Participamos do

BBB 22: Rodrigo tem história de vida marcada por tragédia, rejeição e abuso

O participante do BBB 22 Rodrigo está mostrando um perfil extremamente focado no jogo. Fora da disputa, o brother tem uma história de vida marcada por tragédias
21:12 | Fev. 01, 2022
Autor O Povo
Foto do autor
O Povo Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Rodrigo é vítima de acidente de carro e está internado

O participante do Big Brother Brasil (BBB 22) Rodrigo Mussi, de 36 anos de idade, tem chamado a atenção por apresentar uma personalidade obsessiva pelo jogo. A atitude, apoiada por alguns e reprovada por outros, resultou em sua indicação ao paredão desta semana, ao lado de Natália e Jessi.

O que poucos sabem é que fora do jogo o gerente comercial tem uma história de vida conturbada, marcada por tragédia, rejeição, abuso e traumas. Os relatos foram contados por Rodrigo em entrevista ao Gshow e reforçados por seu irmão Diogo Mussi, nessa segunda, 31, ao portal Metrópoles.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

 

História de vida de Rodrigo do BBB 22: rejeição e busca por aceitação

Em entrevista exclusiva ao colunista Léo Dias, do Metrópoles, Diogo Mussi, irmão de Rodrigo, tenta explicar sua obsessão pelo jogo, vinculando o comportamento à busca por aceitação, mediante a uma infância difícil. “Parece que ele é um louco, que ele é uma pessoa noiada. E não é assim. As pessoas têm que entender o contexto. Ele sofreu rejeição a vida inteira”, afirma.

Ainda durante a entrevista, Diogo revelou que ele e Rodrigo sofreram agressões do pai, contou sobre os problemas financeiros da família e relembrou como Rodrigo reagiu ao presenciar a morte do pai. “Quando ele estava se aproximando do nosso pai, tentando ter uma relação de pai pra filho, nosso pai morreu nos braços dele. Ele ficou em pânico, ele se escondia em baixo da mesa”, lembra.

Diogo ainda mencionou a conturbada relação que tinham com a mãe. “A nossa mãe mentia descaradamente e fazia uma lavagem cerebral de que a gente não tinha visto o que a gente viu. Quando a gente via ela com homens, ela dizia: ‘Isso não aconteceu! Isso não aconteceu! Não foi isso, é amigo da mamãe’. Então, a gente percebeu que a gente era enganado o tempo todo”, relatou.

História de vida de Rodrigo do BBB 22: vítima de abuso sexual quando criança

Por fim, emocionado, Diogo revelou ainda durante a entrevista ao Léo Dias, que durante a infância uma empregada abusou sexualmente dele e de Rodrigo. “A empregada tirava a roupa e desfilava pela casa, pedia pra gente ficar olhando. A gente tinha quatro, cinco anos de idade”, contou.

História de vida de Rodrigo do BBB 22: expulso de casa quando criança

Em entrevista ao Gshow, Rodrigo revelou que teve uma infância marcada por eventos traumáticos. “Nasci numa casa de brigas e meus pais se separaram quando eu tinha uns 8 anos. Fui morar com a minha mãe, que me expulsou aos 12. Fui morar com meu pai, que quando eu tinha 17, 18 anos, também me expulsou. Eu já fazia estágio, aluguei um apartamento e minha carreira foi ascendente”, relatou o brother.

História de vida de Rodrigo do BBB 22: presenciou a morte de seu pai

Ainda durante a entrevista ao Gshow, Rodrigo contou que após ser expulso da casa de seu pai, ele acabou presenciando a morte do mesmo em um acidente. “Ele começou a se reaproximar e me chamou para sair, me pediu desculpas, o que me pegou de surpresa. Nesse dia, resolvi segui-lo de carro até em casa. Vi ele bater, saí correndo, mas morreu no meu colo”, disse.

História de vida de Rodrigo do BBB 22: poucos vínculos familiares 

Ainda em entrevista, Rodrigo afirmou não ter uma família bem estruturada e unida, sendo assim, mantém poucos vínculos familiares. Segundo ele, mantém contato apenas com seus irmãos, com quem passou o Natal de 2021. Além dos dois, ele também era próximo da avó paterna, mas ela morreu decorrente à complicações causadas pela Covid-19. O gerente comercial ainda afirmou que não tem costume de contato físico, tem dificuldade de chorar e se acostumou a ser sozinho. 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

1 1

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade.

Aceitar
1