desvio no meio do caminho.

Mas, não deu tempo nem de comemorar. Na saída de bola, menos de um minuto depois, a zaga visitante parou e Bruno Mendes recebeu lançamento da zaga com total liberdade para tirar a bola do goleiro e tocar para o fundo do gol vazio. De novo o Bugre na frente.

A partida seguiu eletrizante no segundo tempo. Os torcedores do Guarani só foram sentir certo alívio aos 40 minutos. Denner, de pênalti, marcou o terceiro da equipe no jogo.

Só para não deixar a tensão diminuir, o Batatais anotou o segundo gol com Fabiano, aos 45. Isso fez com que os acréscimos fossem acompanhados pelos torcedores de pé. Só quando soou o apito pela última vez é que a festa foi garantida.

Dessa forma, o Guarani fica provisoriamente com a terceira colocação. Os campineiros somam nove pontos. Penapolense, com dez, e Oeste, com 13, seguem na frente e ainda vão jogar pela quinta rodada. O São Bernardo, com oito pontos, é o quarto colocado e também terá de entrar em campo. Já o Batatais é apenas o 11º, com quatro pontos acumulados.

Mais cedo, o Nacional atropelou o Taubaté em casa, no estádio Nicolau Alayon, com uma vitória por 6 a 1 nesta quinta rodada do Paulista da Série A2. Jeferson e Tiago Santos abriram a porteira no primeiro tempo. Na etapa final, a partida ganhou ritmo de treino. Naldinho, Brno Xavier, Vitor Braga e Rodrigo Souza completaram a goleada. O gol de honra do Taubaté foi marcado por Flávio Carioca.

Agora o Nacional soma sete pontos e é provisoriamente o quinto colocado, um ponto atrás do São Bernardo, que abre o G4. Resta ao time da capital secar seus concorrentes. Já o Taubaté estacionou nos seis pontos. Já são três derrotas consecutivas. Dependendo do desfecho da rodada, o Burro da Central, como é conhecido, pode se aproximar da zona de rebaixamento.

Gazeta Esportiva

TAGS