Participamos do

Girão obtém assinaturas para CPI sobre crime organizado, abrangendo facções no Ceará

O documento contempla diversas regiões do Brasil, inclusive o Ceará. Para parlamentar, o objetivo é que seja realizado um trabalho investigativo que resulte em soluções de políticas públicas
20:46 | Abr. 11, 2022
Autor Marcelo Teixeira
Foto do autor
Marcelo Teixeira Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O senador Eduardo Girão (Podemos) apresentou requerimento de instalação de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar o crime organizado em todo o país. O parlamentar fala da situação cearense. O documento tem 34 assinaturas, acima das 27 necessárias.

“Nós temos um estado paralelo no Ceará, a situação está insustentável, a cada família sendo expulsa de casa. Em determinados bairros e horários, tem de pedir autorização para facções criminosas para entrar. Muita gente de bem sendo humilhada e o Estado omisso” pontua o senador.



Girão destaca que espera de certa forma realizar esse trabalho investigativo para que se possa ter soluções em políticas públicas. “Foram 34 assinaturas de senadores para esse requerimento específico, e a gente espera poder colaborar neste momento grave levando luz, buscando a verdade e a justiça”.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Segundo ele, ao que tudo indica, situações como essas ocorrem “pela omissão dos governos locais em alguns estados”. “Porque que está havendo essa omissão? A população não pode ficar refém do bom humor do crime,então a gente precisa agir, o Estado precisa mostrar sua força, sua inteligência para evitar o caos”, complementa.



Girão irá se reunir com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), nesta terça-feira, 12, para pedir que a Comissão seja instalada. “É uma CPI técnica, ela foge desses palanques eleitorais. Porque o objetivo realmente é uma investigação científica sobre o que está por trás dessas organizações criminosas, que aterrorizam a vida das pessoas de bem”, fala.

O documento contempla diversas regiões do Brasil, inclusive o Ceará. Para o parlamentar, o objetivo é que seja realizado um trabalho investigativo que resulte em soluções de políticas públicas.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar