PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Feriado da Sexta-feira da Paixão deve ter vacinação em postos de saúde novamente

Sexta-feira Santa deve ser marcada com imunizações em massa como ocorreu no feriado da Data Magna. Capital bateu recordes de imunização no último fim de semana

Marília Freitas
14:21 | 29/03/2021
Capital bateu recordes de imunização em um dia com a mobilização. (Foto: BARBARA MOIRA)
Capital bateu recordes de imunização em um dia com a mobilização. (Foto: BARBARA MOIRA)

A Prefeitura de Fortaleza, através da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), organizará imunização em massa na próxima sexta-feira, 2, assim como ocorreu no feriado da Data Magna do Ceará e no último fim de semana. A Capital bateu recordes de imunização em um dia com a mobilização.

Informação foi citada durante live diária da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) nesta segunda-feira, 22, pela secretária adjunta da pasta, Ana Estela Leite. Capital bateu recordes de imunização, com mais de 33 mil pessoas vacinadas em dois dias.

"Temos seguido dando bastante celeridade à segunda fase, temos um feriado que se aproxima e nós estamos planejando novamente para que possamos abrir um número grande unidades de saúde e concluirmos rapidamente essas vacinas disponíveis", conversou Estela durante live.

Foram mais de 50 postos no último fim de semana, somando os quatro drive-thru e as salas de acolhimento em quatro Cucas. Ampliação foi possível devido ao recebimento de novas doses na Capital. Imunização segue nesta segunda-feira, 29 de março, em drives-thrus e salas do Cuca para idosos acima de 68 anos. Confira aqui a lista.

Idosos que perderam imunização devem aguardar orientações

 

Pessoas com mais de 68 anos que perderam seu horário de imunização devem aguardar novas orientações da Prefeitura de Fortaleza para se vacinarem contra a Covid-19. Informação foi citada na manhã desta segunda-feira, 29, durante live diária da Secretaria Municipal da Saúde (SMS). A orientação é que os agendados que perderam a aplicação não se dirijam até os pontos de imunização sem a devida orientação.

"Isso é um prejuízo para aquele que cumpre rigorosamente o horário. Você acaba aglomerando, gerando risco para você e para o outro idoso presente. O pedido que nós fazemos é que cumpram rigorosamente o que planejamos para a sua vacinação", destacou Estela.