PUBLICIDADE
Vida & Arte
Noticia

Fadinhas e Kelvins da ficção: filmes e séries para quem ama skate

A partir do sucesso brasileiro no skate nas Olimpíadas de Tóquio, Vida&Arte destaca séries e filmes que trazem o skate como elemento narrativo central

João Gabriel Tréz
15:02 | 26/07/2021
O longa brasileiro 'Meu Nome É Bagdá' é protagonizado por uma jovem skatista (Foto: divulgação)
O longa brasileiro 'Meu Nome É Bagdá' é protagonizado por uma jovem skatista (Foto: divulgação)

Estreando nas Olimpíadas em Tóquio 2020, o skate está sendo um dos principais motivos de alegria para o público brasileiro que acompanha a competição - e, também, de inspiração. Com a participação brasileira na modalidade skate street - que garantiu ao Brasil duas medalhas de prata com Kelvin Hoefler e Rayssa Leal, a Fadinha -, o esporte vem sendo destaque nas redes sociais. Para incentivar o momento e agregar inspirações, o Vida&Arte preparou uma lista de obras audiovisuais que têm o skate como um dos elementos narrativos.

Rocket Power (1999-2004)

Desenho clássico do canal Nickelodeon apresenta Otto, Reggie, Sam e Twister, quatro amigos cuja relação parte da paixão que eles têm em comum por esportes radicais. Dentre eles, o hóquei, o surfe e, claro, o skate. Juntos, eles passam por provas de amizade e, também, competições esportivas. A animação está disponível no UOL Play.

Desenho animado clássico da Nickelodeon, 'Rocket Power' traz o skate como um dos esportes praticados pelo quarteto de amigos protagonista
Desenho animado clássico da Nickelodeon, 'Rocket Power' traz o skate como um dos esportes praticados pelo quarteto de amigos protagonista (Foto: divulgação)

Meu Nome É Bagdá (2020)

O longa brasileiro de Caru Alves de Souza é protagonizado pela jovem skatista Bagdá (Grace Orsato), que vive no bairro de Freguesia do Ó, em São Paulo. Ela passa os dias praticando o esporte com um grupo de meninos skatistas até finalmente encontrar um grupo formado por meninas, o que muda sua vida. Premiado no Festival de Berlim de 2020, o filme traz no elenco Karina Buhr e Gilda Nommace.


Leia também | Com duas pratas em Tóquio 2020, skate já foi proibido no Brasil; entenda

Betty (2020-2021)

A segunda temporada de 'Betty' incorporou o contexto da pandemia na trama
A segunda temporada de 'Betty' incorporou o contexto da pandemia na trama (Foto: HBO / divulgação)

Retrato de um grupo de skatistas nova-iorquinas, a série “Betty” está disponível no HBO Max. A segunda temporada da produção encerrou recentemente, no mês passado, trazendo debates contemporâneos na narrativa, como o movimento Black Lives Matter e a pandemia.

Leia também | HBO Max: Atrizes de "Betty" falam da segunda temporada da série

Uma skatista radical (2021)

Com direção de Manjari Makijany, o longa indiano mostra a história de Prerna (Rachel Sanchita Gupta), uma adolescente que mora na região rural da Índia e descobre a paixão pelo skate. Para participar de uma competição, ela precisará enfrentar inúmeros obstáculos. A produção está disponível na Netflix.


Paranoid Park (2007)

Dirigido por Gus Van Sant, 'Paranoid Park' traz abordagem psicológica
Dirigido por Gus Van Sant, 'Paranoid Park' traz abordagem psicológica (Foto: divulgação)

Drama independente do diretor Gus Van Sant, o filme segue a história do jovem skatista Alex (Gabe Nevins), que acaba envolvido em um acidente ocorrido no Paranoid Park, o paraíso dos skatistas de Portland. Uma investigação policial começa e o garoto precisa lidar com o fato. Com uma abordagem psicológica, o longa é baseado em um livro de ficção juvenil. Disponível na Telecine.

Leia também | "É o começo de uma geração que está por vir", diz Kelvin Hoefler, medalhista de Tóquio 2020

Anos 90 (2018)

A estreia na direção do ator Jonah Hill segue um verão na vida do adolescente de 13 anos Stevie, que se divide entre uma conturbada vida familiar e um novo grupo de amigos que conhece a partir do skate. O filme de amadurecimento está disponível no Prime Video.


Os Reis de Dogtown (2004)

Um olhar para o grupo de amigos que, no final dos anos 1970, provocou uma revolução no skate ao incorporar movimentos do surfe no esporte. O longa de Catherine Hardwicke apresenta um olhar ficcionalizado para os chamados Z-Boys, que eram jovens com contextos domésticos de dificuldade, mas que se expressavam a partir das manobras. No elenco, Heath Ledger e Emile Hirsch. Disponível para compra e aluguel no iTunes e no Google Play.