Participamos do

Chico César é alvo de racismo em programa de rádio paraibano

Conhecido pela música "Deus Me Proteja", Chico César foi alvo de comentários pejorativos do apresentador Byrã de Jacumã
14:46 | Nov. 17, 2021
Autor Ana Flávia Marques
Foto do autor
Ana Flávia Marques Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O cantor e compositor paraibano Chico César foi alvo de racismo durante um programa de rádio produzido na cidade de Conde, na Paraíba. Chamado de "Fala Conde", a produção é apresentada por Byrã de Jacumã, que ao falar sobre Carnaval, fez comentários pejorativos ao músico.

"Acabaram com nosso carnaval, que era nosso cartão postal. Fizeram um carnaval pra eles. Era aquele negrinho tocando violão nu, como era o nome dele, de Catolé do Rocha? Esqueci o nome daquela praga, ninguém se lembra mais dele", declarou Byrã.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O outro apresentador, Renato Vieira, mencionou que Byrã poderia estar se referindo a Chico César e ele confirmou. "Era esse mesmo", respondeu. O caso repercutiu negativamente na internet e até o momento Chico César não se pronunciou.

O cantor paraibano, com 26 anos de carreira, Chico César tem 12 discos gravados - o mais recente deles é "O amor é revolucionário", de 2019. Entre seus sucessos, estão "Mama África", "À primeira vista" e "Deus me proteja". Suas músicas foram gravadas por nomes como Daniela Mercury, Elba Ramalho e Maria Bethânia.

Colunistas sempre disponíveis e acessos ilimitados. Assine O POVO+ clicando aqui

Podcast Vida&Arte
O podcast Vida&Arte é destinado a falar sobre temas de cultura. O conteúdo está disponível nas plataformas Spotify, Deezer, iTunes, Google Podcasts e Spreaker.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags