Participamos do

15º For Rainbow: festival anuncia seleção de longas e curtas

32 filmes compõem as mostras competitivas do evento dedicado à cultura da diversidade sexual e de gênero. Edição será realizada entre os dias 19 e 25 de novembro, no Dragão do Mar
16:19 | Out. 22, 2021
Autor João Gabriel Tréz
Foto do autor
João Gabriel Tréz Repórter
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Chegando em 2021 à 15ª edição consecutiva, o For Rainbow - Festival de Cinema e Cultura da Diversidade Sexual e de Gênero exibirá oito longas e 24 curtas na seleção deste ano. O evento será realizado entre os dias 19 e 25 de novembro no Centro Cultural Dragão do Mar.

A equipe curatorial, coordenada pelo jornalista e crítico Diego Benevides, e composta pelo cineasta paulista Rosa Caldeira e pela cineasta baiana Ceci Alves, escolheu os 32 filmes a partir de 1520 inscrições, vindas de 101 países.

Leia também | Confira matérias e críticas sobre audiovisual na coluna Cinema&Séries, com João Gabriel Tréz

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Há representantes do Brasil, Estados Unidos, Filipinas, Espanha, Alemanha, Itália, Austrália, França, Suíça, Irã, Panamá e Namíbia.

Na lista de longas, destacam-se os filmes brasileiros "A Cidade dos Abismos", de Priscyla Bettim e Renato Coelho; "Assim como o Ar, Sempre nos Levantaremos", de Clara Angélica; e "Transversais", de Émerson Maranhão.

As obras selecionadas se dividem em três mostras (Média ou Curta-Metragem Brasileiro, Média ou Curta-Metragem Estrangeiro e Longa-Metragem) e disputarão o troféu Elke Maravilha em 10 categorias do júri oficial, além dos especiais Prêmio João Nery, que reconhece produções sobre militância LGBTQI+ e o reflexo dessa atuação na vida das pessoas e Prêmio da Crítica.

Confira seleção

LONGAS-METRAGENS

 

- A Cidade dos Abismos (Brasil, 2021), de Priscyla Bettim e Renato Coelho
- Assim como o Ar, Sempre nos Levantaremos (Brasil, 2021), de Clara Angélica
- Baja Come Down (EUA, 2021), de Anderson Matthew
- Instructions for Survival (Alemanha, 2021), de Yana Ugrekhelidze
- Kapana (Namíbia, 2020), de Philippe Talavera
- The House of Love (Itália, 2020), de Luca Ferri
- Transversais (Brasil, 2021), de Émerson Maranhão
- Wigudun (Panamá, 2021), de Fernando Muñoz e Raphael Salazar

CURTAS-METRAGENS

- And Just Two More (Irã, 2021), de Alireza Mohammadi
- Antígona Pajubá (Brasil, 2021), de Fabrício Boliveira
- Ausência (Brasil, 2020), de Alexia Araujo
- B Não é de Biscoito (Brasil, 2020), de Hilda Lopes Pontes e Chris Mariani
- Céu de Agosto (Brasil, 2021), de Jasmin Tenucci
- Dans la Nature (Suíça, 2021), de Marcel Barelli
- Downpression (Brasil, 2019), de Assaggi Piá e Rodrigo Mends
- Elle (França, 2021), de Liliane Mutti e Daniela Ramalho
- King Max (França, 2021), de Adèle Vincenti-Crasson
- Lost in Time (Austrália, 2021), de Megan Ellis
- Malattesa (Itália, 2020), de Gianni Gentile e Giorgia Colonna
- Mormaço (Brasil, 2021), de Carol Lima
- Outside the Aquarium (Alemanha, 2021), de Alex Mello
- Park Slope (Brasil, 2021), de Felipe André Silva
- Pokett Nery – Rainha do Samba Junino (Brasil, 2021), de Fabíola Aquino Coelho
- Praia dos Crush (Brasil, 2021), de Marieta Rios Freitas
- Quero Ser Helena (Brasil, 2020), de Sunslly Marques
- The Man Who Isn’t There and Other Stories of Longing (Filipinas, 2019), de Trishtan Perez
- The Washing Machine (Espanha, 2021, de Diane Malherbe
- Thine Own Self (EUA, 2021), de Evan Bode
- Time de Dois (Brasil, 2021), de André Santos
- Vagalumes (Brasil, 2021), de Léo Bittencourt
- When I Wallowed in a Bowl of Sunshine (Filipinas, 2021), de Kukay Zinampan
- Xmas Eve Eve (EUA, 2021), de Dazhi Huang

Tenha acesso a reportagens especiais. Assine O POVO+ clicando aqui

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags