Participamos do

Vacinação Covid: Fortaleza reduzirá intervalo entre 2ª e 3ª doses para 4 meses

Cerca de 300 mil fortalezenses que receberiam a 3ª dose somente a partir de janeiro já podem receber a dose de reforço neste mês de dezembro
15:56 | Dez. 03, 2021
Autor Ana Rute Ramires
Foto do autor
Ana Rute Ramires Repórter da editoria de Cidades
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Com o avanço da imunização contra a Covid-19, Fortaleza vai reduzir o intervalo entre a segunda e a terceira doses de cindo para quatro meses. Na próxima segunda-feira, 6, o município inicia os primeiros agendamentos nesse perfil. Informação foi divulgada pelo prefeito José Sarto (PDT) por meio das redes sociais nesta sexta-feira, 3.

Segundo ele, com a antecipação, cerca de 300 mil fortalezenses que receberiam a terceira dose somente a partir de janeiro tornam-se aptos a serem beneficiados já neste mês de dezembro. 

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

As pessoas com 60 anos ou menos que já tomaram a segunda dose da vacina contra a Covid-19 começaram a receber a dose de reforço no dia 20 de novembro, com intervalo de cinco meses entre a segunda e a terceira doses. O agendamento deste público está ocorrendo em ordem decrescente de idade respeitando o intervalo, que agora foi reduzido.

A aplicação da terceira dose na Capital teve início no dia 8 de setembro, com o público de idosos que vivem em Instituições de Longa Permanência. No dia 23 de setembro, foi iniciada a aplicação em idosos a partir de 70 anos. 

A partir do dia 3 de novembro, pessoas a partir de 60 anos começaram a receber a dose de reforço, seguindo a faixa etária em ordem decrescente a partir de seis meses da data de aplicação da segunda dose.

Balanço na Capital

Pelo menos 1.926.161 pessoas acima de 18 anos em Fortaleza tomaram a primeira dose ou dose única da vacina contra a Covid-19. Isso corresponde a 99,6% dos 1.930.479 cidadãos que compõem a população adulta da Capital. Segundo a Secretaria Municipal da Saúde (SMS), a porcentagem de adultos que tomaram a segunda dose é de 91,3%. 

Dos adultos que tomaram vacinas de duas doses — 1.894.114 —pelo menos 91,6% voltaram para concluir o esquema. Os dados foram colhidos até esta quarta-feira, 1º.

Aumento da procura

A procura pela imunização completa tem aumentado nas últimas semanas por causa da obrigatoriedade da comprovação para entrada em restaurantes, bares, barracas de praia e eventos, como previsto em decreto estadual. O prefeito Sarto anunciou, no domingo, 28, o envio de Projeto de Lei (PL) à Câmara Municipal para estabelecer a obrigatoriedade do passaporte da vacinação para a entrada em repartições e prédios públicos da Prefeitura de Fortaleza. 

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags