PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Juliette Freire: conheça a história da campeã do BBB 21

Advogada conquistou o prêmio do BBB 21 na noite desta terça-feira, 4. As raízes de Juliette Freire Feitosa são de Campina Grande, na Paraíba

19:11 | 04/05/2021
Juliette conquistou milhões de fãs nas redes sociais com sua participação no BBB 21; conheça a história da advogada  (Foto: Reprodução/Instagram)
Juliette conquistou milhões de fãs nas redes sociais com sua participação no BBB 21; conheça a história da advogada (Foto: Reprodução/Instagram)

"Eu te amo de paixão/Te espero para um abraço/Fora da televisão". A música de Carlinhos Brown dedicada à advogada Juliette Freire, grande campeã do Big Brother Brasil (BBB 21), sintetiza o sentimento de muitos espectadores. Considerada um fenômeno midiático, a sister conquista milhares de fãs e acumula 23,7 milhões de seguidores até a publicação desta matéria. Mas qual é a trajetória de vida da vencedora do prêmio de R$ 1,5 milhão?

As raízes de Juliette Freire Feitosa são de Campina Grande, na Paraíba. Nascida em 3 de dezembro de 1989, ela é a caçula de quatro irmãos e não esconde que veio de origem humilde. Desde os seis anos de idade ajudava a mãe no salão de beleza por conta dos poucos recursos financeiros.

Aos 19 anos, perdeu a irmã, Julienne, então com 17 anos, para um Acidente Vascular Cerebral (AVC). “Quando eu nasci, eu já me sentia culpada, porque eu era a única filha. Depois a minha irmã tirou a culpa, só que ela morreu”, explicou Juliette em uma conversa com a ex-participante Sarah Andrade.

Juliette atribui a sua força e perseverança pelas dificuldades enfrentadas e afirma que vive a vida ao máximo. Ela foi a única da família a ter educação superior ao se graduar em Direito na Universidade Federal da Paraíba (UFPB), em 2017. A advogada também passou no vestibular de Medicina e cursou alguns semestre de Letras antes de se dedicar à profissão. Com o sonho de ser delegada, a sister se dedicava aos concursos até entrar no reality.

Além do estudo acadêmico, a participante dividia o tempo entre uma das maiores paixões: a maquiagem. Juliette já comentou no programa que a ocupação enquanto maquiadora, que acontecia nas folgas, lhe dava a maior parte da renda.

Juliette fez história no BBB

A popularidade de Juliette com o público do Big Brother Brasil começou antes mesmo do início do programa. Os vídeos gravados no confinamento do hotel conquistaram os espectadores e ela já entrou como uma Pipoca - nome dos anônimos - imunizada por votação externa. Logo, a maquiadora engatou um flerte com o cantor Fiuk, que rendeu vários memes na web.

Durante a primeira semana na casa mais vigiada do Brasil, Juliette demorou tempo demais enquanto fazia o primeiro Raio-X. Este foi o começo de um movimento de exclusão da participante movido pelo chamado “gabinete de ódio”, grupo formado pela cantora Karol Conká, pelo cantor Projota, o humorista Nego Di e a pesquisadora Lumena Aleluia. Juliette alegou ter sido alvo de bullying e discriminação. 

O jogo virou quando ela se uniu aos participantes Gilberto Nogueira, Sarah Andrade e Lucas Penteado. Após a saída de Lucas, o G3 conquistou a internet e a popularidade de Juliette aumentou ainda mais com a união. Desde então, Juliette segue movimentando o jogo e transitando entre aliados e rivais. A estratégia da sister, que une lógica e coração, fez com que ela entrasse para a história do programa.

Juliette foi a participante que mais ganhou seguidores ainda em confinamento e, devido ao time de marketing, fechou contratos milionários. A maquiadora também influencia marcas renomadas e foi apontada como a principal aposta do prêmio anunciado na noite desta terça-feira, 4. Vencedora da edição, ela conquistou o prêmio de R$ 1,5 milhão e se tornou a terceira nordestina a ganhar o reality.

Mais sobre Juliette Freire

Resumo da semana e expectativas da final do BBB

O POVO realiza live, às 19h, de terça-feira, 4, para comentar sobre os acontecimentos da semana e as expectativas para o resultado do paredão no BBB21. Confira: