Participamos do

Round 6 exibe número de telefone real e causa transtorno à mulher sul-coreana

Um número de telefone exibido na série pertence a uma comerciante sul-coreana, que passou a receber ligações diariamente com o sucesso da produção
13:01 | Set. 29, 2021
Autor Ana Flávia Marques
Foto do autor
Ana Flávia Marques Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

"Round 6" é a série do momento da Netflix. A trama mostra centenas de pessoas que aceitam o convite para participar de um jogo de sobrevivência, com prêmio milionário e consequências mortais. Apesar do sucesso, a série sul-coreano tem causado transtornos a uma mulher na vida real. Isso porque um número de telefone exibido na produção pertence a ela, que passou a receber ligações diariamente.

No primeiro episódio, um homem falido chamado Seong Gi-hun (Lee Jung-jae) é convidado para participar do jogo misterioso, concorrendo ao prêmio em dinheiro. Ele recebe um cartão bege com três formas geométricas e um número de telefone. Para participar, ele só precisa fazer uma ligação.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O problema é que o número existe na vida real e segundo o portal de notícias local Koreaboo, uma comerciante sul-coreana passou a receber ligações de pessoas pedindo para participar do jogo. “Depois que ‘Round 6’ estreou, tenho recebido ligações e mensagens sem parar 24 horas por dia, ao ponto de que está difícil seguir o cotidiano. Esse é um número que venho usando há mais de 10 anos, então, estou muito surpresa. Tive que apagar mais de 4000 números do meu telefone e chegou ao ponto de que as pessoas estão entrando em contato sem se importar se é dia ou noite por causa da curiosidade, então a bateria do meu celular não aguenta e o desliga”, declarou a mulher.

Após a série ter se tornado um fenômeno mundial, a comerciante declarou em uma nova entrevista que a Netflix chegou a oferecer uma compensação de 1 milhão de wons (aproximadamente R$ 4.500 na cotação atual). Porém, o streaming aconselhou a mulher que mudasse o número de telefone, uma vez que já foi divulgado.

Parte da população sul-coreana não gostou da atitude da Netflix e da baixa quantia oferecida e chegaram a protestar nas redes sociais. Ao saber da polêmica, o político sul-coreano Huh Kyung-young (Partido Nacional Revolucionário), que anunciou recentemente a candidatura para presidente, chegou a oferecer 100 milhões de wons (cerca de R$ 460 mil) pelo número. 

Podcast Vida&Arte
O podcast Vida&Arte é destinado a falar sobre temas de cultura. O conteúdo está disponível nas plataformas Spotify, Deezer, iTunes, Google Podcasts e Spreaker.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags